quarta-feira, 3 de maio de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.546

DR MAL RESOLVIDA
Como era de se esperar, a terça-feira amanheceu ainda mais azul e branca no Sul da Ilha, mais especificamente dentro da Ressacada, até porque o meia Marquinhos deu uma entrevista coletiva e aquela legião de jornalistas ou repórteres primários não consegue fazer uma pergunta fora da pauta, em geral, de fofoca...

Pela entrevista do jogador, e ouvi atentamente, vivemos num mar de rosas e até parece que estamos em vantagem contra a Chapecoense, mas não é bem assim...

O time do Oeste, aquele que se divertiu como se divertem os normais na Field's no último domingo, fez o que deveriam fazer os jogadores avaianos, mas esses certamente não se fizeram de rogado e devem ter providenciado um esquema de sambão caseiro no domingo de derrota...

Mas voltando ao discurso, ou entrevista, pra lá de repetitiva de Marquinhos, a verdade é que o Avaí não vem jogando futebol faz tempo, um returno ridículo, uma eliminação na Copa do Brasil injustificável (com Marquinhos e tudo!), e outra partida na final sem mostrar futebol...

Engana-se quem pensa que esse papo aranha de Marquinhos ontem possa mudar alguma coisa. O capitão tem sua face estampada no twitter, e mais do que isso, tem gente que fala por ele, só os cegos não querem enxergar as animosidades...

A questão é que num relacionamento à dois, costuma-se brincar com a tal "DR" que significa "discutir a relação", mas entre marmanjos, os objetivos e intenções são bem outras...

Quem perde é o Avaí!




ACORDOU TARDE
Ao menos há um aspecto positivo nesse episódio, que pode sair caro para o Avaí. Ao menos foi o que afirmou o diretor de esportes, Joceli dos Santos, num dos veículos da mídia convencional, ao afirmar que "já comeu toucinho mais peludo do que esse..."

Cada um sabe o que come, mas a pergunta que fica no ar é: onde estava o mesmo diretor de esportes durante o returno, onde as mesmas evidências eram mostradas?

Acredito no trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Avaí, acredito no que a diretoria está fazendo, mas não tenho dúvidas de que deixaram as unhas de uns e outros crescer e agora vão ter que engolir...




ATITUDES
Eu poderia encher essa Bom dia, Azurras de linhas, mas nem me sinto à vontade para seguir escrevendo. O elenco avaiano, aquele que passou a semana no luxuoso Costão do Santinho, e viu a Chape levar uma surra pela TV, acabou sucumbindo ao time do Oeste no domingo.

Essa conversa do Marquinhos não me comove, nem comove aos que pensam um pouco e conseguem fazer os neurônios trabalharem...

Não duvido da capacidade do Avaí, jamais!

Mas esse elenco está nos devendo muitas respostas, disso eu também não tenho duvidas, principalmente pela falta de atitude nos últimos jogos...




FOFOCA
Creio que o Avaí deva reconstruir o que fez até então, principalmente até o turno, ainda que se rolem algumas cabeças. Se vai ser a de Marquinhos, de Claudinei Oliveira, ou de Evando, não me interessa...

O que não cabe é o Avaí criar um clima desfavorável, mentiroso, para a segunda partida, como se fosse uma guerra. Burros fomos nós de ter aceitado a sugestão da FCF em colocar esse safado que soprou apito domingo...

Mas quando o Avaí faz sua agenda da semana em função do comentário de um colunista social é porque efetivamente as coisas não estão no rumo certo e precisam urgentemente voltar para a maior finalidade do clube.

Tá faltando futebol? Arruma fofoca...




JOGAR FUTEBOL
Creio que o comentário do meu amigo Adriano José Assis, o "mandrião" do blog Assis Azul, é bem claro: precisamos jogar futebol, apenas e tão somente!

Claro que o soprador de apito nos prejudicou! Óbvio que o clube fez uma grande movimentação em torno da partida, mas nada de extraordinário!

Porém, em momento algum naquele time que vimos domingo, podemos dizer que vimos o Avaí do acesso ou do turno, bem pelo contrário...

Se é assim, fica o singelo pedido do Assis, que é o de toda a torcida avaiana: joga um pouquinho, Avaí...




INGRESSOS PARA CHAPECOENSE X AVAÍ
Inicia nesta quarta-feira a comercialização dos ingressos para o jogo entre Chapecoense  e Avaí, a grande final do Campeonato Catarinense 2017. A partida será às 16 horas de domingo, na Arena Condá.
Conforme divulgamos AQUI, clique e confira, os ingressos vão de R$ 60,00 a R$ 120,00, sendo que para o torcedor avaiano, o que realmente interessa, é saber que o ingresso na "ala sul" custa R$ 60,00, cabendo meia entrada para as situações de praxe.
Vais encarar?




SÓ PARA INFORMAR
















NÃO ENGANA MAIS NINGUÉM
Como sou um avaiano de longa data, acabei nutrindo uma simpatia pelo Guarani de Campinas, que sagrou-se campeão Brasileiro de 1978, sob o comando do craque avaiano Zenon, que vi jogar e ser campeão Catarinense pelo nosso Leão.

Claro que não acompanho o Bugre diariamente, mas sempre "ispio" por onde anda, e sei por exemplo, que estará no Brasileiro da Série B deste ano. No entanto, ontem, fiquei deveras assustado e preocupado: contrataram o goleiro Vagner, aquele chorão que andou por aqui...

Assim como no Mirassol, onde jogou o Paulistão, não vai dar certo. Ao que parece, Bugre e Leão devem ir atrás de goleiros...






Saudações AvAiAnAs!

10 Comentários:

Daniel Salles disse...

Jogo mudado pras 20 horas???

Vai ferrar um monte de gente que ia daqui pra assistir o jogo lá! Fora que provavelmente não será mais transmitido na TV aberta, deixando de atender um grande público! Tudo isso pra fazer uma melação em rede nacional pro time coitadinho...

Vamo Avaí, me ilude e mete duas bagas lá no Oeste!

Daniel Salles disse...

Po André, só vi a mudança do horário do jogo, não da data, é jogo do Brasileiro, hahaha. Me pegasse!

Mas contínuo iludido torcendo pro Avaí meter duas bagas lá! Vamo vamo Avaê!!!

Roberto disse...

Uma palavra sobressaiu, entre todas, no BDA de hoje, 03/05/17. Ela define uma coisa que, quando presente, o torcedor identifica de imediato num jogo de futebol, ATITUDE.

Com efeito, o time, como um todo, não mostrou atitude.

Em alguns, foi fácil identificar a entrega, o espírito de luta, o sangue, a pegada, mas era crucial que todos batalhassem assim.

Prefiro não acreditar, mas cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça. Estaríamos sendo, uma vez mais, numa decisão importante, prejudicados por mercenários insatisfeitos?

Será importante que esse grupo entre em campo, em Chapecó, pronto para uma batalha, limpa, dentro das regras do esporte, mas com a alma nas chuteiras. Caso contrário, será temerário que nos representem no Campeonato da série A. Em caso positivo, será necessário identificar os insatisfeitos e mandá-los passear.

E que Claudinei não esqueça que títulos são conquistados com homens, e não com garotos que ainda não deram boa resposta em campo. O garoto Santarém não pode entrar com a missão de resolver, quando se tem no banco Vinicius Pacheco. Ah, não apareceu contra o Inter lageano, mas quem apareceu naquele jogo que nada valia? - RC

Sergio Nativo disse...

Dois pontos objetivado por RC é comentado entre os torcedores do Avai. Mas por favor, falei torcedor do Avai e não cheiradores de cuecas."Estaríamos sendo, uma vez mais, prejudicados por mercenários insatisfeitos?
O garoto Santarém não pode entrar com a missão de resolver, quando se tem no banco Vinicius Pacheco",

André Tarnowsky Filho disse...

Daniel Salles,

Na Série A...
A final segue inalterada!

André Tarnowsky Filho disse...

Daniel Salles,

Faz parte!
Seguimos na torcida, indubitavelmente...

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

Sem atitude, vamos apenas fazer figuração na final e na Série A...

André Tarnowsky Filho disse...

Serjão,

Parece que já vimos esse filme...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo