terça-feira, 7 de março de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.489

BOA VANTAGEM
Antes do Avaí entrar em campo para enfrentar o Internacional de Lages, no domingo, escrevi  que o Leão deveria ter notado o recado de seu principal adversário, a Chapecoense, que havia vencido o Criciúma na abertura da nona rodada, 2 a 0, e diminuiu para 3 pontos a diferença para o time comandado por Claudinei Oliveira.

Dessa forma, o que poderia ter acabado com uma diferença em prol do Leão de 6 pontos, 23 a 17, além de duas vitórias a mais, acabou em 4 pontos de vantagem, 21 a 17, além de ter 6 vitórias contra 5 da Chapecoense e Brusque, este último com um ponto a menos que a Chape.

É óbvio que a vantagem do Leão é boa, e pode ficar ainda melhor na abertura do returno. Afinal de contas, o Avaí receberá o Criciúma, enquanto a Chapecoense visitará o Internacional, em Lages, depois de sua estreia na Copa Libertadores da América, nesta noite. Ou seja, o Leão tem tudo para seguir livre, leve e solto na busca também da conquista do returno e consequentemente, o Campeonato Catarinense.

Claro que não estou esquecendo do Brusque, do competente técnico Pingo, mas até mesmo para saber onde poderá chegar, terá que confirmar seu dever de casa contra um desacreditado e desesperado "doladelá" no próximo domingo. E mesmo que conforme, hoje a diferença para o Leão é de 5 pontos, 21 a 16.

Como escrevi esses dias, está fácil entender a dinâmica do Campeonato Catarinense. No returno, sigo acreditando muito no comandante Claudinei Oliveira, ainda que o Leão tenha que enfrentar os dois adversários mais próximos em suas respectivas casas, ou seja, Arena Condá e Augusto Bauer...

Capricha, Claudinei Oliveira!  




E OS OUTROS?
Tenho plena consciência de que o returno é uma outra competição, de que tudo começará do "zero", que todos tem as mesmas chances, mas não posso ser hipócrita em dizer que não vejo o Avaí como franco favorito para abocanhar também a Taça Sandro Luiz Palaoro, e consequentemente, o título Catarinense, além de registrar seu nome na Taça Dr. Delfim de Pádua Peixoto Filho, transitória, e mais um registro no Troféu Dr. Aderbal Ramos da Silva, além da Taça Havan, ao campeão Catarinense de 2017.

De uma forma geral, e me desculpem os "especialistas" da  mídia boca alugada, convencional e tendenciosa, vejo o Avaí com sobras para seguir seu caminho rumo ao título, assim como só acredito na Chape e no Bruscão em condições para atrapalhar os objetivos avaianos.

Obviamente, Criciúma e o "doladelá", até podem crescer na competição, mas se o Leão fizer seu dever de casa no próximo domingo, e emplacar no clássico no nosso Parque de Diversões, creio que tudo estará muito bem encaminhado.

As demais equipes, JEC, Barroso, Inter, Metrô e Tubarão, passarão o returno brigando contra o rebaixamento até a última rodada.

Dá-lhe, Leão!




LONGE DE CASA
Se no turno o Avaí fez 5 jogos na Ressacada e mais 4 fora dela, obtendo um aproveitamento extremamente respeitável de 77,77%, as coisas podem piorar, teoricamente, visto que no returno serão 5 jogos fora de casa e 4 na Ressacada...

Por incrível que possa parecer, tais dados não interferiram na conquista avaiana no turno, até por que, como veremos na sequência, o Avaí teve um aproveitamento melhor fora de seus domínios, espantando aquele discurso batido e chato de que não podia atravessar a ponte...




73,33% EM CASA
Na Ressacada, o Leão não se fez de rogado e não deu muitas chances aos seus adversários. Foram 3 vitórias (2x1 Metrô; 3x0 Chape e 2x1 Bruscão) e 2 empates (0x0 "doladelá" e 1x1 Inter).

Em 15 pontos disputados, 11 conquistados, ou seja, 73,33% de aproveitamento, ou seja, um percentual considerável, que lhe garantiu uma administração segura nos jogos fora da Ressacada.

Porém, é nesse ponto longe do Sul da Ilha que mora a "surpresa"...




83,33% FORA DE CASA
Longe da nossa bela Ressacada, o Leão mostrou-se um adversário indigesto na quatro partidas que disputou, vencendo quase a totalidade, 3 vezes, e empatando apenas uma partida.

As 3 vitórias (1x0 Tigre; 2x0 Tubarão e 3x0 Barroso), bem como um empate (0x0 JEC), representam 83,33% de aproveitamento, o que convenhamos, não é pouco, principalmente numa competição curta como é o Campeonato Catarinense.

Não há dúvidas de que isso foi e será ainda mais importante no returno.




RETURNO EM CASA
Para o returno, o Avaí fará 4 jogos na Ressacada, a saber: Criciúma, Tubarão, JEC e Barroso. Dentro do que coloquei na segunda nota, nenhum adversário para estar brigando pela ponta da tabela, a conquista do returno.

Dessa forma, tendo como parâmetro o desempenho do turno, creio que o Leão fará de 8 a 9 pontos no returno, o que não é pouca coisa. Particularmente, e posso estar sendo precipitado nessa colocação, acredito que o Avaí fará 100% de aproveitamento no returno em seus domínios.

Vai pra cima deles, Leão!




RETURNO FORA DE CADA
Partindo do mesmo raciocínio, adotando o mesmo percentual de aproveitamento longe da nossa bela Ressacada, o Avaí fará 5 partidas longe do Sul da Ilha: Metrô, Chape, Bruscão, "doladelá" e Inter.

Repetindo o percentual de aproveitamento do turno, teremos nessa segunda fase mais 12 ou 13 pontos conquistados, o que somados com os pontos na Ressacada, nos colocariam numa campanha muito semelhante ao turno, assegurando o título, ou na pior das hipóteses, final com o último jogo na Ressacada...

Eu vejo esse Catarinense dessa forma! É contigo, Leão!




OS MESMOS
"Um dono de banca de revista, Avaiano, pediu-me que fizesse referência no Blog. Ele observou que o Hora de Santa Catarina publicou uma foto do Rômulo, na capa do jornal, quando noticiou a conquista invicta do Primeiro Turno do Estadual pelo Avaí. A foto do Rômulo é pequena e o tratamento da matéria foi frio. Hora número 3270, de 27/02.

Por outro lado, segundo ele, o Hora de hoje, 3274, de 03/03, noticia com a maior foto da capa o empate de ontem, do time do Estreito, em pelada ridícula, contra o fraquíssimo Paraná."


O comentário do meu amigo Roberto Costa deveria ter sido publicado na semana passada, mas está a cada dia mais atual...

Bastou uma vitória com a nítida interferência da arbitragem para que todos voltassem suas atenções para o representante da Capital no Brasileiro da Série B...





LONGE DA TELINHA

O Avaí é líder do Campeonato Catarinense, conquistou o turno com uma rodada de antecipação, está na final, mas mesmo assim seu último jogo, bem como o próximo, será às 18h30min de um domingo...

No "horário nobre" do futebol aos domingos, mais uma "pelada" daqueles que estão desesperados com a falta de din-din e o fraco rendimento do time...


E dá-lhe manchetes fanfarronas!









Saudações AvAiAnAs!

4 Comentários:

Nelson Andrade Filho disse...

A empresa patrocinadora f.... o clube e a diretoria convidando comentaristas dela para dar palestras no clube.
Abre o olho presidente!!!

Nelson Andrade Filho disse...

A empresa patrocinadora f.... o clube e a diretoria convidando comentaristas dela para dar palestras no clube.
Abre o olho presidente!!!

André Tarnowsky Filho disse...

Nelsinho,

Battistotti vai se perder de tanto fazer média...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo