quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Avaí repassa recursos para compra da casa de Renanzinho

Edson Pereira recebeu do presidente comprovante de depósito para compra da casa
O Avaí oficializou na manhã de hoje, durante solenidade no auditório do clube, o repasse dos valores prometidos à família do atleta Renanzinho para a compra de uma residência. Renan Martins Pereira, 19 anos, deixou de jogar futebol em 2015 após ser diagnosticado com um tumor na cabeça, fez cirurgias e hoje está em tratamento com neurologistas e realiza trabalho de recuperação com fisioterapeutas e busca voltar à vida normal.
O presidente Francisco José Battitostti informou que o clube já depositou na última segunda-feira (7), na conta poupança do pai do atleta, Edson Pereira, que estava presente ao encontro, o valor de R$ 100.000,00, parte arrecadada com a renda da partida entre Avaí x Brasil de Pelotas, em 26 de novembro de 2016 e a contribuição espontânea dos torcedores avaianos. O clube se comprometeu a repassar a partir deste mês, parcelas mensais no valor de R$ 10.000,00 até completar mais R$ 100.000,00. Além disso, acrescentou o presidente Battistotti, o Avaí ainda completa o salário que o atleta recebe do INSS nos valores de seu contrato, que vai até dezembro de 2018. O jogador é assistido por especialistas da neurologia e o clube dá todo o apoio com seu plano de saúde.
“Este é o nosso compromisso assumido com a família do Renanzinho, um ser humano maravilhoso. Nosso dever em apoiá-lo, dar assistência necessária a ele e seus familiares. Temos o seu irmão Luanzinho aqui conosco, já incorporado ao time principal aos 17 anos e que nos passa um otimismo grande de chegar a um futuro maravilhoso, pois capacidade e futebol ele tem”, disse o presidente.
Edson Pereira, 42 anos, ex-jogador profissional do Vilhena Esporte Clube (RO), natural do Paraná e que construiu sua família em Rondônia, no Norte do país, ficou emocionado com a ação do Avaí. O pai não escondeu a emoção e agradeceu demais o clube por apoiar o jogador e toda a família. “Nos sentimos amparados, seguros com a proteção do Avaí”, disse Edson.
Ele informou também que a recuperação de Renanzinho está evoluindo muito bem. “A última tomografia há três semanas deixou o médico feliz, diminuiu 40% da dose de medicamentos que ele tomava. O Renan acompanha tudo, está bem consciente e a gente ao lado dele. Há duas semanas não conseguia fazer o que uma pessoa normal faz, mas hoje já come sozinho, toma banho sozinho, tá evoluindo”, disse o pai de Renan, lamentando ainda que a mãe não pudesse estar presente, pois ficou em casa cuidando do garoto, para não ficar sozinho.
“Gostaria de agradecer a todos que nos apoiaram, a todos que contribuíram, os amigos que estão ao lado dele. O presidente Battistotti está presente e dando todo apoio. Ele tem um cronograma médico e estamos seguindo à risca”, acrescentou. O pai também falou do outro filho Luanzinho. “Temos procurado passar o mínimo para ele da situação do irmão, para não afetar seu desempenho. Ele é muito novinho. Mas o fato de estar jogando e no time principal é uma alegria para todos nós e também para o Renan, que gostaria de estar ajudando o Avaí, mas fica feliz pelo Luan, que graças ao Avaí, chegou à Seleção Brasileira”.
O pai de Renanzinho disse ainda que já tem um imóvel em vista para comprar. “Quem não quer ter uma residência própria, uma garantia para o futuro. Vai nos dar tranquilidade para continuar cuidando do Renanzinho”. E finalizou dizendo que a maior preocupação é com a recuperação do filho. “Que volte a ser uma pessoa normal. Gratidão imensa a todos, não tem como explicar”.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo