segunda-feira, 3 de abril de 2017

AO APAGAR DAS LUZES, DE NOVO, by Roberto Costa

Primeiro tempo de desanimar, perder as esperanças. Em jogo de grande importância, demoramos demais para ameaçar pela primeira vez o gol do goleiro Rodolfo.

Acho que o primeiro tempo caracterizou-se por uma dessas situações em que sobreviveu o melhor adaptado ao meio, o Brusque. Com velocidade, muita disposição, e noção de conjunto, nosso adversário, habituado às dimensões e à consistência do gramado, pontificava em praticamente todas as jogadas e fez por merecer a vitória no primeiro tempo. Darwin explica.

O Brusque exercia pressão em campo inteiro, assediando e fungando no cangote de cada jogador Avaiano. Acredito que deva ser complicado treinar na Ressacada, com seus largos horizontes, e depois jogar no abafado alçapão do Augusto Bauer. Não trata-se de desculpas, posto que vencemos, mas os estratégicos, como Capa e Denílson, importantes por serem velozes e bons jogadores, não tinham espaço suficiente para suas avançadas. 

No segundo tempo, o Avaí voltou um pouco melhor, conseguindo equilibrar razoavelmente o jogo e obtendo o empate através de um gol de Alemão, que até já parece estar pedindo passagem para o ataque. Quando tudo parecia que estava por melhorar, o Brusque fez o segundo, num lance em que nossa defesa pareceu desligada e onde, a meu ver, Kozslinsky também mostrou indecisão. Era a casa ruindo.

Felizmente, dois minutos depois, num gol de bela feitura, pegando a bola de primeira num cruzamento de Junior Dutra, Rômulo deixou tudo igual. Gol que trouxe algum alívio e renovadas esperanças de vitória. 

Finalmente, o gol salvador de Junior Dutra, ao apagar das luzes, deu cifras finais ao jogo, mas não podemos nos fiar sempre desses lances providenciais. Haverá ocasiões em que não acontecerão. Portanto, cuidemos da competência.

Sigo com um pé atrás em relação a Kozslinsky. Caio César entrou bem no jogo, parece que vem evoluindo. Júnior Dutra segue jogando bem. Viicius Pacheco precisa jogar. Atenção, Joceli, Rafael Ratão, do Tubarão, merece ser observado.

* Roberto Costa é associado do Avaí FC. Foto acima: André P. Ribeiro/Avaí FC

4 Comentários:

Antonio Bernardes disse...

De repente da pra pegar o ratão. 🤔

André Tarnowsky Filho disse...

Antônio Bernardes,

É um bom jogador.

Roberto disse...

OUVI AGORA À NOITE, PELO RÁDIO, QUE O CENTROAVANTE BELUSSI, DO BRUSQUE, PRETENDIDO PELO AVAÍ, RESOLVEU ESPERAR UMA PROPOSTA DA CHAPE.
É HORA DE DESCARTAR, NÃO É A ÚLTIMA BOLACHA DO PACOTE, QUE SEJA FELIZ LÁ NO OESTE, SE É QUE VAI. - RC.

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

E tem outro detalhe, o ataque não é nosso maior problema...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo