sexta-feira, 17 de março de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.499

PIOROU
Ontem havia escrito uma nota em que afirmei que o técnico Claudinei Oliveira vai para a segunda rodada do returno com os mesmos problemas da primeira rodada, muitos desfalques.

Porém, em determinado momento, disse ainda que dos quatro desfalques, o lateral direito Leandro Silva, os volantes Luan Judson, e o meia atacante Diego Jardel, apenas o primeiro retornaria ao time, uma sensível melhora, visto ser titular absoluto da posição. Mas, aos três que ficam fora do time mais uma vez, junta-se o atacante Rômulo, lesionado na partida do último domingo.

O "vento" parece querer soprar contra os interesses do treinador avaiano, visto que nenhum dos jogadores citados deve ter condições de jogo. De qualquer forma, esta sexta-feira será definitiva para que o departamento médico libere ou não Luan e Rômulo. Caso não joguem, é inegável que o Avaí perde muito daquele futebol que agradou aos torcedores no primeiro turno.

De mesma forma, aquela esperança que joguei no ar, sobre a presença do volante Lucas Otávio, apresentado na última terça-feira, parece que também não deve se concretizar em função do técnico ter optado pelos mesmos jogadores que saíram jogando na última partida...

Capricha, Claudinei!




CLAUDINEI E SUAS CONVICÇÕES
Ao menos no treino técnico de ontem, quando distribuiu a equipe em campo, o técnico Claudinei Oliveira não apresentou qualquer novidade na equipe, exceto a presença do atacante Iury no lugar de Rômulo, lesionado.


Dessa forma, a equipe do Avaí, sem o goleiro, formou com: Gustavo SantosAlemão,
Betão CapaRenato JúniorCaio CésarMarquinhos Júnior DutraIury Denilson.

Sendo bem franco, uma equipe bem descaracterizada, o que promete "muitas emoções" para domingo contra o Metrô, em Blumenau.




MUITA CALMA NESSA HORA
Como todos sabem, no último clássico realizado na Ressacada, os dois clubes assinaram contrato de patrocínio com a Caixa Econômica Federal, que aparace nas camisas como patrocinador master

Ontem, através de uma mensagem publicada pelo repórter José Henrique Koltermann, da Rádio Guarujá, que reproduzimos AQUI, os contratos tiveram suas respectivas publicações no Diário Oficial, cabendo ao Avaí o "VALOR ESTIMADO" de R$ 5.500.000,00 (cinco milhões e quinhentos mil reais).

Porém, há que se entender que o Leão efetivamente vai receber R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais), podendo chegar ao "VALOR ESTIMADO" supracitado com premiações por performance. O mesmo acontece com o valor referente ao "doladelá". Simples assim.




ZEBRA
Tido como uma boa contratação, realmente considerado um reforço, Vinicius Góes Barbosa da Souza, o meia Vinicius pode não desembarcar na Ressacada, onde esteve desde o início da semana, fazendo parte dos exames de rotina , visando sua contratação pelo Leão.

Aliás, entre o Avaí e Atlético Paranaense, bem como entre o Leão e o jogador, referente a parte salarial está tudo acertado, com o Furacão bancando parte do salário do jogador. Ocorre que o clube da Baixada tem uma "pequena" dívida, superior a R$ 1 milhão com o atleta e para liberá-lo pretende abater parte dela...

Ao que tudo indica, vamos ter que aguardar as "cenas dos próximos capítulos" para saber se o Leão efetivamente vai poder contar com o futebol do atleta...




QUESTÃO DE JUSTIÇA
Ontem, ressaltei que o Brusque do técnico Pingo vem jogando um bom futebol, está bem colocado na tabela, além de ter colocado que não iria estranhar se o Bruscão repetir com o Leão a final de 1992...

No entanto, havia escrito a Bom dia, Azurras antes da partida Fluminense 3x2 Criciúma, e mais uma vez a equipe do Tigre foi envolvente, praticando um futebol veloz, competitivo, e com toda a certeza se credenciando para a conquista do returno.

Ainda há uma possibilidade da Chapecoense melhorar seu futebol, mas hoje não vejo o Verdão d'Oeste tão credenciado como anunciam. De qualquer forma, se houver final no Campeonato Catarinense, o adversário do Avaí deve sair desses três: Bruscão, Tigre ou Chape.




FUTEBOL É COISA SÉRIA E PODE SER LUCRATIVA
Ontem o jornalista Rodrigo Santos, de Brusque, que transmitiu o jogo do Joinville contra o Gurupi, em Tocantins, deixou a mensagem acima no twitter, que reproduzi AQUI. Um pouco mais tarde, perguntei quanto teria ganho o JEC...

A resposta é para deixar dirigente de qualquer equipe feliz: R$ 800.000,00. Isso mesmo: oitocentos mil reais! E acrescentou: no acumulado das 3 fases, o Joinville já faturou mais de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais)...

Então tá...






Saudações AvAiAnAs!

6 Comentários:

Carlos avaiano disse...

Isso é bagatela e o avai não precisa................kkkkkkkkkkkkk

Fernando TS disse...

Ontem assisti aos jogos da Libertadores que a Sportv transmitiu: Chapecoense x Lanús e Santos x The Strongest . A Chapecoense teve grandes dificuldades contra o campeão argentino e o Santos venceu o adversário e poderia ter goleado.

Pensando no nosso Leão, o que chama a atenção na Libertadores é a quantidade de estrangeiros que jogam pelos clubes. É chegada a hora do nosso setor de captação de atletas observar os jogadores dos países vizinhos. Levando em consideração que o Leão adota a prática de contratar jogadores indicados por um empresário específico, poderia então contatar empresários de outros países, nada muito fora do que já fazemos para contratar atletas dentro do nosso país.

A minha lógica é puramente financeira. A verdade é que não temos cacife para atrair atletas que estão retornando dos grandes centros do futebol mundial e também não conseguimos adquirir as promessas que despontam por aí. Entretanto, os clubes que jogam as divisões de elite nos países sul-americanos possuem folhas salariais mais modestas se comparadas aos gigantes do nosso futebol.

Como referência, cito o que foi ventilado na mídia esses dias: o Flamengo (folha salarial mensal de R$ 11,5 milhões) enfrentou na quarta-feira a Universidad Católica – CHI (folha salarial mensal de R$ 1,2 milhão) e foi derrotado, embora tenha jogado melhor. A expressão usada na mídia esportiva foi “abismo financeiro”.

Bons atletas podem ser observados neste mercado. O The Strongest, forte time dentro da Bolívia – mas pouco expressivo em nosso continente, tem uma montoeira de jogadores que representam seleções sul-americanas.

Em um momento que estamos sendo assolados por tantas lesões, fica a reflexão e sugestão para o nosso departamento de futebol.

Forte abraço e um bom final de semana aos avaianos!

Fernando TS

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Será que os jogadores foram cobrados por esse prejuízo?

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Ótimas observações.
Segundo meu amigo Nelsinho, Roman Martinez, camisa 10 do Lanús, cairia feito uma luva no Leão...

Abraço!

Carlos avaiano disse...

FORAM ANDRÉ,GANHARAM FOLGA.

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Posagora...
Havia esquecido...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo