domingo, 9 de abril de 2017

Vencer ou vencer

Há algo muito simbólico no Clássico desta noite e não é apenas aquela velha e surrada frase de que "o Clássico é um campeonato à parte", mas uma espécie de coroamento para o presidente do Avaí, Francisco José Battistotti.

Sim, no próximo sábado, estaremos completando um ano da renúncia do ex-presidente Nilton João de Macedo Machado, que não deixou saudades pelos sucessivos anos de administração fracassada, enquanto que nesse último ano, agora sob o comando de Battistotti, o Avaí conseguiu o acesso à elite do futebol brasileiro, conquistou o turno do Campeonato Catarinense de forma invicta, já está na final da competição, sem contar os fato de ter equacionado as contas do clube, deixando os salários rigorosamente em dia.

Assim sendo, não tenho dúvidas de que essa vitória no Clássico é muito mais do que um "campeonato à parte", mas um impulso ainda maior para que o Leão busque o título Catarinense, partindo ainda mais motivado para a final quer contra a Chape ou Joinville, ou ainda, a conquista sem final...

Verdade seja dita, nos últimos meses, mais propriamente a partir da derrota para o Bahia na Ressacada em agosto do ano passado, o Leão tem feito "coisas", nos deixando respirar melhor. Acordamos de um pesadelo sufocante, que nos maltratou nos últimos três anos de administração à distância

Evidentemente, o Clássico não é uma partida qualquer e como tal deve ser encarado com uma atenção e dedicação pra lá de especial. De ambos os lados os espíritos se põem em alerta máximo, assim como aconteceu no turno, onde um "doladelá" desacreditado nos roubou dois preciosos pontos na Ressacada.

Para esta noite é imprescindível que os bons ares que ora respiramos não nos façam esquecer da importância deste Clássico e que possamos aproveitar esse momento muito mais favorável ao Leão, quer dentro, bem como fora de campo.

Que o técnico Claudinei Oliveira, um dos alicerces dessa fase renovada do Avaí, aproveite esse embalo mais do que motivador, fazendo que nossos jogadores encarem essa oportunidade única de consagração, onde cabe apenas uma opção de resultado, vencer ou vencer.

Acima de tudo, que essa vitória lhes sirva de motivação ainda maior dentro de suas carreiras, até em nome de seu treinador, do presidente, mas principalmente em nome de uma torcida apaixonada e vibrante, como é a nossa Nação Azurra

Dá-lhe, Leão!

6 Comentários:

Carlos avaiano disse...

Que eles entendam da necessidade dos três pontos entregues pra chape e o saldo de gols que decide segundo o regulamento, a chape não teve pena de importar 7 quando deram chance e agora folga com bom saldo.

ney.lf disse...

O Battistotti é mais uma prova que nós, ilhéus, somos capazes e não precisamos dos endeusados de fora para nós dizer o que fazer e como fazer.
O que somou Minelli, Marcos Aurélio etc para administrar nosso futebol.
Os nossos maiores vitoriosos sempre foram dá terra com títulos e administrações exemplares por serem torcedores, viverem entre nós e valorizarem seus clubes do coração.
Juceli está aí, caladinho, sem bajulações, fazendo o que os citados acima, de fora do estado, não conseguiram fazer.
Somos manés, somos provas mas, somos competentes e não precisamos de nenhum turista pra nós dizer o que fazer.
Parabéns Battistotti.!

Carlos avaiano disse...

Que não me venham com o papinho de clássico tudo se equipara e bla bla bla.
Cacete, dois clássicos que estamos beeemmmmm superiores tecnicamente e não conseguimos com denilshow, Junior dutra Romulo os três artilheiros do clube fazer um único gol naquele remendo de time e hoje mais remendado ainda?
Chapecoense X avai e Figueirense X avai, só aí foram 5 pontos pra chape de graça, aí querem que eu acredite em papai Noel com o título sendo disputado contra a chape? Esqueçam , mapearam o título do returno para o clube do homenageado com a taça, pois tem acontecido coisas esquisitas nas vitórias da chape, avsi deu dois gols lá, figueira deu baile e perdeu, hoje o goleiro do metrô parecia o do inter que recebeu convite de entrega, mas não aceitou e honrosamente denunciou.
Série A - ai vai o sofrencia FC, alegria dos grandes.

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Não aconteceu...

André Tarnowsky Filho disse...

Ney LF,

Sim, mas vamos devagar que o andor é de barro...

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Assino contigo.

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo