segunda-feira, 27 de março de 2017

DOIS AVAÍS, by Byghal

É, podemos dizer que tivemos dois Avaís, um do primeiro turno e outro do segundo turno.

No primeiro turno tivemos um Avaí sério, brigador, buscando em cada jogo os objetivos do clube.

No segundo temos um Avaí sonolento, ruim, sem vontade, achando que já é campeão.

Claro, estamos desfalcados em todos os jogos, mas nesse aspecto, nos causa surpresa, o fato de estarmos em março e, já termos um DM lotado. Considerando que começamos os trabalhos em janeiro, me parece que algo não está muito correto.

No meu modo de ver, ou a preparação física está equivocada, ou continuamos contratando jogadores bichados, mas baratinhos.

Podemos lembrar, também, que fizemos um time, até razoável, para ganhar o primeiro turno, mas não fizemos um plantel de qualidade, por isso nosso time muda tanto com as substituições.

Vimos no jogo de ontem, uma Chapecoense voando em campo, enquanto o Avai se arrastava, chegando, sempre, atrasado.

Não seria o momento de reavaliar os trabalhos de preparação física? E, rever, também, os critérios utilizados nas contratações?
Nosso goleiro, como eu temia, está voltando ao normal .

Para a lateral direita contratamos um grande frequentador do DM, tendo ficado, antes de ser contratado, muito tempo sem jogar. Será mais um bichado?

Nessas condições tem-se que utilizar na direita o Alemão e, todos sabemos o que representa isso.

Luan está sem ritmo, o que é normal, mas deveríamos ter um outro jogador à altura, para que pudéssemos fazer voltar aos poucos o Luan.

No meio temos um craque que já não consegue reeditar suas antigas jornadas e, se não bastasse isso, ainda, por força da idade perde bolas bisonhamente e, apresenta dificuldades pra decidir à frente do goleiro.

O Júnior Dutra é um brigador, mas não tem conseguido qualquer resultado mais relevante.

No mais temos jogadores da base, que não têm condições de resolver nossos problemas.

Não poderemos, sob pena de voltar à B, jogar uma Série A com Kozlinski, Alemão, Marquinhos, Gustavo Santos, Devid, Yuri, Lourenço, Marcelinho, Renato, João Paulo e, tantos outros.

Acho difícil a gente, com esse futebol, ganhar o segundo turno e, mais difícil ainda ser campeão.

Byghal.

* Luiz Augusto "Byghal" da Costa é associado do Avaí.

4 Comentários:

Carlos avaiano disse...

Todos sabem, inclusive a diretoria e Claudinei, que a série A precisa de plantel qualificado e com peças de reposiçao à altura dos titulares, o que não se vê nesse plantel, aí amigos vão montar um novo grupo para a A ou então irão passear na elite e brincar de gangorra para a alegria dos rivais e os competentes e qualificados da elite.

Roberto disse...

Jogos do Palmeiras, que assisti, mostraram um nível de qualidade e força, que assusta. Os outros grandes certamente não ficam atrás. Abre o olho presidente. - RC

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Pois é...
O tempo está passando e não temos muitos jogadores.
Já escrevi algumas vezes dos jogadores que precisamos, mas até agora, ninguém com cacife para jogar chegou no Sul da Ilha...

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

Assino contigo.
Ousaria dizer que desses times de Série A, apenas o Leão mantém esse ritmo lento, claro, dependendo da escalação...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo