quinta-feira, 16 de março de 2017

Noite de homenagem ao Avaí em Tijucas

Quase 200 torcedores tijucanos prestigiaram na noite desta quarta-feira (15) a homenagem que o grupo Leão na Elite, de Tijucas, fez ao Avaí pela conquista do acesso à Série A e também o título de campeão invicto do primeiro turno do Estadual. O encontro, realizado na sede recreativa dos funcionários da Portobello, contou com a presença do presidente Francisco José Battistotti, do diretor de futebol Joceli dos Santos, do auxiliar técnico Evando e do capitão Marquinhos, o mais assediado de todos. Na ocasião, o Avaí também fez a captação de novos sócios, com grande número de adesões.
Este encontro da direção e jogadores com os torcedores em cidades da região poderá se repetir em breve, uma vez que o objetivo é ampliar o número de sócios e oportunizar a que o clube esteja sempre mais próximo daquele que é o seu principal ativo, o torcedor. No evento desta quarta-feira, liderado pelo torcedor Edson Dias, do grupo Leão na Elite, a homenagem ao clube foi o reconhecimento pela conquista do seu grande objetivo, a Série A em 2017. E a conquista do primeiro turno foi um outro destaque. “Estamos felizes e contentes com a visita de vocês, o que demonstra que a direção azurra está no caminho certo ao se aproximar cada vez mais do seu torcedor”.
O capitão Marquinhos, muito procurado para autógrafos e fotos, destacou a importância deste reconhecimento. O craque fez um relato das dificuldades encontradas em 2016, as incertezas e depois a virada com o acesso. “Se vocês não estiverem juntos conosco, não chegaremos a lugar algum. Juntos seremos cada vez mais forte. A gente só é o que é porque existe o Avaí. O símbolo da instituição vem na frente e o nome do jogador atrás. Isso pra mim já quer dizer muita coisa”, disse o capitão. Outro que também fez a alegria da galera em Tijucas foi o Iluminado, o atacante Evando, auxiliar técnico. “Sou muito grato ao Avaí pelo que me deu. Hoje sou conhecido como o Evando do Avaí onde quer que eu esteja. Estamos vivendo um momento especial, a torcida merece”.
O diretor de futebol Joceli dos Santos, ex-goleiro do próprio clube e muito identificado com a comunidade de Tijucas, onde jogou e foi treinador de várias equipes, relembrou o momento de sua chegada, quando disse que o Avaí iria subir. Muitos não acreditaram. “O que quero dizer é que o Avaí é muito grande, precisa brigar lá em cima. A briga será para permanecer e isso será possível com vocês lá na Ressacada, lotando o estádio e empurrando o time”.
O presidente Francisco José Battistotti, o último a falar, também fez um relato das dificuldades que encontrou ao assumir em meio a uma turbulência. Relatou a rejeição no início do trabalho, mas o esforço que foi feito para a grande virada, principalmente a financeira. “Hoje o Avaí tem uma situação econômica controlada, estamos pensando em melhorias no estádio, iluminação, cadeiras. E conquistar nosso objetivo maior que é a permanência na séria A”. Acrescentou que o Avaí tem compromissos com a justiça do trabalho, que comprometem o seu orçamento, mas que em caso de permanência para 2018, o clube deve estar saneado financeiramente. “E isso só será possível com o apoio de vocês. Associem-se para estarmos juntos nesta caminhada”, finalizou.
Fonte: Avaí FC

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo