segunda-feira, 3 de julho de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.607

FORA DE QUALQUER PROGNÓSTICO
Não vou entrar na discussão se o Avaí foi mais incisivo ou não, assim como creio que nem vale a pena externar uma discussão sobre o que vem ocorrendo com o Leão, mas sem dúvida alguma, normal as coisas não estão...

Até para mantar coerência sobre o que escrevi ontem, se o Avaí quisesse valorizar a boa vitória sobre o Botafogo na última segunda-feira, não havia dúvidas que haveria necessidade de uma outra vitória na noite de ontem contra a Ponte Preta, mas ela não aconteceu...

Fui para a Ressacada cedo, perto das 13 horas, até porque queria participar da Feijoada do Avaí, mas não imaginava que o jogo pudesse ser tão aquém do que todos os torcedores haviam "programado"...

Uma coisa é o torcedor querer, imaginar, outra é o que efetivamente acontece com a equipe de Claudinei Oliveira em campo. O empate em 0 a 0 com a Ponte Preta foi enfadonho, patético, tal a inoperância do meio de campo e do ataque avaiano. Simples assim.

Claro que a partida de ontem já não foi a mesma, ao menos por não termos perdido na Ressacada, mas são menos dois pontos que deixam de ser somados, ou seja, já perdemos 9 pontos em casa e estamos apenas na 11ª rodada...

Ficamos nisso, um placar sem alternativas, que nos deixou onde estávamos...

Segue o barco!




O TIME DE CLAUDINEI
Avaí entrou em campo na noite de ontem para enfrentar a Associação Atlética Ponte Preta, a Macaca. O técnico Claudinei Oliveira teve alguns problemas para definir o time, mas nada que não se soubesse. 

Assim, o time entrou em campo com: DouglasLeandro SilvaAlemãoBetão Capa
LuanJudson, Pedro Castro JuanRômulo e Joel.


Não funcionou!





AS ALTERAÇÕES
As primeiras alterações de Claudinei Oliveira vieram logo no intervalo do primeiro para o segundo tempo, com Diego Tavares entrando no lugar do lesionado Leandro Silva e Wellington Simião no lugar de Judson.

Por volta dos 17 minutos do segundo tempo, foi a vez de Júnior Dutra entrar no lugar de Rômulo.

Alterações sem resultado específico, ainda que Júnior Dutra brigou um pouco mais que seus colegas que entraram...

Pouco funcionou.




PODERIA SER MELHOR
Comentei ontem por aqui que o Avaí precisaria de uma vitória, mas isso não aconteceu. Todavia, a rodada só não foi desastrosa porque houve um "achatamento" no grupo de baixo da tabela, ainda que não tenha influenciado a posição do Leão.

Dessa forma, ainda que permaneça na 19ª posição, o Leão se coloca numa situação em que duas rodadas perfeitas podem lhe tirar da agonia...

A questão é justamente essa: agora teremos Grêmio em Porto Alegre, e Coritiba na Ressacada.

Sem chance de respirar, o Avaí precisa fazer seu dever de casa. Nem toda rodada será tão generosa quanto esta...




A 11ª FEIJOADA DO AVAÍ
Creio que o ponto alto do domingo, efetivamente, foi a Feijoada do Avaí, que agradou a todos, quer pelo que foi servido, quer pela descontração que sempre norteia essa tradicional festa avaiana.

Quero deixar registrado meus cumprimentos ao amigo Márcio Moacir Borges, presidente da ASSTA (Associação Social dos Torcedores do Avaí), bem como seus colaboradores, por mais essa empreitada vitoriosa.







Saudações AvAiAnAs!

20 Comentários:

Tiago Soares disse...

Foi aquele jogo que faltou um algo a mais, jogo que éramos pra termos vencido, onde novamente perdemos pontos dentro de casa que de maneira alguma poderíamos ter perdido. O que seria esse algo a mais? Não sei. Talvez pouco mais de qualidade no elenco o que é difícil devido ao orçamento ou uma motivação extra com um novo treinador, agradecemos o que o Claudinei fez, e fez bem no passado, mas agora não tá acrescentando em nada.
Maicon tem que entrar em forma de uma vez e jogarmos tb pela direita, pq capa tá errando muito e ontem pra mim não foi o jogo do Juan apesar de gostar dele, tb muito menos foi o jogo do romulo e Luan que pedem banco a tempo. Pelo menos Douglas está se firmando bem, o que já significa muito.

Helton disse...

André,
resultado frustrante. O Avaí perdeu pontos para adversários diretos em casa (Vitória e Ponte), e perdeu para Chape e Atlético GO. Do nosso campeonato, só venceu o Sport. Ou seja, está muito abaixo do mínimo necessário.
É visível a falta de qualidade do time. Não falta vontade, mas se não tem qualidade, deveria ter, ao menos, uma melhor forma de jogar (organização tática). Esse esquema de colocar atacante como "assessor de lateral" não funciona. Funcionou ano passado, porque tínhamos o Renato, que era lateral de ofício e deu conta do recado, pela velocidade que tinha.
Os volantes são limitados tecnicamente para jogar a série A. E ontem fiquei com pena do Joel, emparedado entre os zagueiros e sem receber uma bola sequer...
Está difícil, porque o Avaí vai acumulando perda de pontos importantes e de confronto direto em casa...

LUGO disse...

Creio que está se aproximando a hora de girar a ampulheta. Talvez de nada adianta pois há tempo que não conseguimos controlar, mas pelo menos, marca o início de um novo período, assim como a virada de ano, renovam-se esperanças.
Quando um casal não consegue se entender; quando uma empresa não consegue crescer como organização; quando um profissional não consegue se desenvolver no mundo empresarial, busca-se a ajuda de profissionais, psicólogos, consultores, couching.
Chegou essa hora para o Avai, a hora da humildade, de se botar toda a prataria na mesa, de se desfazer de velhos ranços, de ouvir alguém, algum especialista ou conhecedor.
É chegada a hora de se afastar da mesa, tirar o salto alto e aceitar a nossa estatura exige que subamos no banquinho, que olhemos de outra perspectiva aquilo que se apresenta.
Claudnei precisaria dar uma passada de olho na obra de SUN TZU, "A Arte da Guerra". Nossos adversários nos conhecem, nossa tática, tanto individual quanto coletiva, está mais do que dissecada. Até parece a Formula 1 dos dias atuais, não precisa ser corrida, já sabe-se de ante mão qual será a ordem de final dos concorrentes.
"Um exercito vitorioso ganha antes de ser deflagrada a batalha, um exercito fadado à derrota combate com a esperança de ganhar"

Fernando TS disse...

Resultado amargo. Mais uma vez o Avaí não jogou mal, mas também não ganhou. Pontos preciosos foram perdidos em confrontos diretos. Tínhamos que ter vencido a Ponte Preta e o Vitória e buscado, pelo menos, um empate com o Atlético-GO (este fora de casa). Esse é o nosso campeonato. Além disso, claro, buscar alguns pontos importantes contra os ditos “grandes”, como foi contra o Flamengo e o Botafogo.

Não consigo nem mesmo apontar algum jogador que tenha jogado mal, todos jogaram direitinho – digamos assim -, mas os gols não saem e as vitórias não vêm. Assim tem sido a narrativa de boa parte dos jogos do Leão nesse Brasileirão Série A 2017.

Em 2015 a culpa era dos salários. Em 2017, pelo o que é informado, os salários estão em dia e os atletas em boas condições físicas. O que está faltando então? Falta qualidade. Não fomos ousados nas contratações. Ainda no Campeonato Estadual foi dito que aguardaríamos o desfecho do Campeonato Paulista para trazer bons nomes de lá. O campeonato acabou, estamos em julho, e apenas o Simião veio do Paulista.

Os pequenos erros de gestão e estratégia vão nos custar caro ao final do ano.

O ponto positivo de ontem fica por conta da Feijoada. Não tive pique para ficar até o jogo, pois com o tempo bom, clima agradável, boa companhia, comida gostosa e cerveja gelada, não deu para aguentar a maratona.

Forte abraço aos avaianos

MARCOS ANTONIO Santos disse...

O time de Claudinei não apresenta NADA de desenvolvimento de bola no meio de campo, e também NADA de evolução ofensiva.

Ontem o goleiro da Ponte fez uma defesa no primeiro tempo, e outra numa cobrança de falta no segundo. No mais foi um espectador privilegiado da partida. E o "técnico" vem com papinho ameno na coletiva pós jogo.

Rômulo faz a função de segundo lateral direito e Jr. Dutra, quando entrou, fez a função de segundo lateral esquerdo.

Sinceramente...

Detalhe, a Ponte jogou sem cinco titulares, e mostrou toque de bola com os reservas, ja o time MAL treinado por Claudinei errou mais de 50 passes no jogo.

Se este time treina, minha avó é uma bicicleta!

Sebastião dos Reis Salvador disse...

Time sem inspiração e sem esquema de jogo.O Avaí precisa de no mínimo 3 ( três ) jogadores ,quais sejam: um cabeça de área que saiba sair jogando e com experiência em série A, um 10 e um atacante que jogue pelas laterais do campo e que saiba usar o drible e a velocidade como arma, tipo Maikon Leite ( é só um exemplo).

Carlos avaiano disse...

Bom dia André
Em qualquer modalidade esportiva, a sequência de bons resultados é fundamental para o pódio ou as primeiras colocações.
Veja os primeiros colocados, estão sempre na mesma balada.
O avai faz um milagre no rio e volta a mesmice contra um time do seu
campeonato.
Se encaixa duas vitórias já vai lá pro meio da tabela, mas o negócio é a sequência que não encaixa.
Por isso essa colocação.
Tem que ter sequência dentro e fora pois só em casa não funciona aja visto que em casa já foram nove pontos perdidos, ou seja os visitantes se deram bem na ressacada.

Roberto Wendhausen disse...

Falar sobre o que o Avaí vem mostrando nos jogos, no geral, é chover no molhado.
E tem jogador que deve ter empresário muito bom, mesmo sendo sonolento na maioria dos jogos, continua titular absoluto!
Como entender tamanha teimosia !?!?

Aldojan disse...

André, bom dia!

Continuamos parados com os mesmos problemas, acho que o ciclo do Claudinei deveria ter sido encerrado contra o Fluminense.
De positivo ontem mesmo foi a substituição do Rômulo, o intocável.

Abraços

Rosalbo Ferreira Júnior disse...

Aldojan disse tudo: de bom ontem, só a substituição do Romulo.

E acrescento, pelo cara certo. Ataque é Joel e Junior Dutra.

Depois, só torcer pro Luan levar o 3º amarelo.

André Tarnowsky Filho disse...

Tiago Soares,

Realmente, nos falta o algo a mais.
Time burocrático e sem inspiração.

André Tarnowsky Filho disse...

Helton,

Estás coberto de razão.
Pior que isso, a Ponte veio desfalcada...

André Tarnowsky Filho disse...

Lugo,

Acho que a ampulheta da Ressacada está entupida, por isso seguimos na mesmice...

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Sim, jogamos direitinho, mas sem efetividade, o que nos rendeu a perda de mais dois pontos preciosos...

André Tarnowsky Filho disse...

Marcos Antônio Santos,

Nada, nada de novo...
Infelizmente!

André Tarnowsky Filho disse...

Sebastião dos Reis Salvador,

É verdade, sem jogo, sem inspiração.
Melhor seria ter voltado pra casa depois da Feijoada...

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

O Avaí não acredita que possa ter essa sequência, por isso segue marcando passo...

André Tarnowsky Filho disse...

Roberto Wendhausen,

Infelizmente não tenho como tirar tua razão...

André Tarnowsky Filho disse...

Aldojan,

Assino contigo.

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Rosalbo Ferreira Júnior,

Eu também escalaria Joel e JD no ataque.
Quanto ao Luan, posagora...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo