sexta-feira, 14 de julho de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.618

ÁGUA NO CHOPP
Depois de três rodadas com duas vitórias e um empate, o Avaí voltou a decepcionar de uma forma incontestável, sofrendo uma goleada de 4 a 1 na Ressacada, sem poder reclamar de absolutamente nada porque o Coritiba, efetivamente, foi superior.

Não vou me alongar na análise da partida, até porque ela não existiu para o Avaí. O time de Claudinei Oliveira em momento algum da partida foi superior, pior que isso, permitiu que o Coxa abrisse o placar logo aos 10 minutos do primeiro tempo, com Kleber, após pênalti infantil cometido por Judson.

O Coritiba fez a vantagem no placar e seguiu melhor, mas aos 18 minutos, após falta sofrida por Marquinhos, o capitão do Avaí cobrou, a bola desviou num zagueiro e morreu na rede de Wilson: 1 a 1.

Porém, a torcida avaiana ainda comemorava, quando num bom ataque do Coxa, aos 20 minutos, contando com a fragilidade na marcação de Leandro Silva e Wellington Simião, Rildo colocou o time paranaense em vantagem outra vez: Coritiba 2 a 1.

Este foi o resultado do primeiro tempo, com o Coxa melhor.

Para a segunda etapa, as equipes voltaram com as mesmas formações. A partida até ficou mais disputada, com o Avaí brigando para tentar chegar ao gol de empate. Porém, numa bola que bateu no braço de Alemão, o árbitro paulista Raphael Claus entendeu que houve intenção e marcou a infração, próximo da área do Avaí. Em cobrança de falta de Carleto, ex-Avaí, aos 34 minutos, Douglas falhou e deu rebote, Rildo ampliou: Coritiba 3 a 1.

A partida dali já não havia mais o que fazer com o Leão totalmente desorganizado, mas sobrou tempo para Henrique Almeida ampliar para o Coxa nos acréscimos: Coritiba 4 a 1.

Para quem teve uma rodada perfeita, o Avaí não soube aproveitar a chance de sair da zona do rebaixamento, deixando o chopp da torcida avaiana muito aguado...




NÃO ACONTECEU
Difícil tentar encontrar uma justificativa para o que aconteceu com o Avaí na noite de ontem, aliás, sobre o que deixou de acontecer. O Leão não vinha fazendo uma boa partida, não era superior ao aplicado time do Coritiba, mas parecia deixar o adversário jogar muito facilmente, sem uma marcação mais forte.

Porém, o lance do pênalti cometido por Judson foi bisonho, abrindo ainda mais as chances paranaenses na partida, e complicando o limitado Leão. Nem mesmo o gol de empate serviu para respirarmos. Não deu tempo...

Uma coisa é certa: Claudinei Oliveira tem que repensar o que quer da equipe, e mais que isso, que equipe quer. Ontem não repetiu a escalação das últimas três rodadas, e nem poderia pelas suspensões, e o time sentiu muito.




O TIME DE CLAUDINEI OLIVEIRA
Sem contar com o volante Luan e o atacante Joel, suspensos, o treinador avaiano, Claudinei Oliveira, acabou alterando ainda mais o time do Leão, promovendo o retorno do meia Marquinhos.  
Dessa forma, Leão entrou em campo com: DouglasLeandro SilvaAlemãoBetão CapaJudsonWellington SimiãoJuan MarquinhosRômulo Júnior Dutra.
Particularmente, como disse esta semana, não havia muito o que mudar, era para encontrar o substituto de Joel e deu. Simião já era o escolhido para a vaga de Luan. Simples assim.


AS ALTERAÇÕES  FEITAS POR CLAUDINEI
Para o banco de reservas, o treinador avaiano contava com 12 jogadores, a saber: Kozlinski, Vitor PradaAirtonGustavo, João Paulo, Maicon, Caio César, Lucas OtávioDiego TavaresPedro Castro, Lourenço Willians Santana.

A primeira substituição aconteceu aos 10 minutos da segundaa etapa, Willians Santana entrou no lugar de Rômulo. Aos 15 minutos, duas substituições, foi a vez de Pedro Castro substituir o meia Marquinhos e Lucas Otávio entrou na vaga de Judson.


De uma maneira geral, não funcionou, bem pelo contrário...


CLAUDINEI ERROU
tenho respeito pelo trabalho desenvolvido pelo treinador avaiano, desde que chegou ao clube ano passado, agora muito próximo de completar um ano no comando. Todavia, creio que na partida de ontem ele se equivocou tanto na escalalação, quanto nas substituições.

Como já disse acima, eu não teria alterado o time, exceto onde necessário, caso de Joel. Porém, se Claudinei Oliveira optou por escalar Marquinhos, ao menos na partida de ontem, vi vários jogadores que poderiam ter sido substituídos antes dele, casos de Juan e Wellington Simião, por exemplo.

Por oportuno, como coloquei, as mudanças de Claudinei não aconteceram.


WELLINGTON SIMIÃO MAL
Na Bom dia, Azurras de segunda-feira, salientei três lances de Wellington Simião na partida contra o Grêmio, culminando com aquele golaço. Ontem, quando entrou jogando, tinha uma expectativa maior sobre seu futebol, mas não aconteceu...

Foi mal na marcação, falhou na cobertura na jogada do segundo gol, muito mal na armação de jogadas, e não sei se pelas presenças de Marquinhos e Juan no meio, mal chegou ao ataque...

Vou aguardar mais umas partidas para definir minha impressão sobre WS, mas por enquanto, não justificou merecer a titularidade.




DOUGLAS NÃO É INTRANSPONÍVEL
Depois de fechar o gol contra o Botafogo, fazer uma partida segura contra a Ponte Preta, o goleiro Douglas simplesmente tornou-se intransponível na partida contra o Grêmio, ganhando as manchetes da mídia esportiva do Brasil inteiro. Ontem, porém, teve uma atuação normal, falhando no terceiro gol, o que me fez sair do estádio mais cedo...

De qualquer forma, bom que se diga, a derrota não se pode colocar na conta do goleiro avaiano, mas convém observar as falhas da defesa, não só na partida de ontem, mas que proporcionaram muitas chances ao Grêmio no domingo e ontem ao Coxa, só que ontem as bolas entraram...




VISITANTES ILUSTRE
Ontem quando estava me dirigindo para entrar no estádio, em frente ao portão que dá acesso ao estacionamento dos conselheiros e vestiário do Avaí, me deparei com esse figuraço, bom de bola, que nos deu muitas alegrias. Lembram dele?

Isso mesmo! Caio!

O primeiro da esquerda é o filho de Caio, que ontem estava visitando nosso clube e assistiu ao jogo. Depois ainda aparecem Raniere Torquato, Luciano Lapa e um casal de amigos avaianos.

Grande Caio!





Saudações AvAiAnAs!

Patrocínio:

38 Comentários:

ney.lf disse...

André,

A muito o Juan não vem jogando nada, roda, roda e não produz nada de objetivo, uma verdadeira enceradeira.
Simião é outro que ainda não disse ao que veio, não vi uma única partida dele que pudesse justificar uma escalação no time titular aliás, jogou aonde
Um time que trás Juan que era reserva do Goiás,
Willians, reserva do Atlético Goianiense,
Simião, que com a idade que tem nunca vi jogar e olha que acompanho futebol;
Leandro Tavares idem;
Joel, reserva em todos os clubes em que passou e, chama estas contratações de reforços aliado a estes, o atabalhoado Capa que veio do Guarani, Leandro Silva que veio do estaleiro do outro lado da ponte e dois volantes que não c....e não desocupam a moita, iríamos querer o que nesta série A?
Já havia me convencido a muitas rodadas atrás que iremos cair e não vejo como não pensar assim, por isto, vou aos jogos somente para curtir com os amigos tomando algumas geladas procurando não me estressar porque não vai adiantar, temos que ser realistas, o nosso time é muito fraco e só tem condições de disputar posição com o Atlético Goianiense, este é o único time do nosso campeonato...
Vão ainda acontecer alguns milagres mas estes não serão suficientes para ressuscitar nosso time.
Quanto ao Claudinei, passou da hora...

Biblioteca Pública disse...

Simples. O Marquinhos entrou no time, os caras pararam de jogar...

Raniere disse...

André, desde de que Caio saiu do Avaí eu não me lembro de ter visto outro jogador com suas características.
Sobre o jogo, voltamos a nossa realidade. Claudinei continua perdido assim como perdida está a minha esperança nele. Ele não mudará. O maior problema não é manter o Marquinhos no time, o maior problema é esperar desde janeiro para conseguir um substituto e contratar um jogador do nível de Pedro Castro.
Não vejo outra alternativa que não seja a mudança de treinador, aliás, toda a comissão técnica. Pelo que sei, Eduardo Baptista está livre no mercado.
Grande abraço.

Leandro Silva Coelho disse...

Bom dia André !

Eu penso que quando jogamos fechados e por uma bola de contra ataque, somos mais eficientes, apesar de covardes. Digo isso pelas atuações em jogos fora de casa (botafogo e grêmio), parece estranho, torna-se um jogo feio, mas se for para garantir as vitórias, que continue jogando daquela maneira.

Fernando TS disse...

Derrota muito dolorida. Contei com esses três pontos, tanto pelo momento ruim do Coritiba, quanto pelo nosso “bom” momento. Mais três pontos importantes que se vão. Se pararmos para analisar, perdemos pontos preciosos dentro da Ressacada, pois empatamos com a Ponte Preta e com o Vitória e ainda perdemos para o Coritiba. Além disso, perdemos para a Chapecoense fora de casa e também para o fraco Atlético-GO (todos o citados são do “nosso” campeonato). Aonde vamos dessa forma? A verdade é que contratamos mal e os jogadores do ano passado não estão dando conta do recado. Aqueles reforços que viriam do campeonato paulista não vieram. A capilaridade dos nossos “olheiros” é inexistente, pois não conhecem o mercado. Finalizando, nossa comissão técnica é inócua.

Forte abraço aos avaianos!

Fernando TS

Alexandre Carlos Aguiar disse...

"Difícil tentar encontrar uma justificativa para o que aconteceu com o Avaí"? O, meu querido, então não acompanhas o Avaí.
O time vinha jogando bem e encaixadinho. Bastou mudar para colocar a íngua em campo e o time não rende mais. Simples.
Ah, Juan não jogou, Simião não jogou. Caramba, eles jogam para cobrir as dificuldades do cara. Aí, quando está na metade do segundo tempo, ninguém mais tem gás para jogar mais nada. Jogamos com 10 o tempo todo até o time cansar.
Sinceramente, eu não tenho mais saco pra isso.

Tiago Soares disse...

Infelizmente ou felizmente (acho eu a segunda opção a mais certa) não pude ir ao jogo, nem assistir devido a compromisso no horário com a patroa... Li muitos comentários sobre o time ter que jogar fechadinho pq quando vai aberto acontece o que aconteceu ontem e contra o Fluminense, o que me deixa mais preocupado ainda, que é uma tática meio kamikaze pois se o adversário fizer um gol cedo como nesses jogos, vai tudo por água a baixo. No demais me pareceu que foi o sempre mais do mesmo. Difícil a situação.

Aldojan disse...

André, bom dia!

Concordo com os colegas acima, o Avaí não sabe jogar, nosso jogo é se defender e achar uma bola. Claudinei continua perdido na equipe e seu trabalho vem perdendo coerência e sua teimosia irrita.
Quanto ao Simião, não vi futebol nele pra ser titular mesmo com o golaço contra o Grêmio que foi só o que ele fez até aqui. Leandro Silva totalmente perdido em campo mais uma vez. Capa caiu muito de rendimento, tá jogando um futebol pra Guarani da Palhoça. Juan não disse a que veio e o Rômulo é outro lateral direito recuado e quando chuta pro gol parece mais recuo pro goleiro. Destaques pra mim ontem foram Douglas que apesar da falha ainda fez algumas defesas, o Alemão mesmo que as vezes se atrapalhando é nossa raça em campo, Marquinhos que armou algumas jogadas e fez gol e o incansável Júnior Dutra que lutou o jogo inteiro, fico pensando pq ficou no banco nos outros jogos, essa teimosia do Claudinei vai acabar com ele.
Ainda dá tempo mas é preciso agir.

Abraços

GeorgeAB disse...

Bom dia! Temos algumas pragas no time, por exemplo, Judson que só corre, mas tá sempre atrasado e ontem não satisfeito fez um penalti ridículo. Nossas laterais não funcionam, ou seja, Capa e Leandro não acrescentam quase nada. Quando pensamos que achamos a escalação certa, somos obrigados a colocar o "ídolo". É isso, laterais que não acrescentam, volantes brutos e tansos, e o buraco no meio do campo. A falta de inteligencia (posicionamento e visão de jogo) me assusta, basta ver o segundo gol do coxa, onde ficam 5 jogadores do avai olhando pra bola.

ANDRÉ LUIZ disse...

Na minha opinião o esquema que jogamos só funciona contra times que deixam jogar, já quando precisamos propor o jogo ele não é bom digo porque, nosso meio campo é lento de mais, não dá para jogar Marquinhos e Juan, Simiao juntos se quer colocar o Simiao tira um dos dois primeiros, Luan fez falta, Joel também, moral da história temos um meio campo lentde mais para o futebol atual sem mobilidade nenhum, será que na bese não tem um meia de movimentação?

GeorgeAB disse...

Uma possível solução: Airton na zaga, Alemão na lateral direita e banco pro Leandro.

Gustavo Beck disse...

André.
Está na hora de mudar, não dá pra ficar assistindo o bonde passar e não fazer nada. Presidente tem que deixar de ser teimoso e aceitar que como está as coisas não vão pra frente.
Acorda Batistotti, acorda torcida a série A já começou faz tempo.
Gustavo Beck.

LUGO disse...

Andre,


Marquinhos é um habil JOGADOR, habilidoso, de bom domínio de bola, de passes e chutes precisos, MAS, é um ex-ATLETA, simples assim.

Dai junto com ele tem o Betão, que precisa de escudo.

O Avai precisa de mudanças, penso que começam por essas duas posições, mas não param ai, pois vão propiciar maior liberdade para os jogadores de meio e do ataque.

Leandro Silva não é jogador de seria A, limitado, só marca, não sabe conduzir, tem péssimo passe e cruzamento.

Na verdade nosso lado direito com Rômulo e Leandro Silva é completamente inoperante e ineficaz quando se trata de atacar.

O Claudinei tem que deixar de ser, no popular manezinho, CAGÃO.

Rosalbo Ferreira Júnior disse...

Ah... parem com isso! É muito choro, para uma resposta tão simples.

O "biblioteca pública" e o "Alexandre Aguiar" acertaram na mosca! (ou no galego)

Está nítido... mais claro que luz solar que o time não quer correr enquanto o marquinhos estiver em campo.

Porra.... Zelotes escalou o marquinhos e o claudinei foi no embalo. Tanso!

Podiamos estar fora da zona.... só espero que tire o cara no jogo contra o Bahia.

Sem o Marquinhos nos manteremos.

ney.lf disse...

Só pra registrar, não sou defensor de jogador nenhum mas, não sou cego e conheço futebol, neste jogo o Marquinhos foi o melhor jogador do Avai em campo e, como sempre, o Claudinei enxergou outro jogo e depois tentou justificar que foi com medo da lesão de quadril dele que poderia voltar a sentir e terminaríamos o jogo com menos um pois as alterações já haviam sido feitas.
Quanto a correr e se deslocar em campo, também correu e fez muito mais que o Juan, enceradeira que corre pouco e está sempre atrasado, basta ver o terceiro gol do Coritiba que no rebote estava na frente e chegou depois do jogador concluir.
Enquanto não tiver nada melhor que ele no grupo é titular com as duas pernas amarradas, pela ruindade e pela falta de inteligência em jogar dos demais, principalmente Rômulo, eita homem burro pra jogar.

Adenilson disse...

Não era pra ter saído. Mas nem era pra ter entrado.

Unknown disse...

André, boa tarde. Leio seu blog diariamente, mas dessa vez vou lhe pedir para que me tire uma dúvida. O Leandro Silva, durante o segundo gol do Coritiba, me pareceu ter comemorado/vibrado. O q você me diz sobre isso?
Abraço, querido, força! Urra Leão

GEISON SILVA disse...

Caro André

Problema do Avaí é claro... MARQUINHOS!

Com ele no time os volantes e atacantes se sobrecarregam pra preencher os espaços vazios no meio campo, além de a lentidão do galego, por diversas vezes, embolar o setor de ataque do Avaí, pois ele não tem fôlego pra recompor o setor após um ataque.

Não há mais espaço pra jogador lento no futebol dinâmico de hoje. Nenhuma "qualidade", por si só, vai se sobrepor ao conjunto de habilidades e vigor fisico que forma um atleta de nível.

Pra finalizar... Alguém avisa o Claudinei que o Rômulo não é jogador de futebol!

Abraços

Adrian Goncalves disse...

Já venho falando a tempo, ninguém quer mais correr por Marquinhos três jogos sem ele 7 pontos e com ele nada a tempo e ninguém encherga isso lá dentro?
Chega ta na hora de aposentar por favor ajude seu tão amado clube!
Aliás já não vai jogar no domingo pois a 6 dias do jogo já está com "fadiga muscular" acho que haveria tempo de recuperar não
Seus colegas já estão cansados deste treino quando quero e jogo quando quero
Custo benefício muito alto e depois não podemos fazer loucuras com orçamento!

Luiz Augusto da Costa disse...

Acho que deveríamos contratar mais técnico que saiba fazer o time jogar na Ressacada.
Assim, o Claudinei poderá usar tudo que sabe, em todos os jogos.
Difícil ver o time do Avaí jogando na Ressacada, parece um bando de desorientados.
Dá impressão que não treinam, que não se conhecem e, não fazem questão de estar juntos.
O meio de campo, simplesmente não existe, é uma avenida, como a lateral direita.
O ataque é uma piada.
Dependemos de alguma jogada do Capa, que é a melhor maneira de chegar perto do gol, e mostrar a ineficácia de sempre na Ressacada.
Há uma falta generalizada de qualidade.
Não temos time pra jogar uma Série A, pelo menos, na Ressacada, onde não chega a cultura do Claudinei.
Vamos sofrer ainda mais e, sabemos como será o final.
Byghal.

André Tarnowsky Filho disse...

Ney LF,

Realmente, foi uma partida lamentável, um Avaí irreconhecível, até mesmo pelas razões colocadas por ti...

André Tarnowsky Filho disse...

Raniere,

É verdade, não temos ninguém com esse estilo do Caio.
Quanto ao M10, estás coberto de razão, ou seja, nossa diretoria está jogando mal...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Leandro Silva Coelho,

Sim, com esse elenco, é o que nos resta fazer. Tens razão!

André Tarnowsky Filho disse...

Fernando TS,

Não temos olheiros no Sul da Ilha, e para piorar, ficamos com um monte de falastrões...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Aguiar,

Sou obrigado a assinar contigo...

André Tarnowsky Filho disse...

Tiago Soares,

Sim, mais do mesmo...
Infelizmente!

André Tarnowsky Filho disse...

Aldojan,

Ótimas colocações, tem gente fazendo hora extra no Sul da Ilha.
Não é possível cairmos tanto de rendimento...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

George AB,

Não podemos escalar um time por decreto.
Tem que jogar quem estiver em condições e apresentar um melhor rendimento. Simples assim.

André Tarnowsky Filho disse...

Gustavo Beck,

É verdade. Estamos atrasados...

André Tarnowsky Filho disse...

Lugo,

Boas observações, principalmente no que concerne ao M10 e ao Betão.
É preciso mudar radicalmente esse time, tirar esse marasmo que se instalou...

André Tarnowsky Filho disse...

Rosalbo Ferreira Júnior,

Falaste tudo: a zelotes escalou o M10 e Claudinei se deixou levar pela marola...

André Tarnowsky Filho disse...

Ney LF,

Que o M10 está melhor que o Juan, não tenho dúvidas, mas ambos estão aquém do que precisamos...

André Tarnowsky Filho disse...

Unknown,

Exagero teu!

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Geison Silva,

É, temos um problema chamado Marquinhos, que infelizmente a diretoria não soube resolver.
Quanto ao Rômulo, está precisando mudar de ares...

Abraço!

André Tarnowsky Filho disse...

Adrian Gonçalves,

Tens razão.
Aliás, esse papo de fadiga muscular é marola para não jogar, até porque é o que menos tem participado dos jogos...

André Tarnowsky Filho disse...

Byghal,

Esse sofrimento vai até dezembro...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo