segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O MELHOR RESULTADO, by Fernando TS

Não assisti à partida entre Paraná e Avaí, por isso não fiquei com essa péssima impressão da estreia do nosso time, embora tenha acompanhado as ácidas críticas provenientes dos torcedores. Mas o resultado nos conta que o Avaí não foi bem.

Entretanto, contra o Tigre o Leão fez um jogo interessante. A boa defesa do goleiro Kozlinski garantiu ao time a tranquilidade de se manter fiel ao esquema montado pelo treinador. Um gol naquele momento, no início da partida, provavelmente afetaria negativamente o time. 

O time, como um todo, jogou “direitinho”, nada fantástico a se ressaltar, mas foi uma boa vitória. Com toda a certeza foi o time que obteve o melhor resultado na rodada inicial do estadual: vitória fora de casa em um clássico contra um rival que almeja disputar a final do campeonato catarinense.

Embora Judson e Luan tenham realizado uma partida razoável, não vejo em nenhum dos dois a possibilidade de executar a função que o João Felipe executou no ano passado, que era a transição entre a defesa e o ataque. O volante tinha passadas largas e distribuía bons passes para os meias e atacantes, além de marcar. Luan e Judson têm características de primeiro volante, ainda que diferentes: Luan se mantém mais a frente da zaga, enquanto Judson é mais um “caçador” no meio de campo. Enxergo a necessidade de utilizar um segundo volante na vaga de um dos dois (acredito que o Luan deixaria o time). Talvez um dos jovens da base. 

A minha surpresa ficou por conta de Denílson. Quando ele chegou imaginei que ele fosse um jogador de velocidade, pois não conhecia o atleta, contudo, vendo o jogo de sábado percebi que ele não é veloz, mas tem bastante fôlego. Ao menos neste jogo foi voluntarioso. 

Contrariando a opinião de boa parte dos avaianos (talvez da maioria), eu gosto do futebol do Alemão. Falta técnica e sobra vontade. Mais uma vez ele mostrou o seu valor, doou-se ao time e jogou bem na zaga. Por enquanto ele está improvisado, mas tem capacidade para permanecer na posição. Desta maneira, com garra, pouca técnica, mas polivalente, ele ajuda o treinador de diferentes maneiras. Gosto desse tipo de jogador. 

Finalizando, Jr. Dutra atuou pouco tempo, mas em dois toques na bola já pudemos perceber que ele conhece do esporte bretão. Correu, brigou, chutou em gol, driblou e marcou. Não tenho dúvidas que ele deva receber oportunidades em breve, talvez contra o Londrina. O Leão ainda não definiu se vai com o time misto ou titular para esse jogo, mas Marcelinho e Jr. Dutra deveriam jogar este jogo. 

Forte abraço ao blogueiro e à nação avaiana!

Fernando TS

* Fernando Torquato Silveira é associado do Avaí FC

8 Comentários:

Fernando TS disse...

Parece que o leão fez um bom negócio envolvendo o Gabriel. Se realmente for isso, o Avaí ganharia 7 milhões mais os 15% de uma futura venda (além de ser o clube formador). Se forem confirmados esses termos, o clube obterá “sossego” financeiro até o final do ano.
Fonte: http://globoesporte.globo.com/sc/futebol/times/avai/noticia/2017/01/lille-aceita-condicoes-por-gabriel-e-avai-acerta-venda-do-zagueiro.html

Aproveito para agradecer por ter postado o meu comentário!!!

Forte abraço!

Fernando TS

Rodrigo Póvoas disse...

Muito bom o seu texto Fernando TS. Concordo plenamente contigo, principalmente quando você menciona: "Embora Judson e Luan tenham realizado uma partida razoável, não vejo em nenhum dos dois a possibilidade de executar a função que o João Felipe executou no ano passado, que era a transição entre a defesa e o ataque".
Espero que o técnico Claudinei encontre um segundo volante o mais rápido possível.

Fernando TS disse...

Valeu Rodrigo Póvoas!

Talvez possa ocorrer uma solução caseira. Teve um volante que jogou bem a copa são paulo, acho que é Wesley o nome dele!

Abraços.

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Um excelente negócio, que vai nos trazer tranquilidade...
Nem precisas agradecer!

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

R.Póvoas,

Eu seguiria com o Luan e buscaria um outro para o lugar de Judson...
Se bem que haveria pouca variação se optarem pelo Judson, mas os dois juntos, efetivamente, o Avaí se encolhe...

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Sim, é Wesley. Wesley Soares Xavier, o camisa 8, que jogou as duas últimas copinha, 2016 e 17, como titular.

Abraço!

Alfredo Meyer Filho disse...

Chapeco exerceu a função de distribuir as jogadas na transição da defesa para o ataque, com muita competência até sofrer grave contusão no ano passado.

André Tarnowsky Filho disse...

Alfredo Meyer Filho,

Muito bem lembrado!
Poderia ser o nosso "8"...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo