segunda-feira, 29 de maio de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.572

HORA DE VENCER
Depois de uma estreia frustrante, ainda que prejudicado pela arbitragem, 0 a 0 com o Vitória na Ressacada, uma partida ruim contra o São Paulo no Morumbi, 2 a 0, eis que o Avaí encontra esta noite um velho conhecido, e mais que isso, aquela equipe que lhe roubou o título do Campeonato Catarinense, a Associação Chapecoense de Futebol.

O confronto desta noite outra vez nos mostrará a Chapecoense num momento mais favorável. Empatou com o Corinthians em São Paulo, 1 a 1, e venceu os reservas do Palmeiras, 1 a 0 em Chapecó. Mesmo assim, isso não significa que a partida está decidida, como mostrou a final do Catarinense, neste mesmo palco onde será a partida de hoje.

No entanto, para que o Avaí volte a ter alguma coisa daquele futebol, é preciso que o técnico Claudinei Oliveira seja um pouco mais hábil com seus comandados, e mais que isso, perceba que suas insistências não tem surgido o resultado que a torcida avaiana espera.

Aliás, depois da última sexta-feira, ao que parece, o Sul da Ilha deixou vazar muito pouca coisa, exceto a lista dos relacionados para a partida de hoje. Sem escalação do time, sem entrevista, com o treino de sábado sendo fechado para a imprensa e ontem treinando numa quadra coberta, o Avaí de hoje é um mistério total.

De qualquer forma, imprescindível que não abram mão da vitória, e mais que isso que a tragam para a Ressacada, que subam na tabela: é hora de vencer!




HORA DE SUPERAÇÃO
Todos sabem que o maior objetivo do Avaí este ano é a permanência na elite do futebol brasileiro, mas até para isso se tornar realidade é preciso tomar atitudes diante de algumas situações. 

Já na segunda rodada o Leão se colocou nas últimas posições, e um outro revés hoje, pode ser extremamente complicado para o time de Claudinei Oliveira, ficando longe de alcançar seus objetivos.

Não cabe aqui, ao menos nesse momento, discussões de que o time segue sem reforços, de que temos limitações e tantos outros problemas. O momento é de superação, de efetivamente mostrar que poderíamos ter conquistado o título Catarinense, de confirmar a vantagem nas quatro partidas deste ano.

Vai pra cima deles, Leão!



LEÃO MISTERIOSO
O técnico Claudinei Oliveira, que fechou o treino de sábado e só não repetiu ontem por causa da chuva, tendo que treinar na quadra coberta do Fair Play, fez apenas uma movimentação com o elenco antes da viagem para Chapecó, sem divulgar a escalação.

Conforme a lista de relacionados, tomamos conhecimento que o recém contratado Wellington Simião não viajou por sentir um desconforto muscular. Por outro lado, o treinador avaiano contará com o retorno de Júnior Dutra, sem sombra de dúvidas, atualmente o nosso melhor atacante.

Como utilizou Diego Tavares na partida contra o São Paulo, além de Denilson e Rômulo, quero ver quem ele sacará da equipe para escalar JD...

Capricha, Claudinei!




OS RELACIONADOS PARA ENFRENTAR A CHAPE
De uma maneira geral, a relação de Claudinei Oliveira não surpreendeu, com o treinador avaiano tendo escolhido 20 jogadores para a partida em Chapecó.



Os jogadores relacionados são:

Goleiros (2): Douglas e Kozlinski;
Zagueiros (4): Airton, AlemãoBetão e Gustavo;
Laterais (4): Capa, Diego Tavares, João Paulo e Leandro Silva;
Volantes (3): Judson, Luan Lucas Otávio;
Meias (2): Marquinhos e Vinicius Pacheco;
Atacantes (5): Denilson, Júnior DutraIuryLourenço e Rômulo.

De uma maneira geral, não gostei da escolha do treinador, mas mesmo assim estarei ligado na telinha torcendo pelo Avaí.

Urra, Leão!




SEM ENTENDER OS CRITÉRIOS
Sempre enalteci o trabalho do treinador avaiano, e imagino que ele saiba com que está trabalhando, mas confesso que estou sem entender algumas de suas escolhas, não só para escalar o time em campo, mas até mesmo para montar a lista dos relacionados para a partida.

É notório que até o presente momento o Avaí não trouxe nenhum reforço para o time, não aquele tipo que se pode dizer que é titular. Se é dessa forma, creio que se deveria jogar com o que temos de melhor, levar para Chapecó jogadores que podem decidir a partida para o Leão.

Dessa forma, sigo achando muito estranho, bem estranho, duas ausências: o volante Caio César, preterido por Lucas Otávio, e o meia Diego Jardel, que também não viajou, ao que tudo indica, por lesão no treino. Claudinei já fez essa lambança na partida contra o São Paulo, mas naquela oportunidade sacou Vinicius Pacheco. Da mesma forma, se Lucas Lovat foi reintegrado ao elenco avaiano, qual a razão para ficar fora da equipe? Caio César e Lucas Lovat são patrimônio do clube...

DJ pode não estar atravessando uma boa fase, mas deixá-lo na Ilha e levar João Paulo, Lucas Otávio, e outros, é apenas gastar passagem...




O PREÇO DOS INGRESSOS PARA HOJE
O público de hoje na Arena Condá não deve ser dos maiores, contra o Palmeiras, num sábado à noite, foram pouco mais de 10 mil torcedores, e contra o venezuelano Zulia, pela Copa Libertadores, não chegou a 4.500 torcedores.

Se o estádio vai encher ou não, é outro papo. Os valores para o jogo de hoje variam de R$ 40,00, na geral, R$ 60,00 nas sociais e R$ 100,00, nas cadeiras. Para o torcedor avaiano, que nos diz respeito diretamente, custará R$ 40,00, com R$ 20,00 a meia-entrada, com entrada pelo portão 01, na ala Sul.




RODADA GENEROSA
Creio que o Avaí não pode reclamar da terceira rodada, ou dos nove jogos realizados até aqui. O Leão estava na 17ª posição, e em função da vitória do Coritiba1 a 0 no Vitória, em plena Fonte Nova, o time de Claudinei deixou a zona de rebaixamento em função do saldo de gols.

No entanto, o domingo poderia ter sido mais cruel, com três equipes ultrapassando o Leão, Sport, Atlético-PR e Atlético-GO, deixando-o na lanterna, mas isso não aconteceu. A única equipe a vencer foi o Sport, 4 a 3 no Grêmio.

Atlético-PR ficou no 1 a 1 com o Flamengo, e o Atlético-GO perdei em casa para o Corinthians, 1 a 0. Dessa forma, o Leão manteve a 17ª posição, deixando para trás Vitória, Atlético-PR e Atlético-GO, ao menos momentaneamente.




DEPENDENDO APENAS DE SUAS FORÇAS
As colocações na nota anterior de pouco adiantam, afinal de contas, após o jogo de hoje à noite em Chapecó é que teremos uma noção exata de como efetivamente estamos, mas serve para afirmarmos uma coisa: o Avaí depende apenas de seus próprios esforços.

Se repetir o placar da última partida da final, 1 a 0 em Chapecó, o Avaí chegará aos 4 pontos ganhos na 12ª colocação, ultrapassando o Sport no saldo de gols, assim como empatará com a Ponte Preta e a própria Chapecoense.

Empatando, não haverá progresso, empata com o Atlético-MG em pontos, 2, mas seguirá na zona de rebaixamento em função do saldo de gols. Uma derrota é o único resultado que fará o Leão perder posição...




OLHO CLÍNICO
"Algum olho clínico também é muito importante, em 2009 ninguém conhecia Léo Gago, Ferdinando, o zagueiro Augusto, três ilustres desconhecidos e deram consistência ao nosso setor defensivo.

Não podemos é cometer o erro de entrar na competição sem um goleiro realmente confiável, competente, se quisermos jogar a série A de 2018. Vagner falhava o tempo todo e ninguém se tocou, jogou o campeonato inteiro e nos jogou na série B.


Aqui mesmo no Estado temos visto bons jogadores."


O comentário acima é do meu amigo Roberto Costa, dias atrás, com o qual concordo plenamente.




FALTA AÇÃO
Quando Roberto Costa cita Léo Gago, nos faz reportar ao ano de 2009, que poderia se encaixado nos dias de hoje. O técnico era Silas, que teimava em escalar o volante Wendel, o diretor de futebol era Moisés Cândido, época em que havia uma parceria com a LA Sports e tínhamos dirigentes mais presentes no Sul da Ilha.

Com Léo Gago à disposição, e rendendo mais que Wendel, Moisés, Luiz Alberto da LA, e Eduardo Gomes, numa noite foram até o laboratório do então presidente João Nilson Zunino, que autorizou que eles fossem ao hotel onde o técnico avaiano morava para falar sobre o assunto.

Em pouco tempo, Léo Gago virou titular do time para não mais sair.

Fica a pergunta: o que fazem Evando, auxiliar técnico, e Joceli dos Santos, diretor de esportes, que não conversam com Claudinei Oliveira sobre esse "marasmo" do time e com escalações repetidas e sem resultados?






Saudações AvAiAnAs!

8 Comentários:

Roberto disse...

ANDRÉ, o baixinho Lucas Otávio, num jogo em que participou, até mostrou alguma condição técnica, bom passe, boa visão de jogo, mas como cabeça de área não tem futuro, é posição que requer estatura, força muscular também. - RC

Sebastião dos Reis Salvador disse...

Espero que hj o Claudinei mude o esquema de jogo. A mesmice vai nos levar ao rebaixamento.

Rosalbo Ferreira Júnior disse...

Os meias que viajaram foram Marquinhos e Vinícius Pacheco.... isso só me leva a uma triste conclusão: Lourenço será titular ou entrará no segundo tempo.

Pq isso!!!??? Promessa??!!

Carlos avaiano disse...

André fazem algumas temporadas que estamos sendo roubados e não é por adversários, arbitros, gente de fora.
Estamos sendo roubados por gente da casa, de dentro dos tijolos hoje azuis.
Estão roubando nossos sonhos de ter um clube vitórioso como no passado.
Pessoas que não entendem da função ou que ainda não estão prontas para tal função.
Atlétas que jogam por saldo bancário mesmo falhando e nos tirando vitórias e títulos.
Esse ano teve a primeira liga, se tinham alguma meta, falharam.
Veio a copa do brasil, também falharam
Veio o Catarinense, falharam.
Em resumo, três roubos neste início de ano, sobrou a meta da série, já estou arrepiado.
Estamos sendo roubados sim e sempre perdendo pra nós mesmos.
Olha as escalações contraditórias que tanto se comenta aqui.

André Tarnowsky Filho disse...

RC,

Concordo contigo, mas depois que entregou a rapadura em Chapecó, nunca mais achou o Norte...

André Tarnowsky Filho disse...

Sebastião dos Reis Salvador,

Pela escalação que acabei de ler, não vai mudar...

André Tarnowsky Filho disse...

Rosalbo,

Acho que estão forçando amizade...
Concordo contigo!

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Teus ladrões de sonhos virou postagem...
Estás certíssimo!

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo