segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

O JOGO FRUSTROU MINHAS CONVICÇÕES, by RC


Eu vi, quem não viu, a intensidade de jogo do Avaí na vitória frente ao Criciúma? Aquilo não foi ainda o ponto ideal da atitude para jogar série A, certamente será preciso mais explosão, mais qualidade, mais imposição, mais auto-confiança, mas é por ali.

Resultado de alguma inspirada palestra de vestiário do Geninho os três a zero no Tigre? Ou decorrência do peso da camisa Criciumense provocando ao natural reações de rivalidade em nossos jogadores? Sou mais a segunda opção. Naquele jogo pensei que o grupo se consolidava como equipe e que no aprimoramento físico e no encaixe dos que vão chegar poderíamos ter uma boa disputa no estadual e um bom início na série A.

Pois é. Ontem batemos o Tubarão fora de casa, por três a um, porém o jogo frustrou minhas convicções. Abrimos a contagem a nove minutos de jogo, mas seguimos no primeiro tempo enfrentando um Tubarão desestruturado, seu meio de campo não se entendendo, cometendo erros de passe, a defesa cedendo espaços e com tudo isso jogamos burocraticamente, sem raça, ao que parece dispostos a segurar esse resultado mínimo e perigoso, quando a hora era de jogar como na vitória sobre o Criciúma, com pegada, chegando junto, sufocando e matando o jogo ainda no primeiro tempo. Aliás só assim deve sempre jogar o Leão da Ressacada.

Geninho teve mais sorte que juízo, precisa incutir combatividade no grupo. Veio o empate no início do segundo tempo e o Tubarão teve chances de virar. Felizmente Daniel Amorim, mesmo apagado, fez dois e saiu absolvido pela galera e que siga batendo de primeira pro gol, se quiser ser feliz. Getúlio foi destaque do jogo.

ARBITRAGEM: - Seu Cinésio Mendes Júnior, soprou bonitinho no primeiro tempo mas voltou para o segundo economizando apito nas faltas favoráveis ao Avaí. Errou feio no carrinho que resultou na contusão do Alex Silva. Era lance para cartão e nem falta apitou. Em lance idêntico deu amarelo para Lourenço. No pênalti sobre Getúlio inverteu tudo e deu falta contra o Avaí e o jogo estava empatado, olha a responsabilidade do homem. Duas falhas de arbitragem, dois pênaltis não apitados favoráveis ao Avaí, em apenas sete jogos. É a sina do Leão.

* Roberto Costa, o "RC", é associado do Avaí FC. Foto acima: CA Tubarão

2 Comentários:

GeorgeAB disse...

Na minha opiniao, Pedro Catro, Matheus Barbosa e Gege "nao fedem e nao cheram", ou seja, é um miolo de zaga fraco!

AdrianoBasco disse...

O presidente disse no começo do ano que a prioridade é a Série A, porque haveria atitude mais determinada por parte dos comandados?

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo