segunda-feira, 2 de abril de 2018

MELANCÓLICA DESPEDIDA, by Roberto Costa

Melancólica despedida, Avaí na sexta colocação, torcedor frustrado. Menos mal que não precisamos de arbitragem para permanecer na primeira do Estadual, mas o ano está salvando-se apenas pela boa participação na Copa do Brasil e sua consequente premiação financeira, coisa muito importante, por sinal. 

Esse jogo derradeiro contra o misto da Chape foi deveras um amistoso, ambas as equipes poupando titulares e testando novos atletas.

Finalmente pudemos ver o goleiro Rubinho em apresentação de 90 minutos. Sinceramente, reprovado, porque não conseguiu entrar em forma, e já não há mais tempo hábil para tanto. Mal colocado no primeiro gol da Chape e voando atrasado nos dois. A posição de goleiro é diferenciadanão admite improvisação e um bom goleiro é fundamental para as equipes saírem-se bem em quaisquer competições. O Avaí que saia atrás de um goleiro mais jovem, ninguém que esteja contundido ou gordo, em condições de entrar em campo e jogar, se for preciso.

Não vejo Cametá como sendo o cara para a lateral direita, há que trazer alguém. Penso que o Avaí poderia, quem sabe, promover o retorno do Marrone para a lateral esquerda, até mesmo para compor grupo. Aliás, Marrone joga nas duas laterais, apóia, faz também o meio e até gols. Bom coringa, sem grande custo e melhor que Cametá. Não sei se o jogador tem algum comportamento extracampo que o comprometa.

Acho que a proteção da nossa área requer alguém melhor que Luan. Constrói pouco e é por demais suscetível a cartões. 

Beltrán apareceu finalmente, vestindo a camisa azurra. Muito pouco, ou quase nada se pode dizer do jogador pelo pouco tempo que esteve em campo. Mas pelo menos mostrou oportunismo no gol que marcou, antecipando-se bem ao zagueiro adversário.

De resto, resta-nos rezar para que nessas novas contratações alguma entidade supra-física tenha iluminado nossos representantes nas negociações e eles tenham se superado, porque se repetirem a dose, e comprarem de novo gatos por lebres, na despedida no fim do ano poderemos ter o fiasco em nível nacional.

* Roberto Costa é associado do Avaí FC. Foto acima: Frederico Tadeu/Avaí FC

4 Comentários:

Gustavo Beck disse...

No próximo jogo o beltran está fora, fez gol e nem relacionado vai ser!!

Ana Carolina Goncalves disse...

Gostei do Beltran jogador que demonstra gostar,curtir fazer gols
Comemorando com garra com tesao sem mimimi de fazer coraçãozinho ou se benzendo e sim ficando feliz com o fruto de seu trabalho demonstrando vontade de gol!

Roberto disse...

A respeito de Marrone, lembremos que fez um gol contra nós, em plena Ressacada, e jogando de lateral direito. - RC

Carlos avaiano disse...

Ainda bem que estava em aparecida do Norte, bemmmm longe, caso contrário estaria na ressacada pra sair irritado mais uma vez, pois já virou rotina dessa diretoria e grupo de "CRAQUES" deixarem o torcedor roxo de raiva, irritado e humilhado com atitudes amadoras e sem condições de honrrarem o hino que diz ( O TIME DA RAÇA) mais um título jogado fora pois Catarinense não empolga e motiva ninguém lá dentro dos tijolos azuis.
Alguém avisa lá na ressacada que futebol é sério e que o ano já começou, 3 meses se passaram e tem atléta fora de forma, e a primeira competição importante pra torcida já era foi pro espaço onde deve estar a cabeça da diretoria.

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo