quarta-feira, 26 de julho de 2017

Sem sofrer gol em cinco dos últimos seis jogos, Judson valoriza defesa do Avaí e destaca aproveitamento de 62,5% contra os 10 primeiros da Série A

Força defensiva. Essa vem sendo uma das características importantes do Avaí em busca da recuperação nesta Série A do Brasileirão. Um dos pilares do setor de marcação é o volante Judson. Dos últimos seis jogos que esteve em campo, a equipe sofreu gol em apenas uma oportunidade. Além disso, venceu três vezes, empatou duas e perdeu apenas uma.
No último domingo (23), o jogador atuou os 90 minutos na vitória do Avaí sobre o Cruzeiro por 1 a 0, na Ressacada. Em nove confrontos oficiais, esta foi a primeira vez na história que o Leão da Ilha derrotou a Raposa. “Foi uma excelente vitória, contra um adversário muito difícil. Não sabia que o clube ainda não tinha vencido o Cruzeiro, mas fico feliz pelo resultado, valoriza ainda mais o triunfo. Nossa equipe tem se fortalecido defensivamente, tanto é que temos sofrido poucos gols nos últimos jogos. É muito importante mantermos esse desempenho na defesa, até para dar tranquilidade aos nossos atacantes. Vamos trabalhar para seguir evoluindo”, ressaltou o atleta, que soma 59 jogos com a camisa do time azurra.
Na próxima rodada, o Avaí encara o Palmeiras, fora de casa. Se mantiver o desempenho que vem tendo neste Brasileirão, o time catarinense tem tudo para sair com um bom resultado de São Paulo. Isso porque a equipe tem a segunda melhor campanha contra os clubes que estão nas 10 primeiras posições. Em oito partidas foram quatro vitórias, três empates e apenas uma derrota, aproveitamento de 62,5%. Além disso, marcou sete gols e sofreu só dois. “Realmente é um ótimo desempenho, temos feito grandes jogos contra os times da parte de cima da tabela. Precisamos encontrar esse equilíbrio em todos os jogos, até porque não existe vida fácil na Série A, é só jogo duro, contra grandes adversários. Temos que manter a concentração durante toda a partida e fazer uma forte marcação para neutralizar o Palmeiras. Eles tem um time muito bom, com jogadores de alto nível, por isso não podemos dar espaço. Estamos num bom momento e temos condições de trazer algum ponto para casa”, concluiu.
Palmeiras e Avaí se enfrentam neste sábado (29), às 19h.
Fonte/Foto: AV Assessoria de Imprensa

4 Comentários:

Daniel Salles disse...

Eu gosto muito do Judson, é raça pura, se entrega em campo!
Ainda é jovem, 24 anos se não me engano, pode evoluir bastante.
André, sabes se o Avaí tem percentual dele?

André Tarnowsky Filho disse...

Daniel Salles,

É raça pura mesmo.
Não, ele é da Tombense, leia-se Eduardo Uram, e o Avaí não tem nenhum direito econômico sobre ele, assim como não tinha sobre o Diego Jardel, mas acabou ganhando em função da "vitrine" e do contrato em vigor.

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo