segunda-feira, 24 de julho de 2017

Bom dia, Azurras - nº 2.628

MUDAMOS A PROSA
Ontem, na postagem das 12 horas, cujo título foi "Hora de mudar essa prosa", clique e confira, escrevi que nos jogos entre Avaí Cruzeiro nunca trazem boas lembranças para os avaianos, afinal de contas em oito confrontos com os mineiros, foram cinco empates e três derrotas...

Um texto rápido, até porque em dia de jogos do Leão o foco está diretamente ligado na partida, mas o recado foi bem claro: "E até pelo que coloquei aqui, está mais do que na hora do Avaí começar a mudar essa história..."

Como mostra a foto, não há dúvidas de que mudamos essa prosa e agora não há "time grande" que o Avaí não tenha derrotado. Da curta história entre Leão e Raposa, de apenas nove jogos contando com a partida de ontem, que começou em 2009, já consta uma vitória avaiana.

Quebramos um tabu, porém, mais importante que isso foi a conquista de mais três pontos na tabela de classificação, que oxigeniza campanha da equipe comandada pelo técnico Claudinei Oliveira e acena com amplas possibilidades efetivas de deixarmos a zona do rebaixamento

Valeu, Leão!




VITÓRIA COM A DIGITAL DO AVAÍ
Escrevi de forma muito clara que o todo poderoso Cruzeiro não está fazendo uma grande campanha, mas está muito longe de correr qualquer risco de rebaixamento, bem como afirmei que a tendência é que suba de rendimento.

Porém, tinha uma convicção: o Avaí teria amplas condições de derrotar o Cruzeiro ontem, o que se efetivou com um gol de Júnior Dutra, aos 20 minutos da primeira etapa, dando a vantagem para o Avaí, placar que perdurou até o final da partida.

Obviamente, o Cruzeiro, por ter um elenco mais qualificado, teve maior domínio do jogo, maior posse de bola, mas não foi eficiente, esbarrando sempre numa muralha chamada Douglas, o ótimo goleiro do Leão.

A vitória, indubitavelmente, veio com as digitais do Avaí, que mesmo sendo dominado, não deixou combater o bom combate, mostrando muita garra e vontade de vencer diante da supremacia técnica do adversário.

Esse Avaí faz coza!




O TIME DE CLAUDINEI OLIVEIRA
Como havíamos comentado, o técnico Claudinei Oliveira colocaria em campo a mesma equipe que empatou com o Corinthians, exceção feita ao lateral esquerdo Capa, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Dessa forma, o Leão entrou em campo ontem com: DouglasLeandro SilvaAlemãoBetão CapaJudson, Wellington Simião, Pedro Castro Juan; Júnior Dutra e Joel.

Como ressaltei ontem, não havia qualquer razão para mudar, e Claudinei acertou em manter o time, dentro de suas possibilidades.




OPÇÕES E ALTERAÇÕES DE CLAUDINEI OLIVEIRA
Para o banco de reservas, o técnico Claudinei Oliveira tinha à disposição mais 12 jogadores, a saber: Kozlinski e Vitor Prada, goleirosAirton e Gustavo, zagueiros; Diego Tavares, Lucas Lovat e Maicon, laterais; Lucas Otávio, volante; Lourenço e Luan Pereira, meias; e Rômulo Willians Santana, atacantes.

A primeira substituição aconteceu somente aos 16 minutos da segunda etapa, Wellington Simião deixou o campo para a entrada de Lucas Otávio. Aos 22 minutos do segundo tempo, foi a vez de Rômulo substituir o maia Juan. A última modificação ocorreu aos 39 minutos, Willians Santana entrou na vaga de Joel.

Funcionou, funcionou mesmo!




TRÊS LEÕES
Se o Avaí saiu de campo ontem somando mais três pontos neste difícil Campeonato Brasileiro, em muito se deve ao trabalho efetivo de três Leões: o goleiro Douglas, o zagueiro Alemão e o atacante Júnior Dutra.

De uma maneira geral, a equipe de Claudieni Oliveira foi bem, ainda que tenha sido dominada pelo Cruzeiro, até por uma questão estratégica do treinador avaiano, mas os três estiveram muito acima da média.




NÃO HOUVE PÊNALTI
Aos 14 minutos do segundo tempo, o lance mais polêmico da partida: os cruzeirenses reclamam dois pênaltis num mesmo lance, onde o goleiro Douglas teria derrubado o atacante Elber, e na sequência, Alemão teria cortado com o braço um chute de Sassá. Não houve pênalti, nem no primeiro, nem no segundo.

Quem explicou muito bem o lance foi o ex-árbitro Sálvio Spínola Fagundes Filho, atualmente comentarista de arbitragem na ESPN. Segundo ele, até poderia ter sido marcada a penalidade, se Elber não tivesse tirado a bola de Douglas utilizando o braço, ou seja, teria que ser marcada falta para o Avaí. Simples assim.




CHORÃO E MAU PERDEDOR
Não é de hoje que tenho antipatia por esse técnico Mano Menezes, um prepotente que não combina com a simpática equipe do Cruzeiro. Ontem à noite assisti parte de sua entrevista coletiva após a partida, onde reclamou acintosamente do lance comentado na nota anterior.

Provavelmente, Mano não viu seu jogador levar vantagem na jogada utilizando o braço, e tratou de justificar a ineficiência de seu time em cima da arbitragem. Mano é um mau caráter, suas atitudes demonstram isso, basta lembrar do que fez na partida contra a Chapecoense, em Chapecó, pela Copa do Brasil

Adora um holofote, mas "pipoca" diante da mídia do eixo Rio-São Paulo, como aconteceu ao comentarem sobre esse lance de Chapecó...




POUCO PÚBLICO
Depois de empatar com o Corinthians na última quarta-feira, fazendo um bom jogo,
imaginei que teríamos um público melhor neste belo domingo de sol, mas apenas 6.773 torcedoresUma pena!

É bom que se entenda que para o Avaí seguir firme dentro do Brasileirão, há necessidade de jogarmos juntos com o time. Se temos limitações, e elas existem mesmo, se precisamos de reforços, como de fato precisamos, há que se ter uma participação mais efetiva da torcida.

Não tenho dúvidas de que com a Ressacada lotada, nosso Leão joga muito mais!





Saudações AvAiAnAs!

Patrocínio:

16 Comentários:

Raniere disse...

André, eu não sou muito fã deste estilo de jogo do Avaí, mas diante da limitação técnica do elenco e da situação na tabela de classificação, acaba sendo "inevitável" jogar desta maneira.
Sobre os leões em campo, eu adicionaria o jogador Judson, que pode não ser um primor de jogador, mas lutou e correu o jogo inteiro atrás do time veloz do Cruzeiro.
A vitória foi fundamental, mas precisamos de contratações, principalmente para jogar no meio.
Sobre o público, concordo contigo.
Grande abraço.

André Tarnowsky Filho disse...

Raniere,

Tens razão, esse estilo de jogo gera muita ansiedade na torcida, parace que sempre estamos esperando para levar o gol, mas como bem colocaste, acaba sendo inevitável pela razões que comentamos.
Quanto ao Judson, sim jogou muito, fez uma bela partida.
Em relação ao meio, outra vez estás correto, até porque Juan está devendo e M10 já não rende como antes.
Por fim, creio que uma torcida exigente como é a nossa, precisa se fazer mais presente.

Abraço!

Gustavo Beck disse...

Bela vitória! Mais podia ser com menos sofrimento!

André Tarnowsky Filho disse...

Gustavo Beck,

É bom te preparares porque com esse meio de campo que temos vai ser assim até dezembro...

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Gostei da participação do mito. Decisivo como sempre.

Tiago Soares disse...

Como já falei, tática kamikaze, pq se toma uma gol vai todo o plano embora, porém se abrir tb não dá, mais três pontos pra conta.
Ontem como a patroa ia pro jogo tb, troquei minha carteira do setor D com um amigo para o setor A, pra "nos ficar na sombrinha" assim mais perto me deu uma vergonha total do mano Menezes, mais do que já tinha dele em tempos de Corinthians e seleção, virou várias vezes pra discutir com nossos torcedores, encheu o tempo todo o quarto árbitro, e ganho algumas faltas no grito... Aí enquanto to no jogo vejo massagem no whats que o Paulinho Criciúma tava falando que foram dois penalty no lance, o mesmo com recurso televiso, e assim seguimos contra tudo e contra todos.

André Tarnowsky Filho disse...

Tiago Soares,

Esse Mano faz parte da escória do futebol, um safado.
Quanto ao Paulinho Criciúma e seu parceiro André Lino, nãos e pode esperar nada, dois recalcados, que guardam uma mágoa enorme do Avaí...

Antonio Bernardes disse...

A questão da imprensa é complicada. Teve um tal de mancha que disse o seguinte: O Figueira perdeu, o Avai ganhou, mais continuam no Z4. Ah, tá bom, Série A e B é a mesma coisa, perder pro ABC tem o mesmo peso de um Corinthias, Flamengo da vida. A nossa imprensa é ridícula, comenta com o coração alvinegro na mão. O Paulinho não gosta do Avaí mesmo, já o Lino é alvinegro de carteirinha. Nada de muita novidade na ilha, os caras enxergarem penalti no lance do Douglas e do Alemão e a imprensa nacional (SPORT TV e ESPN) não, inclusive elogiando o Leão. Afinal, o lider do campeonato e muitos times jogam no sistema Avaí, fechado, marcando todas as linhas e saindo por um bola. Penso só pra alguns torcedores pensarem em algo, quando reclamam do nosso Avaí: O Barça joga um futebol bonito, mais a anos não ganha nada. A Juve um futebol defensivo, assim como o Real Madrid. Alguns vão dizer que são jogadores de mais qualidade, verdade. Mais pior ainda, times que tem qualidade no elenco, jogam defensivo e conseguem as vitórias no futebol de resultado. Então o que pensar do Avaí com o time na maior parte limitado, principalmente no meio e laterais: Jogar aplicado, marcando muito e colhendo resultados pra se manter. Por fim, acredito em 2 X 1 pro Avaí em Sampa.

Nelson Andrade Filho disse...

Reclamar de pênalty contra o Avai é normal, principalmente dos técnicos. Quanto a nossa(??) imprensa já é outra coisa. São verdadeiros safados recalcados como André Lino Paulinho Cricri e pela rádio CBN, Rodrigo Faraco também viu pênalty.
O problema é que quanto mais eles querem derrubar o nosso time, mais continuamos "fazendo côsa". kkkkkkkk

Carlos avaiano disse...

Bom dia amigos
Bola na cabeça pra eles é pênalti a favor, e agora bola no ombro também, isso não comentam né?

ANDRÉ LUIZ disse...

André como estamos em um bom momento seria interessante o Claudinei pensar em substituir Juan, já que este assim como M10 não vem rendendo, dizem maravilhas do Luan irmão do Renanzinho, o momento de colocar é agora já que os da posição não estão bem e ganhariamos em juventude e mobilidade, vários times estão tentando e agente não, precisamos de mais mobilidade no meio, talvez a solução esteja em casa e não estamos aproveitando

André Tarnowsky Filho disse...

Xará Luiz,

Seria uma bela alternativa, até porque também ouvi vários elogios.
Concordo contigo, Juan e M10 prendem o time, não estão no mesmo pique da equipe. Coisa para o Claudinei resolver...

André Tarnowsky Filho disse...

Carlos Avaiano,

Desse pessoal não espero mais nada...

André Tarnowsky Filho disse...

Nelsinho,

Assino contigo. Cambada de safados!

André Tarnowsky Filho disse...

Antônio Bernardes,

Muito dessa pegação de pé da mídia boca alugada daqui acontece em função do Avaí não se respeitar, não cobrar desses safados uma postura mais profissional, menos tendenciosa...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo