quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.427

CRISE SEM "S"
Depois de acompanhar as entrevistas do diretor de esportes do Avaí em dezembro, Joceli dos Santos, bem como de seu presidente, Francisco José Battistotti, e novamente ter visto seus respectivos desempenhos na tarde de ontem, o primeiro numa coletiva e o segundo na Rádio CBN e na mesma coletiva, fui forçado a lembrar das sábias palavras do meu amigo Roberto Costa, em 10 de dezembro de 2015: APROVEITE A CRISE, PRESIDENTE, clique e confira.

Já disse nesse mesmo espaço e repito: as entrevistas de dezembro foram desnecessárias, bem como a de Battistotti, ontem, serviu apenas para massagear seu ego, pois novidades não trouxe nenhuma, quiçá soluções.

Dessa forma, por mais que evidente, o ânimo da torcida azurra chegou no pé, tal o disse-me-disse confrontado com o que largaram em dezembro, como se todos os problemas do Leão estivessem resolvidos em função do acesso. Não estão.

Porém, vale uma simples em sensata conclusão: a torcida avaiana tem que torcer para que o time permaneça na elite do futebol brasileiro. Simples assim.




OBJETIVOS
Segundo o diretor de esportes do Avaí, Joceli dos Santos, inicialmente os Leão tem dois objetivos: classificar para a segunda fase da Primeira Liga, bem como chegar à final do Campeonato Catarinense.

Sem rodeios, creio que no primeiro caso, disputando com três equipes de Campeonato Brasileiro de Série B, é obrigação. Em relação ao certame doméstico, na atual circunstância, não há como ser diferente.

Concordo com Joceli!




PERDAS CONSIDERÁVEIS
Pelo que pude deduzir do que ouvi e pesquei pelas redes sociais, o Avaí teve duas perdas consideráveis, o goleiro Renan, e o lateral/meia Renato. Não vou discutir se eles tem ou não razão. Cada um que faça sua análise, e na minha opinião, o clube comandou mau a negociação. Simples assim.

Em relação ao Renan, o acesso deve-se à ele, principalmente naqueles jogos em que a bola insistiu em não entrar nos chutes dos nossos atacantes. Foi, indubitavelmente, a grande estrela da equipe, incomparavelmente.

Quanto ao Renato, não é brilhante, mas corre mais que Marquinhos e Diego Jardel juntos, e isso fará falta ao nosso meio de campo preguiçoso. Além disso, coube ao Renato aquele momento marcante, um golaço de bicicleta contra o Paraná, inaugurando o novo escudo dentro do campo. Não é uma Brastemp, mas serviria para compor o elenco.




PAPAGAIADA
Pelo que consta, dois ex-jogadores "doladelá", anunciados em dezembro por Joceli e Battistotti, devem passar longe do Sul da Ilha: o atacante Lins e o lateral direito Leandro Silva.

Como já disse algumas vezes, melhor teria sido evitado aquelas intempestivas entrevistas de dezembro, mas falaram e agora seguem sendo piada da mídia boca alugada: Lins não vem mais, e Leandro Silva ainda está na "novela"...

Desnecessário tanta vaidade! Dos dirigentes...




TETO SALARIAL
Segundo informação do presidente do Avaí, Battistotti, o teto salarial do Avaí é R$ 60 mil, o que é uma bela grana. No entanto, por informações que obtive em dezembro, a proposta para o goleiro Renan supera esse teto em alguns dígitos, fora outro "agradinho"...

Alguém faltou com a verdade, e creio que o discurso do Battistotti foi mais para manter os pés no chão...

Há algo estranho no Reino da Ressacada...




SEM SURPRESA NA REAPRESENTAÇÃO
Não se pode dizer que a reapresentação do elenco avaiano causou alguma emoção na torcida, bem pelo contrário. Como anunciamos nesse espaço do Blog do Tarnowsky, o zagueiro Gustavo estava contratado, e além dele, o jovem atacante Denilson, também se mostrou presente.


A surpresa, "pero no mucho", ficou por conta de Luis Ángel Salazar Cuesta, mais conhecido como Salazar, colombiano, de 22 anos, como sendo uma "aposta", ou "investimento", pelo que disse Battistotti...

Vamos aguardar. Terá nossa torcida!




O "CASO FERDINANDO"
Quando se levantou a hipótese de que o Avaí traria o volante Ferdinando de volta para o Sul da Ilha, fiz uma postagem, clique AQUI e confira, apenas colocando que seria "conveniente para o clube".

Ontem, por razões claras, Battistotti deu os números: débito de R$ 600 mil, vem por 10 parcelas de  R$ 30 mil, ou seja, 50% de desconto, tal qual Romário fez com o Flamengo, claro, guardando-se as devidas proporções...


Ferdinando, que completa 37 anos em abril, é o único jogador, salvo engano, que ficou fora daquele acordo trabalhista feito pelo Avaí em 2014. Se tecnicamente pouco pode acrescentar, até pelo que assisti dele defendendo a Lusa em 2015, financeiramente fois um bom negócio para que o Avaí...





AVAÍ NA COPINHA SP
E por falar em Copinha, nesta quarta-feira teremos a estreia do Leão na competição e conforme fizemos a publicação no último dia 30 de dezembro, na verdade uma reprodução da postagem do clube (quando ainda trabalhavam...), o elenco que viajou domingo para Guarulhos, onde está sediado o Grupo 26 da 48ª Copa São Paulo de Futebol Júnior 2016.

Foram relacionados os seguintes atletas: 

Goleiros (2): Léo Lopes e Victor Hugo; 
Zagueiro (3): Rildo, Fabian e Kunde; 
Laterais (4): Guga, Cristiano, Vitinho e Foguinho; 
Volantes (4): Menezes, Wesley, Ayrton e João Vitor; 
Meias (5): Juninho, Lineker, João Paulo, Rogerinho e Jefferson; 
Atacantes (3): Vinicius, Getúlio e Felipe Renan.




ESTREIA É HOJE
Avaí está no Grupo 26, cuja sede está na cidade de Guarulhos, de onde são outro s dois integrantes do grupo, o AD Guarulhos–SP e AA Flamengo–SP, além do Desportiva Paraense–PA, completando o grupo. Na primeira fase serão três jogos.

A estreia do Avaí será hoje, às 16 horas, contra o Desportiva Paraense–PA. Depois a equipe avaiana joga na sexta-feira, dia 6, também às 16 horas, contra o Flamengo–SP e encerra sua participação na fase de grupo no domingo, dia 8, às 16 horas, contra o Guarulhos–SP.

Todos os jogos serão disputados no Estádio Municipal Antônio Soares Oliveiraé também chamado de “Ninho do Corvo“, ou simplesmente “Estádio do Flamengoonde Flamengo e Guarulhos mandam seus jogos nas suas respectivas divisões do Campeonato Paulista.




COMANDO E APOSTAS
Como se sabe, a equipe avaiana é comandada pelo técnico Fabrício Bento, aquele ex-zagueiro do Leão, que teve participação efetiva no famoso "clássico do CRÉU", abrindo o placar de 2 a 0, em 2008, no nosso Parque de Diversões...

De qualquer forma, ouso fazer três apostas para trazerem bons resultados para o Leão: os volantes Menezes e Wesley, bem como do meia Lineker.

Menezes só não foi melhor aproveitado ano passado por Claudinei Oliveira pela ganância de seu empresário. Wesley já foi bem na Copinha do ano passado. E Lineker foi aquele "fujão", com a anuência do "dorminhoco" Flávio Roberto...

Quem sabe ainda teremos mais surpresas...







Saudações AvAiAnAs!

6 Comentários:

GeorgeAB disse...

Bom dia Tarnowsky!

A ligação entre o "patrocinador" do Avaí (Caixa) e o time nunca fez tanto sentido, pois até agora as contratações são meras APOSTAS...

André Tarnowsky Filho disse...

George AB,

Indubitavelmente, até porque uma "prestação" de R$ 650 mil com a "dona Justa" precisa ser paga...
Não teremos um ano fácil!

Roberto disse...

ANDRÉ, observa o último nome do colombiano que chegou pro Avaí: CUESTA. Esse vai arrombar a boca do balão. RCosta.

Victor Rocha Fernandes disse...

André, boa tarde.

Com base nas contratações que fizemos e nas perdas que tivemos, não acredito que atingiremos algum dos objetivos traçados por Joceli e acredito menos ainda que possamos fazer um Brasileirão satisfatório.

Perdemos três dos principais jogadores da campanha da última série B (Renan, Fábio Sanches e Renato) e trouxemos um zagueiro em fim de carreira (Gustavo) e outro da fraquíssima segunda divisão Catarinense (Salazar) um volante que é um ex-jogador em atividade (Ferdinando) e um atacante que pouco jogou nos últimos anos (Denílson). Além disso temos dificuldades para receber um "sim" até de jogadores da série C, como o tal Djavan.

Estamos na série A, então precisaríamos manter os jogadores fundamentais além de contrar outros que aumentassem nossa qualidade, entretanto, ao invés disso, mantivemos uma base de série B, com a perda do principal jogador de nossa campanha e de outros importantes, e contratamos jogadores que sequer suprem essas baixas, ou seja, teremos um ano mais difícil e começamos com um time pior do que aquele que encontrou muitas dificuldades em boa parte do ano passado.

Sei da importância de tirarmos a imagem de mau pagador do Avaí, bem como sei que temos um déficit financeiro grande e não podemos aumentá-lo, mas inegavelmente esse panorama só mudará com anos seguidos de série A, onde a grana que entra é infinitamente maior do que a da série B, então é necessário que façamos um time que nos possibilite ao menos permanecer na primeira divisão, o que não está acontecendo.

De qualquer forma continuarei sócio e apaixonado pelo Avaí, com esperança de que esse time apronte das suas e nos surpreenda no final do ano, como ocorreu no ano que passou.

Abraço.

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

Estamos na torcida!
hehehehehe

André Tarnowsky Filho disse...

Victor RF,

Concordo contigo.
Algumas coisas precisam ser enxugadas, inegavelmente.
Pouco importa se o fulano recebe salário de um dígito, mas se não vai ser utilizado, que sai e abra espaço na folha de pagamento.
Vai virar postagem.

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo