sábado, 18 de março de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.500


ENTRE O CONFORMISMO E A ESPERANÇA
Acompanhei a entrevista coletiva do técnico Claudinei Oliveira, ontem, pelo Facebook do clube, e efetivamente ele colocou basicamente o que escrevemos na Bom dia, Azurras de ontem, sobre os cinco desfalques que teremos na partida contra o Metropolitano, amanhã, em Blumenau.

Claro que ainda teremos o treino na manhã deste sábado, mas mesmo assim, não há que se falar em grandes alterações, muito menos há opções confiáveis para colocar em campo e se possa cobrar um melhor resultado.

Uma coisa é colocarmos um jogador recém vindo da base para entrar na equipe quando as "feras", ou titulares, estejam em campo, mas outra coisa bem diferente é o fato de jogar com uma equipe descaracterizada, querendo que esses mesmos "jovens" resolvam a partida...

Há que se ter paciência, muita esperança, muita torcida, que esse "novo" time do Avaí, sem cinco titulares, possa se recuperar do insucesso na primeira rodada do returno, até porque como todos sabem, as outras equipes é que estão correndo atrás do Leão...




O AVAÍ QUE GOSTAMOS DE VER
Ontem no final do dia, fiz um rápido texto com esse mesmo título, onde lembrei que desde que a atual administração do Avaí, em 2014, comandada pelo presidente que renunciou em abril de 2016, e o vice que se tornou o atual mandatário, Francisco José Battistotti, nunca mais tivemos o gostinho de estar na final do Catarinense, e isso remonta para 2012...

Por isso mesmo, como salientei no texto de ontem, disse que é preciso ter muita paciência com a equipe que entrará em campo no domingo para enfrentar o Metrô, em Blumenau.

Sim, se hoje temos o mesmo orgulho de outrora em torcer, de ver, de acompanhar o Leão, muito se deve ao competente trabalho de Claudinei Oliveira, que não tem como escalar uma equipe diferente da que vem atuando, face aos inúmeros desfalques.




LEÃO PRATICAMENTE PRONTO
Diante de uma conjuntura desfavorável, como a atual, o técnico Claudinei Oliveira não apresentou qualquer novidade na equipe, mantendo como no treino de quinta, a presença do atacante Iury no lugar de Rômulo, o quinto lesionado, ou sexto, se contarmos com Lucas de Sá, que não é titular da equipe.


Dessa forma, a equipe do Avaí no treino de ontem formou com: KozlinskiGustavo SantosAlemãoBetão CapaRenato JúniorCaio CésarMarquinhos Júnior Dutra;
Iury Denilson.

Particularmente, independente do treino deste sábado, creio que seja a equipe que sairá jogando em Blumenau.




ALTERAÇÕES
Ao menos na primeira parte do treino, foi exatamente essa a equipe que treinou. Porém, num segundo momento, segundo informações do repórter Eduardo Fernandes, da Rádio GuarujáClaudinei Oliveira sacou Iury para a entrada de João Paulo, atacante da base.

Um pouco mais tarde, foi a vez de testar uma formação um pouco diferente, com Lucas Otávio entrando na vaga de Renato, bem como Marcelinho no lugar de João Paulo.

Aliás, por falar em Marcelinho, creio que já passou da hora do atacante se integrar ao elenco do Leão. O que a torcida avaiana tem visto em campo, e o tem saído das rádios, não combina com aquele seu discurso de chegada...




APOSENTADORIA
Eu estava em Balneário Camboriú na quinta-feira, para onde volto na segunda, quando meu amigo Roberto Costa ligou comentando sobre a "aposentadoria" do meia e capitão Marquinhos.

Posteriormente, em nova ligação, RC comentou que Marquinhos havia desmentido na Rádio Guarujá o boato levantado pelo colunista social Cacau Menezes. Como foi divulgado que M10 estaria no programa do referido colunista na rede zelotes de sonegação, fiquei atento para a entrevista.

De novidades, nada, absolutamente nada. O que pareceu, ao menos na minha opinião, é que essa polêmica foi gerada para que se abrisse as negociações para uma possível renovação de contrato de M10 com o Avaí até 2018...




BOLA ROLANDO
Uma partida isolada abre a segunda rodada do returno do Campeonato Catarinense, quando em Florianópolis teremos Figueirense x Joinville, jogo do líder contra o lanterna dessa etapa.

Sim, o JEC é líder com a mesma companha do Brusque, mas leva vantagem por ter recebido menos cartões. Por sua vez, o "doladelá" tem a mesma campanha que o Barroso, e pelo mesmo critério de cartões, segura a lanterna...

Depois do ruído causado pela Associação de Clubes no meio da semana envolvendo as arbitragens, inclusive eliminando as belas gandulas universitárias dos jogos do Catarinense, quero ver qual ser o comportamento dos "marmanjos" que irão substituí-las, começando pelos "meninos" bem comportados do Estreito...

Abre os olhos, Sandro Meira Ricci!






Saudações AvAiAnAs!

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo