domingo, 21 de maio de 2017

EUFORIA E REALIDADE, by Roberto Costa

No Estreito, reina a euforia. Depois de um Estadual sofrível, onde a queda para a série B foi evitada pelos métodos tradicionais - não há como negar - eles hoje festejam duas vitórias em dois jogos, e sentem-se barcelonas outra vez.

Mas euforia e realidade nem sempre andam juntas. Muita euforia às vezes é sinal de má observação da realidade. A vitória sobre o Goiás, clube de camisa forte, pode ser atribuída a um desajuste de time em formação. Assisti ao jogo e realmente o time Goiano foi um grupo disperso, ninguém falando a mesma língua. É sabido que o time do Estreito está também em formação, mas, por essas graças do futebol, encaixou de imediato. Isso acontece.

O segundo jogo também não foi parâmetro, o Náutico suporta profunda crise financeira, com três meses de salários atrasados e jogadores importantes em debandada. Força tradicional do nordeste, o Náutico mostrou em campo uma fragilidade incomum.

É claro que o torcedor, em maioria, prima pela empolgação e vai sempre vibrar diante de qualquer vitória. É possível que tenham achado realmente um grupo que venha a fazer bonito no campeonato, mas os arroubos e os delírios, que já se expandem, podem ser prematuros, precisam ser testados diante de equipes mais fortes. Barcelona? Vamos ver um pouco mais à frente.

* Roberto Costa é associado do Avaí FC

8 Comentários:

Unknown disse...

É verdade nobre Roberto que a euforia e a realidade nem sempre andam juntas vide a torcida azul que já tinha o Catarinense na mão após o primeiro turno e deu no que deu.

Roberto disse...

Unknow, vai aqui uma observação muito profunda: É que o futebol é uma caixinha de surpresas. - RC

Roberto disse...

Unknow, a euforia era nossa, a realidade, lamentavelmente, foi o Heber. - RC

André Tarnowsky Filho disse...

Desconhecido,

Quem é vivo sempre aparece...
Todos sabem como foi decidido o Catarinense, mas parece que tu não, né?

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

O desconhecido está se fazendo de louco para continuar andando de ambulância...

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

O Héber joga no time do desconhecido e foi emprestado para a Chape...

Roberto disse...

ANDRÉ, Unknow ignora principalmente como foi decidido o Estadual na parte de baixo da tabela. Prejudicaram dois times pequenos no apito pra salvar o time dele. - RC

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

Tens razão, ele desconhece por completo...
Haja ambulância!

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo