segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

OS SAPOS FORA DO CÉU, by Alexandre C. Aguiar

“Para qualquer um, a camisa vale tanto quanto uma gravata. Não para o Flamengo. Para o Flamengo a camisa é tudo. Já tem acontecido várias vezes o seguinte:- quando o time não dá nada, a camisa é içada, desfraldada, por invisíveis mãos. Adversários, juízes, bandeirinhas, tremem, então, intimidados, acovardados, batidos. Há de chegar talvez o dia em que o Flamengo não precisará de jogadores, nem de técnicos, nem de nada. Bastará à camisa, aberta no arco. E diante do furor impotente do adversário, a camisa rubro-negra será uma bastilha inexpugnável.”
Este texto não é meu, é do jornalista, escritor e dramaturgo Nelson Rodrigues, uma lenda de muitos prós e contra. E Nelson Rodrigues era fervorosamente um torcedor do Fluminense. Porém, como bom torcedor, respeitava e admirava a camisa do Flamengo, tanto que escreveu textos antológicos sobre o FlaxFlu, muitas vezes elogiando o Flamengo de fazer chorar o seu torcedor. É óbvio que neste texto ele fala do imaginário, mas ele admirava a camisa do Flamengo, qualquer camisa.
Note-se que, curiosamente, temos torcedores do Avaí, por aqui em nosso quintal, que odeiam a camisa do clube. Viram-lhe as costas, a denigrem, esculacham, esgotam sua veia odiosa contra as camisas do Avaí. Qualquer camisa.
Alguns desculpam-se dizendo que é por causa das cores, outro é pelo cerzido, ou pela gola, a manga que ficou apertada e blábláblá, algumas mentiras que não colam com o melhor cuspe ensebado. Eles não gostam das camisas do Avaí. Fato. Ponto.
Frequentemente vêm às redes sociais mostrando suas coleções “daquela marca famosa”, “daquele tecido”, muito mais elogiando a grife ou o passado do que a vestimenta em si. São daqueles que não sabem aproveitar o momento e vivem na ilusão.
O Avaí está se virando como pode neste campeonato catarinense. Já faz a melhor campanha dos últimos três anos. Há tempos que não vemos um time nosso chegar à liderança em poucas rodadas – e olhe que nem joga, assim, um bom futebol.
E a discussão que reverbera é sobre a camisa, ou as cores da camisa. Quanta energia despediçada.
Já foi confirmado porque o sapo não entra no céu.
* Alexandre Carlos Aguiar é associado do Avaí FC e proprietário do blog Força Azurra

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo