sexta-feira, 12 de julho de 2019

Bom dia, Azurras - nº 3.344

APOSTO NO INVERSO
Para quem é "mais novinho", talvez não lembre desse fato, mas, em 2006, ano de Copa do Mundo na Alemanha, quando me "divorciei" de Seleção Brasileira, o Avaí disputava o Campeonato Brasileiro da Série B, e até a paralisação da competição, na 10ª rodada,  estava na liderança da competição.

Sem entrar nos detalhes que atrapalharam aquela situação após a Copa, o Leão terminou a competição em 13º lugar, começo a apostar numa recuperação do Avaí, não só pela chegada do técnico Alberto Valentim, efetivamente fundamental, mas pela conjuntura como um todo...

A "lanterna" hoje é incômoda, indubitavelmente, mas não tenho dúvidas de que algo pode ser feito de forma diferente a partir de amanhã, em Fortaleza. Seria um delírio? Não, apenas futebol, que nos faz acreditar em dias melhores...

Por isso, sem medo de errar, aposto num bom resultado amanhã, que marcará o início da virada do Avaí.

Vai pra cima deles, Leão!




BOA IDEIA
Em 2009, na semana da estreia do Avaí no Campeonato Brasileiro, contra o Atlético Mineiro, liguei para Amaro Lúcio da Silva, então homem do marketing avaiano e hoje vice-presidente no clube, dando três sugestões: 

a) que o Avaí entrasse em campo carregando a bandeira de Santa Catarina;
b) que nosso capitão do time oferecesse uma flâmula do clube ao capitão adversário, no habitual sorteio de campo, no início do jogo; e,
c) que o Avaí bordasse uma pequena bandeira de nosso Estado em sua camisa.

Naquele jogo de 2009, o Avaí entrou carregando uma pequena bandeira, bem diferente da que carregou ao longo do campeonato, e a flâmula também foi adotada...

E hoje?




RECLAMAÇÕES
Ouvi de alguns torcedores, notadamente da torcida Avaíxonadas, que dispensa apresentação, que na estreia em Belo Horizonte, este ano, o time nem se dirigiu para saudar sua torcida, que lá estava depois de horas de viagem para apoiar...

Será que não está faltando um pouco mais de comprometimento desses jogadores para com o clube que estão defendendo?

Ao que parece, alguns nem sabem direito qual é a cor do clube, onde está situado, como é a torcida. É a situação perfeita para se passar uma "temporada", sem que haja qualquer vínculo, qualquer raiz, qualquer compromisso...

O Avaí não é qualquer clube, bom que entendam...




PAI DA CRIANÇA
Bom que se diga, e faço questão de deixar bem claro isso aqui, nenhuma das "minhas" sugestões foram ideias próprias. Apenas sugeri algo que vi e gostei, quando ia aos estádios acompanhando meu pai e até pelas transmissões de televisão...

Hoje, o "caneludo" desce no aeroporto Hercílio Luz, anda duas quadras e veste a camisa do Avaí, sem nem entender a geografia da cidade, muito menos a história do clube quase centenário...

Quer queiram ou não, todas as ideias acima, são maneiras de identificar ainda mais o Leão pelos estádios do Brasil como clube de Santa Catarina, onde temos a maior torcida, e até mais que isso, fazer com que esses "trabalhadores" tenham comprometimento com nosso clube, nossa gente, nossa torcida.

Em tempo: sobre a estampa da bandeira de Santa Catarina na camisa do Leão, na gestão do presidente Flávio Ricardo Félix, ela foi adotada, como sempre fazem os clubes paraenses.




SURPRESAS NOS RELACIONADOS
Conforma divulgação do FloripAvaianos, que reproduzimos AQUI, clique e confira, os relacionados do Leão da Ilha para enfrentar o Leão do Pici, amanhã, são:

Goleiros (2): Lucas Frigeri e Vladimir;
Laterais (3): Igor Fernandes, Léo e Paulinho;
Zagueiros (2): Betão e Ricardo Thalheimer;
Volantes (4): Luanderson, Pedro Castro, Richard Franco e Wesley;
Meais (6): André Moritz, Douglas, Ferrareis, João Paulo, Julinho e Luan Pereira;
Atacantes (4): Brenner, Caio Paulista, Diego Amorim e Lourenço.

Estranhas, ao menos num primeiro momento, as ausências de Eduardo Kunde, Iury, Gegê e Matheus Barbosa. Aliás, dos quatro, sinto mais a ausência de Kunde, que não treinou no início da semana por desconforto muscular e por isso Valentim tenha preferido deixar fora da partida. Os outros perderam boa parte das chances que tiveram...




CLASSIFICADO
Na tarde de ontem, o que parecia uma classificação tranquila no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, acabou sendo um jogo dramático, mas que cumpriu sua função, que era a de garantir a classificação do Leão para a segunda fase.

Bastava um ponto, e ele veio após o empate em 3 a 3 com o Sport, com os avaianos Renato, Matheus Matias e Brizuela anotando os gols do Leão. Diga-se de passagem, placar de 2 a 0 no primeiro tempo e 3 a 0 no início do segundo...

E como terminou empatado? Creio que nem o técnico Fabrício Bento consegue explicar o apagão que deu na equipe...

Menos mal... Classificou!




QUASE UM DESASTRE
Acredite se quiser...

Para o Avaí ficar fora da segunda fase, teria que perder para o Sport, e mais que isso, o Coritiba teria que vencer o Ceará, no interior cearense... 

Depois de estar vencendo por 3 a 0, e ver o empate pernambucano, quase vi o "desastre" acontecer: o Coritiba venceu o Ceará por 1 a 0, e perdeu a classificação por um ponto, 14 a 13, mas teve mais vitórias, 4 a 3...

Qual teria sido o "probrema" no Sul da Ilha?




O SEGUNDO SOL
Quando um amigo largou a "boa nova", sobre a iluminação da Ressacada, de imediato respondi que havia lembrado da saudosa Cássia Eller, cantando "O segundo sol", ainda arriscando algumas "notas" da música, providenciando a postagem das 14h30min, clique AQUI e confira...

Verdade seja, o Avaí vem cumprindo, fora de campo, tudo o que manda a "cartilha" da famigerada CBF, que rege os destinos do futebol brasileiro...

Temos o futebol feminino, conforme determinaram, estamos providenciando "o segundo sol", como também impuseram...

Tô achando esse "lanterna" com jeitão de quem quer ficar na elite, né? 




CARTILHA
Sim, acho mesmo que o Avaí está muito próximo de mudar de patamar, e por uma razão muito simples: tem tido condições de cumprir aquilo que outros clubes não estão conseguindo, como esse fato absolutamente corriqueiro de melhorar, ou não, a iluminação do nosso belo reduto.

Tudo o que está acontecendo, já havia sido "cantado" tempos atrás, mas a "galera" tem memória curta. Por isso, não me venham que aquela afirmação "tosca": "aumenta a potência da 'lâmpida', mas não contrata..."

Vale lembrar,ido  são duas coisas absolutamente distintas...




MAIS UM MOTIVO
Se o Avaí tem sido tão "pobre" em promover seus jogos, creio que chegou a hora de tentar chamar um pouco a torcida, que até agora, segundo o GloboEsporte, tem tido uma média de 7.072 torcedores... 

Obviamente, ninguém vai pra Ressacada para "ispiar" as "lâmpida" de LED, mas não significa que a chegada do "segundo sol" não possa dar um astral ainda mais iluminado para o Leão nesta segunda fase do Brasileirão...

Eu estarei lá, vou até de óculos "escuro"!





Saudações AvAiAnAs!

2 Comentários:

Carlos avaiano disse...

Bom dia andré
Óculos escuro, essa é boa
Eu vou com protetor solar então kkkk
É, o futebol do clube tem deixado a desejar
Agora, quanto a nossa segunda casa, estão dando um banho
Não é a toa que me sinto bem em estar lá, mesmo passando alguns sacrifícios no trajeto, de picadas do sul até o careanos.
Só falta caprichar na qualidade dos profissionais sem chuteiras, responsáveis pela contratação dos boleiros, se é que me entendem.

Roberto disse...

Acho que a lista dos relacionados para o jogo em Fortaleza é uma Fake News do Valentim, para despistar o "vazador" contumaz da Ressacada.
Faz muito bem o Valentim, é uma reclamação que sempre se fez aqui no Blog e nunca se tomou a necessária providência. - RC

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo