quinta-feira, 22 de junho de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.596

CAINDO NA REALIDADE
Não vou me alongar na análise da partida, até porque ela não existiu para o Avaí. O time de Claudinei Oliveira vinha fazendo uma boa partida, não era superior ao bom Fluminense, mas fazia frente e se mostrava em condições de competir.

Porém, num lance bisonho do goleiro Kozlinski, perto dos 30 minutos, que tentou driblar o atacante carioca, mas perdeu a bola e jogou as pretensões do Leão pelo ralo, o Fluminense abriu o placar, 1 a 0.

Para piorar a situação, três minutos depois, em cobrança de escanteio, Kozlinski ficou plantado na linha do gol e a bola alçada para a pequena área tocou em Maicon, fazendo que o Fluminense aumentasse o placar: 2 a 0, placar da primeira etapa.

Para o segundo tempo, o panorama no mudou e o time carioca apenas administrou a partida, ampliando o placar aos 14 minutos, num chute de longe, onde a bola desviou em Maicon e encobriu o fraco Kozlinski: Fluminense 3 a 0.

Não havia mais nada a fazer, com o Leão caindo na realidade: time sem elenco qualificado não pode disputar a Série A com seriedade.




KOZLINSKI
Ao que parece, eu realmente não entendo de futebol. Afinal de contas, se Joceli dos Santos e Claudinei Oliveira foram goleiros quando jogavam futebol, devem ter suas razões para manter Kozlinski como titular do time, coisas que eu não vejo.

Só para lembrar, Kozlinski foi reserva na Série B do ano passado, sem qualquer participação acesso, exceto sentar no banco. Sua participação no Catarinense foi de altos e baixos, e só os tansos se iludiram com o fato de ter sido escolhido o melhor jogador da competição.

Um bom time começa por um bom goleiro. E nós não temos!




MAICON
Não quero parecer pessimista demais, mas creio que o estreante Maicon em muito pouco poderá acrescentar ao time do Avaí, ao meno pelo que vi em termos de marcação. No apoio, completou um belo lançamento de Marquinhos, mostrando que tem qualidade, mas...




JOEL
Assim que começou a partida, ficou visível a vontade de jogar ao atacante Joel. Logo que o Avaí levou o primeiro gol, em passe de Marquinhos, o atacante obrigou o goleiro do Fluminense a fazer uma grande defesa, com a bola ainda batendo na trave. No meu entender, foi o destaque do time.




MARQUINHOS
Já fui muito crítico do meia Marquinhos em outras situações, mas ontem creio que o técnico avaiano se equivocou ao substituí-lo. M10 vinha fazendo uma boa partida, com bons passes, e sua saída apenas deixou a equipe mais limitada.




CLAUDINEI
Se antes dessa partida de ontem disse que o Avaí precisaria de duas rodadas perfeitas, creio que agora serão necessárias ao menos quatro delas. Não sei o que está se passando na cabeça de Claudinei Oliveira, mas não vejo convicção em suas escolhas, quer na escalação, quer nas substituições.

Já temos 25% da competição , e mais quatro partidas equivalem ao total de mais de 36%. É imprescindível que alguém avise ao treinador avaiano que o campeonato já começou...





Saudações AvAiAnAs!

30 Comentários:

Alexandre Carlos Aguiar disse...

A situação de Claudinei é simples. Tínhamos um goleiro na Série B e agora temos um poste debaixo das traves. O técnico mudou suas convicções? Não.
Não disse que era simples?

Leonardo Eickhoff disse...

Bom dia Andre,

Desde o returno do catarinense, praticamente todos os avaianos vem falando que com esse goleiro vamos cair. Tem que acontecer uma tragédia para mudar? será que vão mudar mesmo? Outra, Luan e Judson não podem jogar juntos.

Meu amigo, com esse time não sei como ainda consegues manter o blog.

abraço
Leo

Nelson Andrade Filho disse...

A teimosia em manter este técnico já está irritando.
Está totalmente perdido.
Só faz modificações no time quando já está perdendo, não tem iniciativa para atacar desde o início.
Faz uma homenagem a ele pelos serviços prestados e manda embora.
Quanto aos jogadores, nem vou comentar. Levaria a manhã toda escrevendo.

jp junior disse...

Mo quirido, bom dia. Ontem tive o prazer de conhecê-lo ló pessoalmente ao entrarmos no elevador e depois ao cumprimentá-lo no corredor dos camarotes. Isso que aconteceu ontem foi a típica tragédia anunciada, o glorioso kokolinski, que pega bolas difíceis mas aí faz lambanças nas fáceis, demonstrou aos mais teimosos, e aí incluo nosso treinador, que precisamos urgente de um bom goleiro.em todos os times, goleiro falha, troca, foi assim no Corinthians, flamengo, palmeiras, no próprio fluminense, e até no povo do Areeiro da série B, só que nesse último caso de forma várzea a, que culminou com a dívida com o taxista. Podíamos pagar essa dívida com esse profissional pra ver se ele leva, o nosso goleiro tbem pro aeroporto, e quem sabe leve o técnico junto. Um abraço

Carlos avaiano disse...

Tenho medo desse cartola, lembram das fraudes na loteria esportiva?
Brincando alguém comentou que Maurício apostou no atacante do flu.
Estamos no Brasil.............

Guilherme P. Flemming disse...

3 frangos, mas a presepada do primeiro deveria ser passível de punições, inclusive financeiras. o goleiro Douglas deve estar treinando muito mal para ser preterido pelo Mauricio frangueiro

MARCOS ANTONIO Santos disse...

O treinador do AVAI está perdido.

Com um elenco limitado, desde o ano passado, optou por priorizar a defesa e esquecer o meio e o ataque. Levou ao acesso com um goleiro que fazia milagres debaixo do gol e vencendo jogos com um bola, só.

No estadual, mesmo contra elencos bem piores, não mudou a forma, nem evoluiu taticamente. O mesmo trabalho na sombra, só de se defender e ganhar por uma bola. Mesmo no fraco estadual, eram os adversários que tomavam conta do jogo. Ou não eram?

Pra série A, como todo time sem maiores condições financeiras, a estratégia permaneceu. Joga fechado e sai no contra ataque para matar o jogo.

Ok...mas então, CONTINUA PERDIDO. Pois, para jogar atrás, a marcação tinha que ser mais agressiva, e nao ficar olhando o adversário. Tinha que colocar meias mais velozes e não faz...tinha que priorizar atacantes velozes e com foco em finalização...e não faz...

O treinador do AVAI teve 51 partidas para ter variações táticas e algum entrosamento DECENTE, mesmo num grupo limitado...não fez.

A maioria dos jogos ate agora foi contra adversários que vão disputar a degola...e não saimos do atoleiro)
Exemplo: contra o Atletico-Go, o adversário não jogou nada, pois perdemos para o NADA por 3x1...

O treinador do AVAI está perdido...e com ele, a campanha deste ano na série A.

Roberto Wendhausen disse...

Muito simples: técnico cabeça dura, elenco - no geral - discutível e diretoria comendo vento.
Pode ser revertida a situação? Pode! São 30 jogos de vida ou morte, mas...

ManoelNilson disse...

A pior tragédia não é o goleiro, mas sim, Luan e Hudson jogando juntos e, ainda, um técnico limitado e extremamente teimoso.

Tiago Soares disse...

Até então eu era favorável ao Claudinei no time, pois ano passado conseguiu tirar leite de pedra, mas agora já mostrou que não tem capacidade este ano para reverter esse quadro que nos encontramos, se outro treinador vai fazer melhor com esse time acho difícil, mas que precisamos de algo novo precisamos.
Sobre o Maicon já havia comentado na sua contratação que não esperava muito, fora de forma monstrou ontem que não vai acrescentar. Sobre nosso goleiro de sobrenome difícil, já comento a muito tempo tb, que no máximo é um reserva de luxo para uma série B e mais nada... Tá muito difícil nossa situação.

Rosalbo Ferreira Júnior disse...

Olha.... foi dificil ontem... pensei que o Claudinei ia colocar o Lourenço.... rapaz... acho que ele se segurou pra não fazer isso.... deve ter sofrido.

Mas vamos lá.

Goleiro: triste ver que o Douglas sequer foi testado. Por teimosia, não vai jogar a próxima. Mandem buscar outro goleiro já que a coisa tá nesse nível. Pra voltar a ter confiança do time e torcida, só se pegar até pensamento nas próximas 10 rodadas.

Maicon: Contratado pra jogar na lateral??? Piada isso!!!! Vai jogar com quem? Pra quem? O Maicon tem que jogar no lugar do M10 ou no lugar do Juan e o Juan no lugar do M10.

Outra coisa, o Claudinei tirou o Judson pra colocar o Pedro Castro.... porra... o cara é reserva do M10 e não do Judson. O tal Pedro é meia, não volante. Depois teve que tirar o M10 pra recompor marcação para recuperar um meio que já não tinha.

M10 parace intocável porra.... ele não tem mais vez. M10 é reserva de luxo nesse time e pronto!!!

Joel: Mostrou que tem vontade. Só nisso já merece uma vaga de titular... e no lugar do Romulo.

Romulo deve ser um leão nos treinos... só pode.

M10: não comento mais... banco!!! No mínimo.

Vou tentar escalar um time pra ajudar o Claudinei:

Goleiro (deixar aberto já que não conhecemos o Douglas), leandro silva, alemao (gustavo ou airton), Betão e Capa ou lovat (que sequer foi testado); Luan, Judson ou Simiao, Maico e Juan; Joel e Junior Dutra.

e vamos torcendo até a paciencia acabar.

Fernando TS disse...

Está aberta a temporada de caça ao Claudinei. A raiva da torcida está explícita. A minha indignação fica por conta da insistência com o que vem dando errado. O caso Kozlinski é o que mais chama a minha atenção. O goleiro, como bem dito na BDA, oscila demais e vem fazendo jogos temerosos na série A.
Segundo li no twitter do Clodoaldo Pereira, agora o treinador vai sacar o goleiro da equipe e colocará o reserva. Precisava fazer o Kozlinki passar por isso? Deixou o cara no time até ele falhar de forma grotesca. Por que não o preservou dando chances para o reserva?
Lógico que o camisa 1 não é o único culpado pela campanha desastrosa do leão na série A, mas é urgente um choque nesse vestiário do Avaí. Se passa pela demissão de Claudinei e Evando eu não sei, entretanto, o jogo contra o Botafogo será, muito provavelmente, a última chance.

Abraços fraternos!

Fernando TS

Raniere disse...

André, será que alguém ainda tem dúvidas sobre a ruindade do goleiro titular do Avaí? Precisou fazer uma lambança gigantesca para decretar a sua saída da titularidade? Aliás, não tem clima pra ele, e, assim como Claudinei também, deve sair do clube.
E não venham com este papo de que é esforçado, profissional exemplar, estas coisas. E não é de hoje que o goleiro mostra que não serve para o Avaí.
Maicon não teve uma boa estréia. Puro azar.
Rômulo não dá mais para aguentar, desde o início do returno do catarinense. Por que ele continua titular? Willians e Pedro Castro, sem comentários.
Esquema de jogo? Passes? Movimentação? Cadê o técnico?
Mais um vexame em rede nacional.
Grande abraço.

Marcos Aurélio Souza disse...

Bom dia, o Treinador perdeu a convicção no que quer realizar. Das contratações que ele pediu e concordou apenas JOEL E SIMIÃO aprovaram, o restantes temos jogadores no elenco e na base. É inadmissível substituir MARQUINHOS por WILLIANS ou PEDRO ?????.Alias das contratações que ele solicitou até o jogo contra o Fluminense, só JUAN e titular. Se não mandar o treinador embora, vamos fazer vexame no Brasileirão.ABRAÇOSSS

Luiz Augusto da Costa disse...

Tristeza.
Muito triste ver nosso time mostrar atuações tão ruins, dignas de uma pelada de fim de semana, para as quais não se faz qualquer treino.
Jogamos bem contra o Atlético e contra o Vasco, porém o que deveria ser a regra, é a exceção, já que não mostramos nada nos outros jogos.
Ou seja, é uma no cravo e outra na ferradura.
Claro que começamos bem, contra o Fluminense, jogando um pouco de futebol, defendendo e atacando com algum perigo, permitindo, até, que se pensasse em uma vitória.
Ocorre que, de repente, nosso goleiro resolveu deixar bastante claro que estava em campo e, ao querer marcar sua presença, detonou todas as esperanças do mundo avaiano.
Ninguém foi poupado naquele momento, diretoria, jogadores, torcida, o universo todo franziu a cara.
Estava escancarada a fragilidade técnica e emocional do Avaí.
O que se viu, depois disso, foi um abatimento geral.
Talvez tenha ficado, dentro de campo, generalizada, a sensação de insegurança de que todos os esforços poderiam ser vãos e, jogados no lixo a qualquer momento.
O adversário, naturalmente, seguiu jogando e, bem melhor, tendo sido agraciado com um gol contra, digno daqueles embates de solteiros contra casados, lastreados no consumo elevado de cerveja, caipiras e etc.
Pois é, ocorre que, quem fez o tal gol e decretou, de forma inequívoca a nossa derrota, foi um bi-campeão mundial, jogador internacional, com passagens por várias equipes do exterior.
Talvez não fosse o melhor momento para sua estreia.
Alguma esperança ainda restou, pela boa atuação do Joel, em sua estreia.
Já escrevi, anteriormente que, com o Claudinei, não teremos a menor chance de, sequer, permanecer na Série A.
Considero que, mesmo que o time não seja bom ou, não seja aquilo que a gente quer, poderíamos ter dias melhores.
Demorei um pouco, mas descobri qual a posição do Rômulo, ele é centroavante direito.
Acho que, mesmo não oficialmente, se nada de novo acontecer na Ressacada, já estamos na B.
Não temos condições financeiras de jogar na Série A, então, deveríamos ficar uns anos na B, tentando sanear as finanças do clube e, depois, pensar em subir.
Estes anos, talvez sejam determinantes para que o Avaí aprenda a pensar grande e, aprenda, também, a ter atitudes condizentes com nossos objetivos.
O pior de tudo é que, pelo que se tem visto, não se pode esperar coisa melhor.
Byghal.

André Tarnowsky Filho disse...

Aguiar,

Muito simples.
Transformamos um reserva da série B em titular na série A.
Toca o barco!

André Tarnowsky Filho disse...

Leonardo Eickhoff,

Posagora...
Poderias fazer uma pergunta mais fácil?
Acho que nem no Posto Ipiranga conseguem responder...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

JP Júnior,

Dá próxima vez, quem sabe, batemos um papo regado a geladas...
Foi o que disse ao Aguiar, transformamos um reserva da série B em titular na série A.
O horizonte está a cada dia mais nublado para nós...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Muito bem lembrado...
Não participo disso.
O blog já me ocupa bastante...

André Tarnowsky Filho disse...

Marcos Antônio Santos,

Muito perdido...
Virou postagem.

André Tarnowsky Filho disse...

Betto Wendhausen,

Eu tento ser otimista, mas esses caras conseguem me derrubar...

André Tarnowsky Filho disse...

Manoel Nilson,

Também esses "caras" apontados por ti...

André Tarnowsky Filho disse...

Tiago Soares,

Concordo com tuas obervações.
A situação está complicada e olha que estou fazendo o comentário após a partida contra o Botafogo.
Horizonte muito escuro!

André Tarnowsky Filho disse...

Rosalbo,

E eu que pensei que nosso campeonato começaria contra o Fluminense...

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Mas não sem razão, né?
Claudinei parece estar gostando desse oba-oba...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Raniere,

Parece que o Avaí escolhe a dedo as partidas para dar vexames, normalmente as que são transmitidas pela TV...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Marcos Aurélio Souza,

Veio a vitória contra o Botafogo e Claudinei adquiriu um novo oxigênio. Até quando?
Nem a vitória serviu para nos tirar da zona...
Situação complicada...

André Tarnowsky Filho disse...

Byghal,

Ninguém faz um novo caminho andando pelos mesmos lugares...
Não vamos conseguir vitórias se mantivermos as mesmas pessoas, dentro e fora de campo...

André Tarnowsky Filho disse...

Nelsinho,

Infelizmente esse time não nos dá motivos para escrever poesias, apenas críticas...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo