quinta-feira, 23 de março de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.505

VITÓRIA NA RAÇA
Se em Blumenau o Avaí encontrou facilidades, ao ponto de abrir 2 a 0 em menos de 10 minutos, dessa vez as coisas ficaram fáceis para o Atlético Tubarão, que abriu essa vantagem com apenas 15 minutos de partida, sem contar a facilidade que envolvia o meio de campo e a defesa avaiana.

Pior que isso, o placar dos primeiros minutos poderia ter sido ampliado, tal era o futebol sem qualidade apresentado pelo Avaí, que escapou de voltar para o vestiário com uma diferença ainda maior.

Para sorte de Claudinei Oliveira e seus comandados, já nos acréscimos da primeira
etapa, num palpite do amigo "boca santa" Guto, de Palhoça, Capa acertou um bom cruzamento para o zagueiro tubaronense empurrar para a própria rede. Avaí 1 a 2.

Alás, em função do péssimo futebol apresentado pelo Avaí, o palpite do Guto era para o Leão diminuir o placar no primeiro tempo e chegar em condições de virar no segundo...

Para o segundo tempo, era natural que a equipe de Claudinei Oliveira se jogasse ao ataque tentando empatar a partida, mas diga-se de passagem, ainda sem apresentar um bom futebol, mas agora contando com a eficiência do baixinho Lucas Otávio, que arrumou a saída de bola do Leão

De tanto insistir, aos 34 minutos, num cruzamento pelo alto, o meia Marquinhos empatou a partida num belo gol de cabeça. Avaí 2 a 2.

A virada veio de forma dramática, num golaço do artilheiro Denilson, que dançou na frente da zaga tubaronense e chutou forte de fora da área, fazendo a torcida avaiana ir ao delírio. Avaí 3 a 2.

Vitória muito mais na raça, na superação, que pelo bom futebol, e, indubitavelmente, um belo presente para comemorarmos o aniversário da Ilha.




O TIME DE CLAUDINEI OLIVEIRA
Como salientamos nos últimos dias, o técnico Claudinei Oliveira teve muitos problemas para definir o time do Avaí ontem em função dos vários desfalques, e até por isso preferiu repetir a escalação que venceu o Metrô.

Claudinei colocou o Leão em campo com a seguinte formação: KozlinskiGustavo SantosAlemãoBetão CapaRenatoCaio CésarMarquinhos e Júnior DutraLourenço e Denilson.





OPÇÕES NO BANCO DE RESERVAS
O técnico Claudinei Oliveira relacionou 22 jogadores para o jogo de ontem e 
tinha à sua disposição um outro time, a saber: 

Goleiros (2): Cláudio Vitor e Douglas;
Zagueiros (2): Gustavo e Maurício;
Laterais (2): João Paulo e Léo Felipe;
Volantes (1): Lucas Otávio;
Meias (1): Vinicius Pacheco;
Atacantes (3): 
Deivid, Iury e Toshi.




AS ALTERAÇÕES
Como citei acima, a primeira alteração de Claudinei Oliveira veio no intervalo, com Lucas Otávio entrando no lugar de Renato Júnior.

Aos 14 minutos, saiu Gustavo Santos para a entrada de Vinicius Pacheco. E mais tarde, aos 34, a última substituição, Gustavo Schiavolin entrou no lugar de Lourenço

De uma maneira geral, as substituições surtiram efeito, principalmente a primeira, ao ponto do Avaí ter virado o jogo. 




EU PEDI CALMA
Ontem escrevi uma nota pedindo calma com o atacante Lourenço, citando as bajulações no surgimento de Santarém, hoje praticamente esquecido. Com Lourenço, ainda que considere cedo para uma avaliação, a partida de ontem mostrou que eu não estava errado: o guri não apareceu na partida.

Por outro lado, o baixinho Lucas Otávio mostrou personalidade, chamando o jogo, distribuindo bem o jogo, sem se intimidar com o placar adverso e o Tubarão. Numa etapa inteira, já jogou muito mais que Renato...



FALTAM DOIS
O meia Marquinhos voltou a marcar na Ressacada na noite de ontem, um belo gol de cabeça, e agora está apenas a dois gols de empatar com o maior artilheiro da "Era Ressacada", Décio Antônio.

Diferente do que escreveu um colunista social, Marquinhos pode se transformar no maior artilheiro em jogos na Ressacada, mas na história do clube existem outros que estão bem à sua frente.

Marcando nos dois últimos jogos, ainda assim entendo que Marquinhos está devendo um melhor desempenho  no meio de campo avaiano.




FLORIANÓPOLIS, 291 ANOS!
Nas minhas contas, minha cidade de "sol e mar" estaria completando seus 291 anos, mas um lei criada pelos vereadores da legislatura passada acabou alterando para 34454 anos a mais, que certamente não faz a mínima diferença para quem efetivamente vive nesse lugar e tem outras necessidades...

Quinta-feira de aniversário da cidade, e em função disso decretado um feriado municipal...

Essa Ilha é meu chão! Como nativo, ilhéu, florianopolitano, não há como lembrar de Florianópolis sem fazer uma ligação direta em todos os nossos recantos da Ilha, ainda que encontre belos lugares "doladelá"...

Vivendo aqui desde que nasci, creio que merecíamos muito mais de nossos administradores. É torcer para que haja um mínimo de seriedade em relação a coisa pública ao invés de simplesmente ficarem "planejando" a próxima eleição, carreiras políticas, sempre esquecendo da cidade...

É a nossa Ilha formosa, cheia de graça, do time da raça!

Parabéns, Florianópolis!





Saudações AvAiAnAs!

8 Comentários:

ManoelNilson disse...

André, a coisa boa do jogo de ontem foi a atuação do baixinho Lucas Otávio. Estou achando o time de Claudinei de Oliveira muito parecido com o time de Silas, ou seja, muito atacante e um buraco do meio e campo.Claudinei precisa rever a escalação que está fazendo. Gustavo Santos é uma delas.

Daniel Salles disse...

André, vitória importante!

Lucas Otávio mudou o jogo, deu dinâmica ao meio campo e merece iniciar jogando no domingo!

Só discordo de ti em um ponto, no primeiro tempo, em especial após os dois gols do Tubarão, teve muito jogador se escondendo e vi o Lourenço chamando jogo, indo pra cima e até chutando pra gol. No segundo tempo ele sumiu mesmo, até por conta das alterações do Claudinei.

Como critiquei depois do jogo de domingo, é justo ressaltar que achei que o Marquinhos fez uma boa partida ofensivamente ontem, defensivamente a contribuição é nula! Mas falta regularidade pro nosso capitão e mesmo as boas partidas não são mais como foram. Não discordo que possa contribuir pro grupo, só acho que o papel de protagonista tem que ser revisto.

Por conta do horário tive que acompanhar o jogo da telinha, talvez por conta disso tenha uma percepção diferente...

O positivo desse início "complicado" de segundo turno é a avaliação que o departamento de futebol deve estar fazendo do elenco, algumas necessidades estão claras, a série A é campeonato de regularidade e precisamos fortalecer o grupo.

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Manoel, o técnico avaiano está ouvindo demais o auxiliar. O time escalado não é o dele, mas do tal Iluminado.

Carlos avaiano disse...

Boa tarde André e amigos azurras.

Estão querendo anular a vitória avaiana em função de um gol mau anulado.
Se começarmos a anular resultados por erros de árbitros, ai muitos títulos serão devolvidos, acessos e rebaixamentos anulados, situações já contadas aqui, que inclusive deixa o avai como o maior prejudicado pelos títulos de 1999 e 2014 para o dono dos 17 atuais.
O rebaixamento de 2015, gol anulado em chapecó e bola na cabeça dentro da área virando pênalti na vitoria e permanência do brócolense na elite rebaixando o avai.

Outro fato, o presidente do tubarão soltou o verbo dizendo que o árbitro foi decisivo no resultado dando 5 minutos de acréscimo no primeiro tempo onde saiu o primeiro gol do avai.
Ele se esqueceu da cera que o time dele fez e comentada pelos repórteres.

Obs: Denilson não está preocupado com a artilharia, ou é muito burro ou não está focado no título, levando o terceiro amarelo quando o próximo jogo é clássico em Chapecó.

E pra finalizar, Claudinei sabe que nessa profissão, quando ganha é carregado no colo, mas quando perde é elogiado("burro burro") e que não deve dar sopa pro azar revendo certas escalações, pois se tiver final, já sabe que não vai ser mole, pois os adversários vem pra cima com a faca nos dentes, mas entre eles abrem as defesas.

André Tarnowsky Filho disse...

Manoel Nilson,

Concordo contigo, mas sejamos sensatos, são muitos desfalques, né?
Além disso, não é culpa da torcida contratar Gustavo Santos...

André Tarnowsky Filho disse...

Daniel Salles,

Assino contigo.
Virou postagem.

André Tarnowsky Filho disse...

Aguiar,

Será?
Não acredito nisso, mas...

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Da nossa mídia boca alugada podemos esperar tudo...
Quanto ao Denilson, se empolgou demais, fruto da imaturidade...
Sobre ao Claudinei, tens razão: não dá pra insistir nos mesmos erros sempre...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo