terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.461

NOITE DO CONSELHO DELIBERATIVO
A noite de segunda-feira foi marcada pela realização da reunião do Conselho Deliberativo do Avaí Futebol Clube, que  conforme pauta anunciada AQUI, clique e confira, apreciou as indicações da diretoria executiva para a outorga da Medalha de Honra ao Mérito SAUL OLIVEIRA.


Dessa forma, o CD avaiano aprovou as medalhas de honra ao mérito para Cléber Santana, nosso ídolo e craque no título de 2012, para a Associação Chapecoense de Futebol, e para o ex-presidente da FCF, Delfim de Pádua Peixoto Filho.

Homenagens justas, e cumpre o Avaí com o seu dever de reconhecer aqueles que ajudaram a engrandecer a  história quase centenária do nosso clube, e que por razões que todos conhecem, os homenageados já não estão mais entre nós.

Porém, sem conversar com nenhum dos conselheiros até o momento, ou alguém da diretoria, para mais detalhes sobre a reunião de ontem, deixo para comentar durante o dia ou na Bom dia, Azurras de amanhã.  




PITACO DO FERNANDO TS
"Olha, podemos reclamar de muitas coisas, mas não podemos falar que o time do Claudinei não tenha um padrão de jogo. O time tem padrão, tem tática e é bem treinado. Logicamente que vai perder, não vai estar inspirado vez ou outra, mas, mesmo assim, temos que dar crédito. A filosofia do treinador tem sido um sucesso no nosso Leão.
Até ontem acreditei que o Avaí tinha uma dependência excessiva do M10 (ainda não estou totalmente convencido do contrário), no entanto, o time se portou muito bem com a ausência do Marquinhos. Em suma, manteve a essência do padrão de jogo. 

Grande abraço!
Fernando TS"


Fernando Torquato Silveira, o Fernando TS, é associado do Avaí FC.




O RESPONSÁVEL
Por questões óbvias, substituir o meia Marquinhos não é tarefa fácil, quer pelo futebol, quer pela liderança que o capitão avaiano exerce dentro de campo. No entanto, num domingo em que a equipe de Claudinei Oliveira desempenhou um bom futebol, diria que a dinâmica do meio de campo voltou a ser ditada pelo camisa 10, dessa vez, Júnior Dutra.

Aliás, se o amigo leitor for ver o que escrevi na Bom dia, Azurras após a vitória contra o Criciúma, notará que eu não estava errado sobre JD, o jogador que deu mais oxigênio ao time do Avaí.

Para amanhã, muito provavelmente um descansado Marquinhos volte ao time, mas gostaria de ver o treinador avaiano mantendo o autor do segundo gol na partida de domingo no time, arrumando um lugar, quiçá, na vaga de Rômulo...
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC





UM JOGADOR, DOIS ACERTOS
Diego Jardel nem aparace na foto, mas a bola está voando pela área do Tubarão, onde o camisa 2, Leandro Silva, subiu mais alto que o zagueiro adversário para colocar o Leão em vantagem.

A vinda de Leandro Silva para o Sul da Ilha esteve rodeada de muita polêmica, mas como salientamos tempo atrás, tem futebol para ser o titular da lateral direita. Mais do que isso, sua presença na equipe nos fez arrumar uma outra posição, a zaga, onde Alemão vem cobrindo com sobras a saída de Fábio Sanches.

Como disse o avaiano Daniel Salles sobre Leandro Silva, "Líder, isolado, com gol do bom jogador que descartaram, ainda dando declaração que 'Estou muito feliz por vestir essa camisa!', as barbies piram!"
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC




O MELHOR
O lateral esquerdo Capa, aquele que não queriam trazer porque não tinha "grife" e jogava no Guarani de Palhoça, se prepara para colocar a bola na cabeça de Júnior Dutra, que marcaria o segundo gol avaiano.

Não estou dizendo que seja craque, nem que deva estar na Seleção Brasileira, mas, indubitavelmente, Capa é o jogador mais regular na equipe do Avaí. Não há partida em que não se destaque e domingo foi mais uma delas.

Ponto para a diretoria do Avaí, que na renovação de seu contrato, tratou de abocanhar um belo percentual sobre o jogador, que certamente tem um futuro promissor.
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC




RECUPERAÇÃO
Há quem critique o futebol de Diego Jardel. Porém, nesse início de Campeonato Catarinense, o jogador nascido em Águas Mornas tem mostrado que é muito mais do que apenas o gol do acesso.

Diga-se de passagem, parece que DJ está completamente ambientado ao esquema solicitado pelo técnico Claudinei Oliveira, tal é seu esmero na aplicação tática na equipe. Aos pouco, o Diego Jardel vai queimando a língua de muita gente, para a alegria da bela e querida avaiana Maiara Goya...
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC




INGRESSOS PARA AVAÍ X CHAPECOENSE
da emissora detentora dos direitos de transmissão do Catarinense 2016, RBS TV/ PFC - See more at: http://www.fcf.com.br/fcf-altera-datas-e-horarios-de-outras-cinco-partidas/#sthash.NvqqzeXE.dpuPRAZO PARA RETIRAR AS CREDENCIAISComo divulgado ontem, clique AQUI e confira, anteriormente, começa na quinta-feira, às 9 horas, o prazo dado pelo Avaí para que 1.800 de seusassociados retirem as respectivas credenciais que funcionarão como ingressos para a partida de sábado, contra o Brusque, no estádio Renato Silveira, emPalhoça.
Os ingressos para a partida de amanhã, quarta-feira, Avaí x Chapecoense, na Ressacada, começaram a ser vendidos na tarde de ontem, no nosso belo reduto, e postos de venda autorizados, a partir das 14 horas. 

Como já divulgamos o serviço completo do jogo, clique AQUI e confira, nessa partida da terceira rodada do Campeonato Catarinense, o valor do ingresso para a torcida avaiana, na promoção, será de R$ 30,00 para o setor B e para todos os setores cobertos, R$ 40,00, exceção ao setor VIP, que custa R$ 100,00, com a meia custando R$ 50,00.

Os setores "F" e "G", dos visitantes, custa o valor normal, R$ 60,00. Lembrando que crianças até 12 anos pagam R$ 10,00.

Vais encarar?




PIOROU
Na semana passada, escrevi que o Campeonato Catarinense estava com pouco público nas primeiras duas rodadas, e com a conclusão da terceira rodada, podemos concluir que o público piorou um pouco.

Se na primeira rodada tivemos 15.754 torcedores passando pelas catracas, o que deu uma média de 3.150 torcedores, na segunda o público caiu para 11.857 torcedores na segunda rodada, com uma média de  2.371 torcedores. 

A terceira rodada, nas cinco partidas disputadas, o público total de de 15.254 torcedores, maior que a segunda, mas com 500 torcedores a menos que na rodada inaugural. A média da terceira rodada foi de 3.050 torcedores...




CHAPECÓ OUTRA VEZ
O maior público da terceira rodada foi em Chapecó outra vez, com 7.451 torcedores, para acompanhar Chapecoense 1x1 Almirante Barroso, mas também por lá o público caiu, visto que na abertura do campeonato,  8.293 torcedores, estavam presentes para ver a Chape enfrentar o Inter.

Nas três rodadas, o menor público foi em ItajaíAlmirante Barroso 2x2 Joinville, com 1.086 torcedores, na primeira rodada. Curiosamente, o "campeão das redes sociais", o que a rede zelotes de sonegação afirma ter a maior torcida, teve 2.224 torcedores na primeira rodada e apenas 1.986 na última.

Definitivamente, essa torcida de "Internet" não gosta de estádio, né?






Saudações AvAiAnAs!

8 Comentários:

ney.lf disse...

André,

Eu sou um dos que sempre critiquei o Diego Jardel e o fiz não por prazer e sim por realmente entender que era merecedor das críticas pois não dava sequência a uma jogada na meia cancha. A bola nos seus pés nunca saia antes de dar pelo menos 3 toques nela e, na maioria das vezes, era roubada pelos adversários que já conheciam esta característica e partiam para o abafa sobre ele.
No entanto, não podemos ser tão radicais a ponto de não enxergar sua melhora e colaboração com a função tática que o Claudinei o colocou para exercer pois, se persistíssemos com as críticas, estaríamos nos equiparando ao comentarista do MAL, aquele que só vê coisa ruim no Avai e sempre tem uma palavra de otimismo com os do lado de lá e ainda arrota ser Avaiano.
Que bom que estou queimando minha língua ou melhor que Diego Jardel está me fazendo queimar a língua e como torcedor espero que a faça assar até nunca mais poder falar mal dele, só assim ganharemos mais um jogador para nos dar alegrias e isto, no fundo, é o que todo torcedor deseja.

dclasen disse...

André, na coluna "Responsável" tu chamas do Junior Dutra de Junior Braga por 2 vezes (JB). Tereria chance de ser um apelido do jogador, o qual desconheço?? kkk Saudações Avaianas.

André Tarnowsky Filho disse...

D.Clasen,

Apenas um equívoco do blogueiro, que não faz revisão no que escreve. Tal fato já foi devidamente corrigido, também alertado pelo Fernando Pinheiro Guimarães.
Muito obrigado!

Saudações AvAiAnAs!

André Tarnowsky Filho disse...

Ney LF,

Fiques tranquilo. Não foste o único. Aliás, como disse, DJ está completamente ambientado ao esquema solicitado pelo técnico Claudinei Oliveira, tal é seu esmero na aplicação tática na equipe. Ano passado, por exemplo, ele reclamou de jogar "pela beirada"...
Que continue assim!

Unknown disse...

Bom dia,
Queria aqui ressaltar também algo que me chamou muito a atenção, em especial no jogo de domingo, que foi a preparação física do time.
O jogo foi muito corrido desde o início e mesmo em início de temporada o time todo correu, tanto que no final do jogo teve alguns contra ataques com velocidade.
Vale ressaltar que nossos meias, e até o nosso artilheiro, se encontram constantemente na defesa ajudando os laterais, e assim que a bola é recuperada correm pra reassumir as funções ofensivas.
Normalmente essa sempre é a primeira desculpa quando os resultados não aparecem nos primeiros jogos....tanto que no lado de lá ainda é um tema muito abordado, e já foi usada pelo Avai nos últimos anos (o que pra mim é só mais uma desculpa).
O importante é que independente de esquema tatico e qualidade técnica esse fator é hoje SIM um ponto determinante no resultado da partida....como se diz...o Avai ta "voando".
Parabéns a equipe de preparação física do Avai que pelo visto aproveitou muito bem essa pré-temporada.

Felipe Pereira

Fernando TS disse...

Leandro Silva atravessou a ponte para desenvolver o seu melhor futebol. Está feliz da vida por jogar no maior time do Estado.

Sou um dos críticos do Diego Jardel, pois o acho muito dorminhoco. Contudo, verdade seja dita, ele vem jogando bem nesse início do Catarinense. Além disso, Jardel incorporou o espírito de luta da equipe e está ajudando muito na marcação. O jogador tem talento, mas não podemos esperar apenas seus lampejos em jogos esporádicos. Todos os avaianos esperam que ele mantenha essa regularidade.

Concordo com o blogueiro. Espero que o Júnior Dutra permaneça no time. Também acredito que o Rômulo é quem deva “dançar” nessa formação. Contudo, não creio que o Claudinei promova Jr. Dutra no próximo jogo. O treinador tem mantido ao máximo os seus "11 iniciais".

Sobre o Capa, realmente não é craque, mas ele tem uma regularidade fantástica, qualidade técnica e muita raça. No ano anterior o goleiro Renan foi o destaque do nosso time, mas creio que Capa seja o herdeiro natural dessa posição de destaque do time.

Um forte abraço aos avaianos!

Fernando TS

André Tarnowsky Filho disse...

Felipe Pereira,

Assino contigo, ao ponto de ter transformado teu comentário numa postagem.
É bem isso mesmo!
Que continue assim!

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Ao que parece, assistimos ao mesmo jogo.
Concordo com as tuas avaliações.
Virou postagem.

Abraço!

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo