quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.449

ESTREIA SEM JOGAR
Aquela expectativa sobre a estreia do Avaí em 2017, em partida válida pela Primeira Liga, não foi muito diferente do que havia acontecido no último sábado, em Paranaguá. A diferença é que no litoral paranaense, o time titular venceu o primeiro tempo, enquanto o reserva se encarregou de permitir a virada do Leão da Estradinha...

Na capital paranaense, quando o Leão da Ilha fez sua primeira partida do ano valendo pontos, quando enfrentou o Paraná, o Avaí não precisou mais de 22 minutos para mostrar que não há diferenças entre os titulares e reservas, cujas deficiências afloram aos olhos de qualquer torcedor...

Sim, com a bola dominada, ou Luan ou João Paulo, perdeu uma dividida na intermediária, e a bola sobrou limpinha para Renatinho chutar no canto baixo, no lado direito de Kozlinski, que no meu entendimento, falhou no lance. Paraná 1 a 0.

O primeiro tempo seguir se arrastando, mas antes do 45 minutos, em cobrança de escanteio, a defesa inteira falhou, inclusive Kozlinski, e o Gralha Azul, com Ítalo, de cabeça, ampliou. Paraná 2 a 0.

Para o segundo tempo, o técnico Claudinei Oliveira sacou Denilson para a entrada de Santarém, mas o Avaí seguiu sem meio de campo, sacrificando seus atacantes. E diga-se de passagem, não mencionei um ataque perigoso na primeira etapa, e nem na segunda...

Verdade seja dita, o Paraná sempre esteve mais próximo do terceiro que o Avaí de tentar chutar uma bola ao gol adversário...

Isso melancólico, preocupante...
Foto: Antônio More/Gazeta do Povo




O TIME DE CLAUDINEI OLIVEIRA
Para sua estreia na Primeira Liga ontem à noite, em Curitiba, no estádio Durival Brito e Silva, a "Vila Capanema", contra a equipe do Paraná, o técnico Claudinei Oliveira já tinha a equipe definida.


Para a partida de ontem, o Leão saiu jogando com a seguinte escalação: KozlinskiAlemãoGustavo SchiavolinBetão Capa; LuanJudsonJoão Paulo Diego JardelRômulo Denilson.

Time muito fraco, sem criatividade, sem pegada, lento, caindo fácil nas divididas, enfim, nada do que vimos no segundo semestre do ano passado, nem mesmo a tal "base de time" que salientei durante os últimos dias...




AS ALTERAÇÕES
Para o banco de reservas, o técnico Claudinei Oliveira tinha mais 12 jogadores, a saber: Vitor Prada (goleiro); Maurício e Salazar (zagueiros); Gustavo Santos, Leandro Silva e Leonardo (laterais); Caio César, Ferdinando e Lucas de Sá (volantes); Santarém e Vitor (atacantes).

A primeira alteração ocorreu no intervalo, com Santarém entrando no lugar de Denilson. Mais tarde, no segundo tempo, aos 14 minutos, foi a vez de Vitor ocupar a vaga de João Paulo. A última alteração veio em seguida, aos 19, com Caio César substituindo Diego Jardel.

De prático, de melhoras na equipe, nenhuma alteração mostrou resultado, exceto a vontade do pequeno Santarém.




ADEUS, INVENCIBILIDADE
O técnico Claudinei Oliveira, que estava suspenso na derrota por 3 a 0 para o Atlético Goianiense, na Série B do ano passado, precisa analisar melhor o que está acontecendo com o time do Leão.

Para quem terminou o ano de 2016 invicto, o treinador avaiano ainda não sabe o que é vencer em 2017, e pior que isso, ontem teve carimbada sua invencibilidade em partidas oficiais.

Claro que ele tem muito crédito junto a todos nós, mas não custa alertá-lo que este ano será bem mais difícil que a temporada passada...
Foto: Antônio More/Gazeta do Povo




RECUPERAÇÃO OU LANTERNA
A situação do Avaí ficou mais complicada na Primeira Liga, logo na rodada inicial. Com o placar de 2 a 0 para o Paraná, e a vitória do Londrina sobre o "doladelá", 1 a 0, o Leão abraçou a lanterna na rodada.

A próxima partida, antecipada para terça-feira, dia 31, no péssimo horário da 19 horas, na Ressacada, será contra o Londrina. E não há outra alternativa se não a de vencer o Tubarão para se recuperar na competição, ou ficar abraçadinho com a lanterna, num grupo onde os outros integrantes são da Série B...

Vergonha!




TIGRE MELHOR
Não sei dizer porque confesso não assisti ao jogo Fluminense 3x2 Criciúma, mas confio muito na análise do meu amigo Roberto Costa, que escreveu o texto "O CRICIÚMA QUE EU VI", clique e confira, sendo corroborado pelo avaiano André Póvoas: o Tigre está mais forte e melhor preparado que o Leão...

Ao que tudo indica, para sábado, quando Criciúma e Avaí abrem o Campeonato Catarinense de 2017, teremos muitos problemas pela frente, exceto se os novos contratados estiverem à disposição do técnico Claudinei Oliveira e façam "chover", coisa que não acredito...




MUDANÇA DE ROTA
Amanhã estarei me submetendo a um procedimento cirúrgico para eliminar dois pontos de câncer de pele que apareceram no meu rosto. Tudo está devidamente programado, sendo realizado no Sul do Estado, inclusive com uma "esticadinha" no sábado para Criciúma, para acompanhar a partida do Leão...

Porém, pelo que vi na noite de ontem, é muito mais negócio cuidar apenas da minha saúde, porque esse futebol mostrado pelo Avaí não merece tanta dedicação de ninguém, ainda que digam que é começo de temporada...




ÁGUA NO CHOPP
A quinta-feira está cheia de programação no Sul da Ilha, mas especificamente na Ressacada, quando o Avaí apresentará seu elenco para a temporada deste ano, bem como os novos uniformes, que este ano vem com a grife Umbro.

Além disso, numa parceria que ficou ainda mais estreita a partir da gestão do presidente Battistotti, haverá o lançamento do livro sobre os 100 anos do Riachuelo, "Desde Jutaí e Juruá: Um História Centenária", da minha querida amiga Denise Becker, com direito a sessão de autógrafos. 

Tudo muito bom, tudo muito bonitinho, mas ninguém contava com uma atuação tão pífia na noite de ontem, que mais pareceu aquela famosa "água no chopp" nessa noite de festas no Sul da Ilha...






Saudações AvAiAnAs!

28 Comentários:

ANDRÉ LUIZ disse...

Minha opinião sobre o jogo o esquema com o Judson de falso zagueiro pode funcionar se jogarmos com um meia que cadência é um meia direita rápido, um lateral direito ofensivo, acho que pode funcionar, em relação ao ataque nada a comentar até porque a bola não chegou. No ano passado o M10 tinha a justificativa de não ter feito a pré temporada e ter ficado muito tempo sem jogar, esse ano não cola. Em tempo Lucas de Sá mais armador do que João Paulo.

Guilherme P. Flemming disse...

Andre, que coisa medonha o jogo de ontem, parece que os jogadores acabaram de se conhecer, não trocaram um passe certo...João Paulo????eu não entendo mais nada... Boa sorte pra ti na cirurgia. Grande abraço

ney.lf disse...

André,

Não podemos nos deixar enganar. Quem acompanhou este mesmo time ano passado na série B não acreditou e não sabe até hoje como subimos. Fomos vários e vários jogos envolvidos pelos adversários e ganhamos sabe lá como.
Com este time, até mesmo no catarininha, sofreremos muito, pois as limitações saltam aos olhos de até mesmo quem não quer ver. Se administrassem o futebol do Avai com a razão e não com o coração Diego Jardel, Alemão, Judson, Maurício, Caio Cesar e principalmente João Paulo, o abençoado protegido por sei lá quem, acredito que seja pelo empresário que manda no Avai e o tirou da lista de dispensa para colocá-lo na titularidade da meia cancha, lutaremos muito para ficar na quinta posição.
Sei que a série A está longe ainda e até entendo a economia financeira que querem fazer em alguns meses por causa da herança maldita mas convenhamos, mesmo com todo este planejamento financeiro daria para fazer um time menos medíocre que pelo menos chutasse uma bola em gol durante os 90 minutos.
Assistir aos jogos do Avai não nos causa mais emoção haja vista que não entramos na área, não atacamos a defesa adversária e sequer chutamos de fora da área, então como faremos gol(s). Estava assistindo ao jogo saboreando uma suculenta sopa de siri regada a umas geladas de puro malte e me concentrei mais nas casquinhas do bichinho do que no futebol do nosso time, pois este sim, me deixou engasgado desde o apito inicial do árbitro.
A luta continua e o sofrimento também e promete ser longo, sábado tem mais ...

Ney Lúcio Félix

Jonata Oliveira disse...

Uma estreia para se esquecer,

Começamos o ano com dois pés esquerdos! Podemos fazer uma analogia, com aquele membro do corpo, pela fraca atuação do ineficiente/fraco Diego Jardel ou pela farsa que é o “jogador” João Paulo, que possuíam a missão de levar o time a frente, ligando o meio campo ao ataque, porém quem fez esse papel foram os zagueiros ou o goleiro rifando a bola para frente em lançamentos sem nenhum sentido. Falando em goleiro, o titular de ontem não merece nenhum tipo de comentário, tendo em vista que, acredito, que ele não achou a posição na qual realmente joga; Os zagueiros estavam totalmente perdidos, não ganharam uma bola, acho que seria interessante o técnico apresenta-los um ao outro, pois estão jogando no mesmo time agora (ah, importante faze-los apertar a mãos e dizer que são uma dupla agora); Alemão, agora o técnico pode tirá-lo do time e agradecer pelo ano passado e coloca-lo no banco, pois apenas raça e vontade não fazem dele um jogador de futebol, um pouco de qualidade e técnica poderiam ser agregados para ele ser considerado um jogador mediano; Capa o único que mostrou alguma vontade; Luan e Judson, deixaram nosso meio campo desprotegidos, não ganhavam uma segunda bola, perdiam todas as divididas, deixando os zagueiros sempre mano-a-mano com os meias e atacantes da equipe paranista; Denilson outra farsa, veio para Florianópolis, para curtir essa bela cidade e seus encantos; Rômulo, sem receber uma bola com qualidade, brigou no meio dos zagueiros, porém precisa de um companheiro que o complete alí na frente. Claudinei Oliveira, precisa lembrar de treinar o time, também na falta de um batedor de faltas/escanteios, colocar alguém que saiba bater na bola. Poderia ter colocado o Lucas de Sá, porém escolheu o mandrião do Caio César. Gostei muito do garoto Santarém, não se omitiu, errou, acertou, pediu bola, tem certo futuro na Ressacada. Em resumo meus amigos Avaianos e amigas Avaianas será um ano muito complicado para nossa paixão para toda vida, torço muito para que os contratados entrem com muita vontade, pois a equipe de ontem demonstrou o velho estilo “Silas” de jogar futebol. Abraços, Jonata.

Carlos avaiano disse...

O maior adversário dos times e seleções consideras favoritas, tem sido o já ganhamos.
Na entrevista antes do jogo, Gustavo o zagueiro disse que o avai saia em vantagem pela base mantida.
No jogo foi o contrário.
Vão dizer: é início de temporada, só que é pros dois, e nesse caso o entrosamento levaria vantagem sim, mas.....
Bom procedimento cirúrgico e cuida com protetor solar rapaz.
E vamos pra sofrencia contra o Criciúma.

Valter disse...

Os comentários acima já disseram tudo sobre a pelada de ontem.
Pra ser sincero, gostei apenas do Capa e do Santarém, que pode realmente ter futuro na Ressacada.
Sucesso na cirurgia.

Valter - OS Teimosos de Garopaba.

Nelson Andrade Filho disse...

Assino com o Valter - Os Teimosos de Garopaba

Rodrigo Póvoas disse...

Ontem antes da partida, eu já havia mencionado que o meio campo do Avaí é lento e sem mobilidade. O Judson não tem saída de bola, é primeiro volante e não segundo; e ainda atrapalha o trabalho do Luan. O João Paulo tem característica similar ao Diego Jardel e além disso falta à ele um pouco de garra e dinamismo. Se o Claudinei não mexer neste time, sábado teremos mais uma decepção, desta vez diante do Criciúma. Espero que o M10 esteja apto para o próximo confronto e que o Lucas de Sá tenha alguma oportunidade neste time.

Daniel Salles disse...

Atuação lamentável, início desanimador...

Claudinei ou Juceli tem que dar um esporro, time de ontem (salvo exceções) não mostrou o mínimo cobrado pela torcida, a raça!

Avaí tinha que lançar uma nota pública pedindo desculpas aos torcedores que se deslocaram até curitiba para acompanhar o jogo, uma vergonha...

Raniere disse...

André, que tenhas sucesso na cirurgia.
Sobre o Avaí, João Paulo no meio foi coisa de professor Pardal, o jogador esteve mais perdido que cachorro quando cai de caminhão de mudança. Diego Jardel tentou, tentou e conseguiu acabar com a paciência do treinador e do torcedor. Luan e Judson estavam perdidos e perdendo divididas, e numa destas a bola sobrou para o jogador paranista que fez o primeiro gol. Denilson? Jóia do flu? O Avaí tem, pelo menos, uns 3 melhores que ele na base.
A estréia foi ridícula, porém há tempo de consertar, talvez não contra o cri-cri, mas quem sabe contra o Londrina. Acho.
Grande abraço.

Roberto disse...

Ah, esses pontos na pele?...
São o resultado de muita praia, muita máquina fotográfica, desse sacrifício supremo ao qual te entregas para suprir de belas paisagens o Blog...
É muito sofrimento, Ave Maria!...

Não dói, já tirei um sinal das costas. - RC




Luiz Augusto da Costa disse...

Amigo André, sucesso aí na cirurgia.
Já basta o que vamos sofrer durante o ano, a partir de sábado, com esse time que temos hoje.
Vamos aguardar pra ver se nosso time apresenta alguma melhora, que não poderá ser pequena, pra gente ficar menos apreensivo e mais confiante.
Byghal.

GOL DE BICICLETA disse...

André, boa sorte na cirurgia. A Nossa Senhora da Ressacada vai te proteger!!!! Aliás, vamos pedir para que ela continue fazendo milagres com nosso time, vai ser um ano de sofrença...

ManoelNilson disse...

André, primeiro quero te desejar sucesso na cirurgia que tu vai ser submetido. Segundo, quero pedir licença de discordar de ti quando tu falas que o Avaí levou risco de levar o terceiro gol, porque pelo o que eu vi, por sorte não tomamos mais 2 gols no segundo tempo. Por sorte mesmo, não perdemos de 4x0. Nosso meio de campo nao existiu e não vai exigir enquanto o nosso "pofessor" permanecer com esta idéia burra de jogar com Luan e Judson. Ele deve optar por um ou outro. João Paulo é coisa que afronta a inteligência do torcedor. O Zagueiro Gustavo que o nosso "pofessor" indicou é outro enganador. O goleiro é simplesmente fraco. O time precisa ser mexido. No gol o "pofessor" pode colocar o rapaz que jogou a Copinha SP que joga muito mais que o
Maurício. No meio colocar o Chapecó e o atacante com Sandarem, Vitor e Rômulo. De qualquer forma o nosso sofrimento continua. Domingo, contra o Criciúma, alguém tem dúvida que será outra derrota?

André Tarnowsky Filho disse...

Xará Luiz,

Não entendo o João Paulo no meio de campo, e entendo menos ainda sua permanência no clube, após ter sido dispensado...
Lucas de Sá como volante também não serve. Que jogue no meio!

André Tarnowsky Filho disse...

Flemming,

Nem eu...
Será que está faltando "suporte"?
Obrigado, mô quiridu!

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Ney LF,

Tens razão.
Concordo plenamente contigo.
As opções da diretoria estão se mostrando equivocadas, ao menos em alguns desses que foram citados por ti.
Este ano vai ser muito mais complicado...

André Tarnowsky Filho disse...

Jonata,

Também concordo contigo, ainda que considere muito prematuro apostar tanto assim no Santarém, ainda que tenha mostrado mais vontade que o Denilson.
No mais, vamos ter muito trabalho este ano...

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Não ouvi a entrevista do Gustavo, mas acredito nas tuas colocações, em que pese eu também ter entendido que levaríamos alguma vantagem...
Obrigado, amigo!
Quanto a sofrência no Sul do Estado, estou analisando se irei ao jogo ou não. Estarei por lá...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Professor Valter,

Infelizmente nossas mensagens pelo "zap-zap" não estavam erradas...
Obrigado, amigo!

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Daniel Salles,

Sim, mas não vão dar esporro, e pior, não duvido que levem...
Por enquanto, em todas as entrevistas, estou vendo muita perfumaria e nenhuma "atitude", se é que me entendes...

André Tarnowsky Filho disse...

R.Póvoas,

Ou Claudinei mexe nesse time que deu vexame em Curitiba, ou vamos tomar uma sacola da gurizada do Tigre...

André Tarnowsky Filho disse...

Raniere,

É verdade, coisa de professor Pardal mesmo...
E olha que o JP havia sido dispensado!
A coisa está tão complicada que até no teu comentário já afirmas que teremos dificuldades em Criciúma...
Obrigado, mô quiridu!

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

Sim, é um procedimento simples, mas não posso deixar para mais tarde...
Obrigado!

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Byghal,

É o que espero em relação ao time e ao procedimento cirúrgico...
Obrigado!

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Gol de Bicicleta,

Muito obrigado!
No meu caso, creio que vá ser mais simples...
Já em relação ao time, Nossa Senhora da Ressacada vai ter muito trabalho...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Manoel Nilson,

Sim, escapamos barato de vir com uma sacola carregada...
Em relação ao time, assino contigo. Quase ninguém se salvou, e pior, a diretoria apostou em quem não deveria ter ficado no Sul da Ilha...
Muito obrigado!

Abraço!

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo