quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

FUTEBOL DE SE LAMBUZAR, by Alexandre C. Aguiar

Eu sempre fui fascinado pelo futebol-arte. Aquele chamado futebol onde a bola é tratada com carinho e as jogadas são dignas de admiração. Daquele futebol o qual nos lembramos até o dia em que fecharemos os olhos. Daquele futebol descrito e falado em rodinhas de amigos, levados à mesa em qualquer debate, comentado em quaisquer outros momentos fora do próprio futebol.
Dos times que vi jogar, lembro da seleção brasileira de 1970, um time perfeito e magistral, tricampeão do mundo lá no México.
Do fabuloso Ajax, da Holanda, também da década de 1970, e que gerou craques para a seleção da Laranja Mecânica, daquele tipo de futebol que encantou a todos em duas edições de Copa do Mundo.
Houve o time do Flamengo de Andrade, Adílio e Zico, campeão do mundo em 1981.
Recordo, com carinho, da nossa seleção de 1982, um elenco mágico e que só não foi campeão para azar do próprio futebol.
Depois, tivemos a geração de Frank Rijkaard, Van Basten e Gullit, daquele Milan vitorioso de 1987 a 1991. Um timaço de botar medo nos adversários.
E ao longo da História se fala dos vários times do Real Madrid, que a cada geração formava um elenco novo e fabuloso. Na década de 1960, contudo, ele rivalizava com o Santos de Pelé, no quesito de dar espetáculos.
Nos tempos atuais, a gestão fazedora de craques do Barcelona assombrou o mundo com algo inimaginável de se fazer dentro das quatro linhas. O resultado disso foi o surgimento da Seleção da Espanha, uma máquina de dar espetáculos.
Poderia elencar, aqui, alguns outros times não menos sensacionais, que deixaram nossos olhos assombrados com o que faziam nos campos de futebol pelo mundo. Verdadeiras apoteoses.
Mas aí a gente lembra que houve um Avaí e Londrina pela Primeira Liga do futebol brasileiro, em 2017, e volta a acordar do sonho. Eita!
* Alexandre Carlos Aguiar é associado do Avaí e proprietário do blog Força Azurra

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo