segunda-feira, 19 de junho de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.593

COMPLICOU GERAL
Ainda que tenha escrito na Bom dia, Azurras de ontem que a situação do Avaí piorou, diria que com os jogos do domingo as coisas ficaram ainda piores. É inquestionável que houve um progresso em relação ao jogo de Goiânia, no que concerne ao desempenho da equipe de Claudinei Oliveira, mas a combinação de resultados fez com que a matemática fosse mais cruel com o Leão.

Sim, com apenas 5 pontos ganhos, 3 a menos que o primeiro dentro da zona de rebaixamento e também do primeiro fora da degola, o Leão começa a jogar com algumas combinações e agora só duas rodadas perfeitas para lhe tirar de situação tão incômoda.

Ou seja, além de ter que vencer a boa, rápida e jovem equipe do Fluminense na quarta-feira, atual nono colocado dentro da competição, o Avaí precisa começar a buscar pontos fora da Ressacada, o que não aconteceu em cinco rodadas disputadas em redutos adversários.

A receita é "simples": vencer o time de Abel Braga na quarta, e depois vencer o entrosado Botafogo do técnico Jair Ventura, atual sétimo colocado, em pleno Engenhão, na próxima segunda-feira...

Capricha, Leão!




O MEDO DA LANTERNA
Foi só cair para a última colocação, a famigerada "lanterna" do Campeonato Brasileiro da Série "A", que o pânico e o desânimo parece tomar conta do torcedor avaiano. Digo apenas o seguinte: muita calma nessa hora!

Caberia uma pergunta para ser respondida de forma imediata: nas oito rodadas realizadas até aqui no Brasileirão, quantas equipes seguraram a lanterna da competição? Não sabem?

Respondo: cinco, Vasco da Gama (1), Atlético-GO (3), Vitória (1), Atlético-PR (2) e agora o Avaí (1).

Portanto, repito, muita calma nessa hora...




SITUAÇÃO ATUAL DOS LANTERNAS
O Vasco da Gama foi a primeira equipe a segurar a lanterna, justamente na primeira rodada, quando o Leão terminou na 12ª colocação. Hoje, nosso último adversário está momentaneamente na 6ª posição.

O Atlético-GO foi o segundo, segurando a lanterna por 3 rodadas consecutivas, hoje estando na 19ª colocação. Nessas 3 rodadas, segunda, terceira e quarta, o Avaí esteve nas 17ª, 18ª e 14ª posição.

O Vitória assumiu a lanterna na quinta rodada, enquanto o Leão estava na 17ª posição, atual colocação do time baiano.

O Atlético-PR segurou a lanterna na sexta e na sétima rodadas, enquanto o Avaí esteve ma 17ª e 19ª colocações. Hoje o Furacão está na 18ª posição.

Vamos sair da lanterna e da zona de rebaixamento!




SITUAÇÃO COMPLICADA E DESIGUAL
Não estou querendo tapar o sol com a peneira, mas, convenhamos, até porque, das oito rodadas, em duas o Leão esteve fora da zona de rebaixamento, o que não é grande coisa, mas poderia ser diferente se não tivéssemos tanta interferência de arbitragem, e principalmente se a tabela não fosse tão "madrasta"...

Se alguém não concorda, basta verificar que o Leão estreou em casa e depois foi visitar São Paulo e Chapecoense em duas saídas seguidas. Voltou pra casa para enfrentar o Sport, saiu contra o Galo, voltou para pegar o Flamengo, e novamente saiu para um "tour" em Goiânia e Rio de Janeiro, contra Atlético-GO e Vasco da Gama, respectivamente.

Muda no returno? Certo. Mas até lá a situação pode estar complicadíssima...




TURNO DURÍSSIMO
Faltam 11 rodadas para o término do turno, e a sequência, como não poderia deixar de ser, é duríssima, e por isso mesmo estamos no Brasileirão, na Série A. Nas próximas 6 rodadas, o Avaí faz 3 partidas na Ressacada e 3 fora dela, de forma alternada, a saber: Fluminense (C), Botafogo (F), Ponte Preta (C), Grêmio (F), Coritiba (C) e Bahia (F).

Depois teremos dois jogos "fáceis" em casa: Corinthians e Cruzeiro. Porém, na sequência, mais dois jogos fora, Palmeiras e Atlético-PR e fecha o turno na Ressacada, contra o Santos.

É...




HORA DE INTERPRETAR O HINO
Se ontem escrevi uma nota intitulada "HORA DE ARREGAÇAR AS MANGAS E TRABALHAR", hoje entendo que além disso precisamos interpretar o hino do clube, "o time da raça", aquela mesma que ficou no hotel em Goiânia...

Escrevi ontem  e repito: nossa Série A começa na quarta-feira, e para isso é preciso fazer com que se jogue com o que temos de melhor, independente se chegou ontem ou anteontem, tem que jogar!

Disse também e repito: há que se conversar com Claudinei Oliveira, mostrar seus equívocos, assim como definir a situação do atacante Júnior Dutra.

Como está em nosso hino:

"...Mas a hora é presente
e o time vem quente
De encontro marcado
com seus dias de glória
Pois a ordem é vitória
Vencer, vencer..."

Acorda, Avaí!






Saudações AvAiAnAs!

22 Comentários:

Sergio Nativo disse...

Amigo, não amenizar. Após a última rodada o Avaí está com a pontuação de time que vai cair. Isso sem contar que pegou todos os grandes em crise e não ganhou ninguém. Ou seja, quando precisar pontuar no returno contra eles, estarão bem montados e fortes. Insistir com M10, judson e Luan juntos é pacabá. Aliás Marquinhos ja podia ter feito os três gols que lhe interesse e se consagrado. Mas perdeu bisonhamente contra a Chapecoense, São Paulo e Atlético. Gols que um bom jogador de time intermediário jamais pode perder. Juan deu uma aula de como se joga bola aos quase 40 anos, Neném idem e o M10? Ta feio a coisa para nosso lado e ainda contamos com um técnico teimoso e inexperiente. O próprio Abel pegou o Flu em frangalho, mas experiente que é pegou jogadores que tinha e está ajeitando o time.
Desses times tradicionais que o Avaí enfrentou, o mais perigoso será o Flu de Abel. Grande teste para saber se conseguimos em 11 jogos fazer 9 pontos. Caso contrário, considere o time já na Segundona.
Mas não é por que o time está mal que devemos abandona-lo, não indo os jogos ou deixando de ser sócio. Quem faz isso não é torcedor, no mínimo não tem amor pelo que ama.

Fernando TS disse...

No dia em que o Avaí enfrentou o Atlético-GO eu estava indo viajar e assisti apenas ao primeiro tempo e parte do segundo tempo. Quando saí de casa o Avaí estava sendo derrotado por 2 x 1 e fazendo uma atuação pífia. Horas depois soube que o Leão perdeu por 3 x 1. Retornei da pequena viagem no sábado e embarquei às 19h30min. Estava ciente que o Avaí enfrentaria o Vasco no mesmo horário. Por conta de ter tomado umas e outras acabei dormindo durante a viagem e, quando acordei, fui ver quanto tinha sido o jogo da nossa paixão pra toda vida. Resultado, derrota para o Vasco da Gama.
Esse pequeno roteiro serve para ilustrar a situação atual do nosso clube, essa desconfortável rotina de derrotas. Perde na quarta, perde no domingo. Concordo com o blogueiro quando se refere a esse desespero desnecessário por estar na “lanterna” do campeonato, contudo, os jogadores citados na BDA (Joel, Jr Dutra e Maicon) precisam entrar no nosso time urgentemente. Não sei se eles vão resolver, mas todos eles têm indiscutível qualidade técnica quando comparados aos que estão jogando (pelo menos no papel).
Sobre os times que seguraram a lanterna (Vitória, Vasco, Atlético-PR e Atlético-GO), todos eles passaram por troca no comando técnico recentemente por conta do péssimo desempenho (e subiram o rendimento). Ou seja, não podemos dormir no ponto.
Quanto ao Claudinei, a moral dele com os torcedores é indiscutível, eu também sou um admirador do trabalho do treinador, mas temos que ficar com os olhos abertos. As indicações de atletas que ele fez até agora não vêm agradando a torcida. Em 2015, ainda que pese a triste rotina de salários atrasados da época, insistimos com Gílson Kleina até o rebaixamento.
Encerro parafraseando o blogueiro “Abre o olho, Claudinei!”.

Um forte abraço à Nação Avaiana!

Fernando TS.

LUGO disse...

Se perguntar não ofende, nos últimos 10 jogos:
Quantos gols fizemos em cobra falta?
Quantos gols fizemos nas cobranças de escanteio?
Quantos gols fizemos pela assistência do IDALO?

Jogador precisa de continuidade, assim como uma equipe, nisso Claudinei está correto.
Alguns jogadores já demonstraram, pela continuidade, que não tem ou ainda não tem, condições de bancar o desafio, outros já demonstraram que não as têm mais, nisso o Avai etá errado.
A presença de mais de um jogador que preocupe aos adversários deve melhorar o desempenho de quem se vê como o foco das preocupações, daqueles.
Essa qualificação exigirá que os demais acompanhe a evolução, no entanto, a qualificação vem com uma elevada dose de comprometimento do vigor físico, será que teremos força para superar aos adversários?
Alguém sobrará e não podemos nos dar ao luxo de termos biscuits em campo.

ney.lf disse...

Com Marquinhos ou sem Marquinhos cairemos.
O time é fraco, o plantel é fraco, o treinador e i o Presidente são teimosos e morrerão abraçados.
Contratações de aposentados e apostas gastando o que não tem com jogadores que não darão resultado.
O Presidente tem que decidir se quer diminuir muito a dívida do clube e cair para a série B ou diminuir somente um pouquinho ou não diminuir nada, somente não aumentando a dívida e continuar na série A.
Uma coisa é certa, com estes jogadores pode começar a planejar 2018 na série B.
Isto não é pessimismo, é realismo mas, torço muito para estar errado e que consigamos diminuir as dívidas e permanecer na série A.

ANDRÉ LUIZ disse...

Uma coisa é certa, com a entrada do Maicon no meio campo, alguém vai ter que sair, ou Juan ou M10, precisamos de mobilidade no meio campo.

Rosalbo Ferreira Júnior disse...

Gosto do teu otimismo... mas acho que é aquela esperança que todo torcedor tem... nada mais, pelo menos com esse esquema e jogadores.

Depender do Lourenço para armar jogadas... piada pronta.

Time do Avai com judson (que eu acho que tá jogando bem), lourenço, lucas otávio e rômulo... é a menor estatura da série A, B e C juntas... vai ganhar de quem? Do infantil do clube 12?

Quanto ao jogo, acredito que, pelo teu otimismo, visse outra coisa. Substituições bisonhas ... nosso técnico está perdido ou melhor, está se segurando e apostando tudo na estréia do maico, como se fosse a salvação da lavoura..... quero só ver onde vai colocar para jogar. Vai tirar o marquinhos? ou vai fazer um ataque Romulo e M10, com o maico no meio.

Capaz ainda de tirar o Juan pra colocar o maico....ou deixá-lo na lateral.... que nossa senhora da ressacada nos proteja.

Juliano - João Paulo disse...

Faz tempo que não participo, mas assino embaixo com o comentário do Lugo - só vou acrescentar para esse ano, não 10 jogos - quantas assistências, gols de falta ou escanteio nasceram dos pés do nosso camisa 10?? Com dois volantes que não sabem jogar, apenas marcar, não precisa ser gênio para ver o resultado... É não vejo o clube se mexendo para trazer um camisa 10 que jogue de fato, não no nome...Juan compõe bem o meio, mas não é esse cara!!!

ANDRÉ LUIZ disse...

Com o elenco que temos hoje eu jogaria com, Mauricio, Capa, Betão, Alemão, Leandro Silva, Judson, Simião, Juan, Maicon (se tiver bem), Joel e JD e dependendo do jogo tiraria o Simião e colocaria o Rômulo, teriamos um time com mais mobilidade no meio campo e rápido no ataque.

Adenilson disse...

Lugo, fizemos 2 gols originados de escanteios no estadual, um contra o Tubarão e outro contra o Barroso. Os 2 escanteios cobrados pelo Diego Jardel.

Pablo Antony disse...

A verdade é que este nosso time de hoje é inferior ao que subiu no ano passado. À começar pelo goleiro que fazia total diferença. Também durante alguns jogos no ano passado tivemos boas atuações de Renato e Lucas Coelho, que não estão mais no time. E ainda no ano passado o Marquinhos ainda foi decisivo em alguns jogos, Capa estava bem, enfim!
Não consigo compreender o Diego não ficar nem no banco deste time. Não que ache que ele seja um craque, não é isso. Mas, não contar com ele e contar com Willian Santana é duro de engolir.
Ainda há tempo de escapar desta zona maldita, mas precisamos agir rápido. Maycon tem que jogar logo. Joel também (para vermos se presta). E Junior Dutra se não der mais, manda embora e contrata outro. Será mesmo que está machucado??? Sei lá!!!

Luiz Augusto da Costa disse...

Não resta dúvida que a situação do Avaí já deixou de ser desconfortável e, passou a ser, quase, desesperadora.
Jogamos bem contra o Vasco e, era hora de vencer mas, como tem sido sempre, perdemos mais um jogo.
O fato de o time ter jogado bem, deveria ter explicitado uma série de virtudes de nossos atletas e, do conjunto,
porém, esse jogar bem e perder o jogo, mostrou, com muita clareza, as fragilidades do time que, nessa balada, estará rebaixado ao final do primeiro turno.
Nossa defesa, mesmo sendo reserva, foi bem, salvo o erro, claro e coletivo, na jogada do gol do adversário.
Nosso meio de campo não cria nada, ou quase nada, prejudicando o ataque, que, diga-se, além de não ter o apoio do meio, tem, como função principal marcar os laterais adversários.
Quer dizer, nosso centroavante tem que estar, sempre, longe do gol.
Ontem eu vi o Vitória jogando contra o Sport e, construir uma vitória por três a um e, o interessante, é que eu vi o centroavante do Vitória voltar, apenas até o meio campo, sem acompanhar qualquer lateral, ou seja, estava pronto pra iniciar um novo ataque.
Fica fácil deduzir que, com um time ruim, mal escalado, com um sistema de jogo que tem por prioridade não perder, ou não ganhar, não existe a menor possibilidade de um futuro que nos faça cantar, cheios de razão, o nosso hino.
Estamos caminhando, a passos largos, para a Série B e, isso exige providências.
Não é demais lembrar que na quarta-feira teremos pela frente o Fluminense e, mesmo que seja na Ressacada, não é nada fácil e, no domingo o Botafogo lá no Rio.
A diretoria, de fato, fez alguma coisa, tentando melhorar o time, mas não foi eficiente.
Acho que o Maicon e o Joel podem contribuir, mas, certamente, não irão resolver.
Precisamos de muito mais.
Tudo que se tem feito, dentro e fora de campo, até o momento, não trouxe qualquer resultado satisfatório, porque fazemos, sempre, a mesma coisa, mas queremos resultados diferentes.
Acho que alguém terá que sentar com o Claudinei e, explicar pra ele que o que ele vem fazendo não está bom e, é preciso mudar.
Bom lembrar que não adianta, apenas, trocar o centroavante, porque quem entrar também terá que marcar o lateral adversário.
Já perguntei há alguns dias e vou perguntar de novo: Quem manda no Avaí?

André Tarnowsky Filho disse...

Serjão,

Não ousaria discordar de ti...
Estás coberto de razão!

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Essa "rotina" muito desagradável, diga-se de passagem, precisa mudar...

André Tarnowsky Filho disse...

Lugo,

Muito bem lembrado.
Estamos perdendo chances de chegar próximo ao gol adversário em função dessas situações...

André Tarnowsky Filho disse...

Ney LF,

Não tiro tua razão, mas creio que amanhã virá a virada...

André Tarnowsky Filho disse...

Xará Luiz,

Se for para jogar no meio, sim...

André Tarnowsky Filho disse...

Rosalbo,

Posagora...
Devemos ter visto jogos diferentes...

André Tarnowsky Filho disse...

Juliano do João Paulo,

Esse camisa 10 já era pra ter vindo ano passado, e a diretoria sabe disso..

André Tarnowsky Filho disse...

Xará Luiz,

Bom time, boa opção...

André Tarnowsky Filho disse...

Adenilson,

Muito bem lembrado!

André Tarnowsky Filho disse...

Pablo Antony,

Também acho que esse time é mais fraco que o do ano passado...

André Tarnowsky Filho disse...

Byghal,

Nem vou comentar...
Vai virar postagem.

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo