quarta-feira, 28 de junho de 2017

UM FRACO LONDRINA, by Roberto Costa

O time do Estreito derrotou o Londrina na noite de ontem, pelo placar de 3 a 1. Um fraco Londrina.

É claro que toda vitória resulta em alegria, e ela veio, bem como o desabafo pela interrupção dos sucessivos jogos sem vitória. A mídia amiga seguiu enfeitando o pavão e todos foram dormir satisfeitos.

Mas ninguém se interessou nem se ocupou de dizer das fraquezas do time do Londrina. Um time frágil, inclusive fisicamente e praticando um futebol ingênuo. Basta que se diga que no primeiro tempo o time paranaense deu apenas um chute a gol, de autoria do Belusso, com a bola roçando o travessão. 

Nenhuma defesa fez o goleiro alvinegro e no segundo tempo, a única bola que foi em direção ao gol resultou no gol único do Londrina, de autoria do Belusso, botando pra dentro a bola que lhe sobrou a meio metro da linha fatal. Portanto, foram apenas dois chutes a gol no jogo, pelo ataque do Londrina. Não creio que os torcedores alvinegros saíram de campo convencidos de algum real crescimento da equipe. Digno de realce apenas o primeiro gol alvinegro, um belo chute de trinta metros, que foi morrer no ângulo superior esquerdo da meta, sem chances de defesa.

Acredito que sessenta por cento da posse de bole do time do Londrina foram gastos por falta de inspiração, em troca improdutiva de bola, em sua própria intermediária. E se a precariedade do adversário facilitava as coisas, o árbitro encarregou-se de facilitar um pouquinho mais, expulsando o zagueiro central Airton, do Londrina, por uma falta comum, e sem um anterior cartão amarelo. Por coincidência, o segundo gol alvinegro nasceu de uma sobra de bola dentro da pequena área.

Para doirar de vez sua atuação, o árbitro apitou um pênalti contra o Londrina, numa falta acontecida fora da área. Apenas Faraco, uma vez mais brigando com a câmera, e o árbitro viram o pênalti, que resultou no terceiro gol barbie, e que afastou de vez qualquer possibilidade de zebra.

* Roberto Costa é associado do Avaí FC. Foto acima: FFC

4 Comentários:

Luiz Augusto da Costa disse...

Com certeza, alguém esteve no vestiário do apitar no intervalo.
Delfim não morreu.
Byghal.

André Tarnowsky Filho disse...

Byghal,

Não acompanhei o jogo, masa confio nas tuas observações, bem como nas do mano...

Antonio Bernardes disse...

Só um detalhe. O jogo estava 2 X 1 pro Figueira quando o Londrina que pressionava teve um jogador expulso. Concordo que achei o time do Paraná muito fraco. Mais este jogador a mais foi decisivo.

André Tarnowsky Filho disse...

Antônio Bernardes,

Ao que parece, o time deles fora de campo continua muito forte...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo