quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Bom dia, Azurras - nº 3.775

PODERIA TER SIDO MELHOR
Não vou comemorar o ponto conquistado na partida fora de casa, 2 a 2 contra o limitadíssimo Confiança-SE, nem entrar em muitos detalhes sobre a atuação do Avaí, mas verdade seja dita, se tivesse havido um time merecedor da vitória, ainda que não tenha sido brilhante, este teria sido o Leão da Ilha.

Avaí começou no melhor, numa partida que se desenhava equilibrada. Aos 11 minutos, uma cobrança de escanteio mais curta de Pedro Castro, antes do primeiro pau da trave, no bico da pequena área, a bola foi na cabeça de Rildo, que de costas para o gol sergipano, encobriu a todos: Avaí 1 a 0.

O Dragão não se intimidou com o gol do Leão, e obrigou o goleiro Lucas Frigeri a praticar duas boas defesas na sequência, evitando o empate.

O Avaí poderia ter ampliado o placar aos 28 minutos, quando Kelvin lançou Pedro Castro na entrada da área e o camisa 7 avaiano tocou para a rede sergipana, mas erroneamente o auxiliar de arbitragem Enderson Emanoel Turbiani da Silva, marcou posição irregular. Tanso!

O placar de 1 a 0 para o Leão foi o placar da primeira etapa.

Na volta para a segunda etapa, o panorama mudou rapidamente. Aos 3 minutos, num cruzamento despretensioso do Confiança, Sallinas jogou de bandido, atrapalhou Lucas Frigeri, e Rafael Pereira marcou contra, num lance bizarro: 1 a 1.

Dois minutos depois, aos 5, André Moritz tabelou com Ítalo na frente da área avaiana, com este segundo recebendo e penetrando para desempatar a partida: Confiança 2 a 1.

Houve falha na marcação, quer dos volantes, quer da zaga, o que facilitou o serviço para o Dragão ficar na frente no placar.

A partir dos 2 a 1, pode-se dizer que o Confiança incorreu no mesmo erro do Avaí na primeira etapa, dando espaço para o adversário.

Num desses lances, Rildo recebeu um lançamento em profundidade, ganhou da zaga e tirou do alcance do goleiro: era para ser o 2 a 2, mas a auxiliar de arbitragem Fabrini Bevilaqua Costa, do quadro da FIFA, marcou posição irregular, confirmada pela transmissão da partida, que tinha Nadine Bastos analisando as marcações. Não preciso da opinião da itajiense Nadine para ter a minha: outro gol legal e mal anulado!

Abrindo parenteses, Nadine Bastos é aquela bonitona, que quando auxiliar, anulou um gol do zagueiro Jeci, na derrota para o Corinthians, 2 a 1, em plena Ressacada, em 16 de agosto de 2015. Tem coisas que só ela enxerga...

A partir da metade do segundo tempo, o Avaí dominou as ações da partida por completo, muito em função das alterações promovidas pelo técnico Geninho. Gastón Rodrigues, por exemplo, quase marcou por duas vezes, aos 22 minutos. Fato que se repetiu no minuto seguinte.

Aos 26 minutos, Sallinas tentou de longe, mas a bola foi parar em Belém do Pará...

Um pouco mais tarde, quando receberia dentro da área sozinho, Rildo foi derrubado e o fraco careca paulista Lucas Canetto Bellote, nada marcou. Até a Nadine viu!

O gol de empate veio aos 34 minutos. Kelvin, bem atuante na partida, tentou um drible de efeito e o zagueiro cortou com a mão: pênalti!

Gastón Rodrigues pegou a bola, correu para bater, mas chutou mal, o goleiro sergipano defendeu, dando rebote, que foi aproveitado por Valdívia: 2 a 2.

Até o final da partida o Avaí seguiu sendo melhor, mas não conseguiu marcar o gol que lhe daria a vitória.

Melhorou, indubitavelmente, mas ainda falta muito...
Foto: reprodução da TV





EMPATADOS
Pode parecer estranho, mas não é. Até ontem à noite, o Avaí nunca havia vencido a "poderosa" equipe do Confiança, até porque só haviam se enfrentado uma única vez, quando ocorreu um empate em 1 a 1.

No segundo "capítulo" dessa história, novo empate, agora em 2 a 2...

Menos mal!

Que o Avaí busque a primeira vitória na Ressacada, no returno!




VALEU O AVISO
Não foi por acaso, que nas redes sociais, bem como nesse espaço, que a imensa Nação Avaiana vem clamando por substituições na equipe. A primeira mudança deu-se com a entrada de Jean Martim, hoje titular absoluto, no lugar de Bruno Silva, este a cada dia mais queimado com a galera...

Ontem, o técnico Geninho experimentou mais uma mudança, dessa vez colocando Felipe no lugar do veterano Arnaldo. Não sei da cabeça do treinador avaiano, mas na minha opinião, temos um novo titular para a lateral direita...

Ou seja, trouxeram dois "medalhões", certamente pagando caro, para termos dois guris da base como titulares...




SINAL DE ALERTA
Não é pelo empate fora de casa, mas até pela postura da equipe. Creio que no resultado de ontem em Aracaju sirva de lição para o técnico Geninho, que se optar por escalar a equipe nos "nomes", tenderá para um grande fracasso...

Todavia, se resolver ajustar o time com os jovens valores oriundos da base avaiana, as consequências poderão ser mais positivas...

Ninguém está dizendo para escalar o Sub 15, mas fica o alerta que esse pessoal contratado pelo nome, não vai levar o Leão ao objetivo maior nesta temporada...




CARTÕES AMARELOS
O Avaí disputou nove partidas e no próximo domingo enfrenta o Sampaio Corrêa, na Ressacada. Para essa partida, lamentavelmente, perdemos o bom volante Jean Martim. Verdade seja dita, o Leão da Ilha não tem sido uma equipe muito "brigadora", talvez por isso nem receba tantos cartões...

A lista dos "amarelados" é a seguinte:

01. Valdívia: Náutico
02. Jonathan: Náutico
03. Bruno Silva: Náutico, Botafogo e Chapecoense (cumprida)
04. Gastón Rodriguez: Paraná
05. Iury: Botafogo
06. Capa: Cuiabá, Operário e Chapecoense (cumprida)
07. Jean Martim: Oeste, Ponte Preta e Confiança (suspenso)
08. Daniel Amorim: Oeste
09. Leonan: Operário e Ponte Preta
10. Lucas Frigeri: Operário
11. Kelvin: Confiança
12. Rildo: Confiança
13. Geninho: Confiança
14. Evando: Confiança
15. Pedro Castro: Confiança




BASTIDORES QUENTES
Com a suspensão de Jean Martim, seria natural ter o retorno de Bruno Silva para o seu lugar. Todavia, o experiente volante "sentiu" um problema no joelho no treino antes do embarque para Aracaju, e é dúvida para domingo...

Mas a dúvida não é pela contusão, até porque ele estava relacionado para a viagem para Sergipe, mas sim pela fotinho nas redes sociais, onde aparece comemorando bodas de alguma coisa com sua esposa, na noite de ontem...

Ao que tudo indica, compromisso com o Avaí é o que menos importa para o boleiro...
Foto: Instagram





Saudações AvAiAnAs!

7 Comentários:

Serjão Leão disse...

Mô quiridum, tudo bem que houve erros graves da arbitragem,mas o Avaí não joga pra vencer nem contra o fraco Confiança. Deu confiança demais ao adversário, agora vem querer creditar o empate ao árbitro?

Que no próximo jogo na Ressacada o Avaí jogue com essa nova camisa de carteiro. Afinal,entrega todas em casa.

Essa camisa de Sedex veio a calhar. Poh, será que é tão difícil fazer uma camisa azul diferente se até preta tem várias diferenciadas? Nem fazer camisa eles sabem.

Carlos avaiano disse...

Bom dia

E quem disse que ser avaiano é ter vida fácil.
Pra quem teve titulo legal anulado, ontem não foi nada.

Quanto a ter compromisso com o clube, em alguns casos, fica pra quem contrata, e se teve comemoração, gostaria de ver a lista de convidados.

ManoelNilson disse...

Bom dia nação avaiana. André quando o Avaí viajou para o Sergipe tu postaste em teu conceituado Blog, o elenco no Aeroporto. Tu desejaste boa sorte ao Time e falaste que ficaríamos em oradores....., evidentemente que seria por uma bela vitória.
Naquela oportunidade eu me manifestei dizendo que também dependia do nosso treinador porque considero o Geninho um técnico ultrapassado e que até certo ponto não inova em nada. Houve, inclusive, uma manifestação de outro colega torcedor discordando, alegando que Geninho é bom técnico e que o nosso problema se restringe ao elenco formado, o que eu respeito muito, mas não concordo.

Na minha modesta opinião temos dois sérios problemas: o primeiro, o mais grave, é de fato o elenco. O segundo, trata se do comando técnico sim. Explico. Explico e vou dá com exemplo o jogo de ontem. Tivéssemos um técnico de nível razoável teríamos passado por cima do fraco time do Confiança, da fraca e vergonhosa arbitragem e teríamos mais 2 pontos na classificação.
Mas, como nos jogos anteriores, fizemos um gol início da partida e somente voltamos a jogar efetivamente após tomarmos a virada. Tudo isso sob os olhares pacíficos do nosso técnico que nada fez para evitar o placar adverso.
Qualquer ingênua criança de 10 anos sabia quê o empate ou até a virada era questão de tempo no jogo, mas Geninho, como de costume, nada fez pra se prevenir. Esperou levar a virada para promover as alterações, fato este até comentado pelo locutor da TV. É neste ponto que eu critico o Geninho porque acho que ele espera muito pra mexer no Time, além da escalação inicial dele, evidentemente.

Por falar em escalação do time time, para o próximo jogo, com a impossibilidade de contar com Jean, se fato o Geninho não tiver medo de inovar,poderá colocar pra jogar o Luan da base
porque com Bruno Silva e Ralf juntos já sabemos o que vai dá. Ontem ele procurou e achou um lateral direito que pode não ser "essas coisas ", mais já no primeiro jogo me fez esquecer do irritante Arnaldo.
Para saímos da crise que nos metendo precisamos que Geninho inove, evolue, mas no meu ponto de visto nosso técnico não nós ajuda muito neste especto.

Marcos disse...

O AVAI perdeu dois pontos ontem (mais dois!) para o Liverpool.

Tivemos erros grosseiros de arbitragem, mas time bom e elenco CARO, deveriam superar essas dificuldades.

O time só foi ter dinâmica de tentar se impor ao poderoso adversário apenas depois de levar uma virada, quando o Liverpool trocou diversos passes sem que qualquer jogador avaiano colocasse o corpo pra combatê-los. Troca de passe de treino...

A presença do jovem lateral direito deu nova luz naquele setor do campo, jogou mais em 90 minutos que aquele cidadão que veio pra não jogar nada...


Além de nova alma em campo com o volante Jean Martim (que ao menos tem garra) e o bom lateral da base Felipe, uma DICA, o outro volante da base chamado Wesley é o melhor do que TODOS estes volantes que estão aí. Não maltrata a bola e sai jogando sem errar passes.

Aliás se colocar o time da copinha em campo com os volantes Raul e Wesley, com o meia Tiaguinho e o atacante Tucão, num treino eles vão dar uma surra de bola neste elenco caso e ineficiente,

Faltam 35 pontos ainda...

Dois anos seguidos passando vergonha. E dizem que não rasgam dinheiro nem atrasam salários...

Raniere disse...

O jogador Felipe, da base, entrou na lateral direita e agradou. Tem que ser o titular na próxima partida.
Com todo o respeito, mas com essa zaga e o trio de volantes (exceto o Jean Martim, da base, que é o único que se safa), que levou pressão do limitadíssimo time do Confiança, não chegaremos a lugar algum. Bom, falar disso é chover no molhado.
A quantidade de passes errados, as jogadas individuais improdutivas, os contra-ataques desperdiçados, tabelas mal feitas, as matadas de canela e demais bizarrices são frutos de mal planejamento, que por sua vez são ingredientes para o fracasso. Os números não mentem, de 27 pontos disputados, o Avaí só fez 10, perdendo 9 pontos em casa. Se fosse na série A, seria normal. Mas na série B é inaceitável.
Grande abraço.

Rosalbo Júnior disse...

Irritante, ver o salinas errar passe lateral para o capa....

Acho que encontramos o lateral direito e espero que faça o mesmo na esquerda.

Sobre a arbitragem, fico com o comentário do narrador assistindo o lance no replay: "Vixi..."

Depois, a frase da partida que deve ser emoldurada e colocada na mesa do presidente e vestiários, do comentarista do jogo no canal premier: "Pq o geninho não coloca o time para jogar assim o tempo todo? Pq tem que esperar estar perdendo?"

Assim não vamos longe.... sugiro troca de comando urgente.

Gustavo Beck disse...

Bruno Silva não está contente com a reserva no Avaí!! Fato!!!!

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcostoto | Template by Dicas Blogger | Topo