quarta-feira, 18 de abril de 2012

TJD, CBN, diretores do Avaí: velhos amigos


Fiquei extremamente chateado com o resultado do julgamento dos jogadores Nunes e Bruno, penalizados exemplarmente pelo TJD. Porém, meu maior aborrecimento neste caso, não foi o resultado propriamente dito, mas o que motivou o vice-presidente do TJD, Giovani Rodrigues Mariot, a denunciar os atletas avaianos.

Como é de conhecimento de todos, o TJD é composto por jurista que fazem um trabalho voluntário naquela corte. Ainda que nada ganhem, talvez uma ajuda de custo, vale o prestígio que tal cargo exerce no meio jurídico.

O caso dos atletas avaianos passou ileso pelo árbitro, seus auxiliares, pelo quarto árbitro e pelo delegado da partida. Dessa forma, desnecessário dizer que nada foi relatado na súmula da partida. Todavia, não escapou das câmeras de TV, nem da acidez dos comentários dos integrantes do programa CBN Diário. Além disso, provavelmente em nome do “bom jornalismo”, o âncora do programa encarregou-se de telefonar ao membro do TJD para questionar sobre possíveis medidas no imbróglio entre os jogadores azurras.

O fato poderia passar despercebido até mesmo pelo TJD. Porém, aquela fogueira de vaidades do tribunal desportivo, fez com que, de forma célere, se buscasse a agenda para colocar o assunto em pauta...

Já escrevi algumas vezes e volto a repetir: o Avaí Futebol Clube não tem atitude!

Foi visivelmente perseguido pelos comentaristas esportivos do programa supracitado, sem que tivesse mexido uma palha para mudar a situação.

De pouco adianta, enquanto torcedores, nos rebelarmos contra o deboche de alguns, ou a má educação de outros, ou ainda a falta de caráter daquele outro. A torcida do Avaí sempre fez sua parte, e certamente no domingo, fará aquele conhecido coro no estádio saudando essas figuras nocivas ao clube. Porém, não é de hoje, nossos dirigentes são amadores, com um discurso que leva nada a lugar algum. Não tem consistência, não são concretos, apenas são motivados pela vaidade que lhes faz sorrir diante do espelho, por serem “diretores” do clube...

Não é de hoje que o Avaí alimenta com informações e privilégios o pessoal da rede gaúcha. Alguns dirigentes avaianos, inclusive, ainda não conseguiram cortar seus cordões umbilicais. Apesar do revés no TJD, causado pela campanha descarada e sem vergonha, dos componentes do programa Debate Diário, às 13 horas, o meia Cléber Santana estará sendo entrevistado justamente pelas mesmas pessoas que levaram Bruno e Nunes ao TJD...

Segundo o coordenador de comunicação do Avaí, Paulo Scarduelli, tal entrevista ajuda a divulgar o jogo. Talvez tenha sido esse o raciocínio dele ao levar Hemerson Maria na outra semana, para ouvir a grosseria imposta pelo senhor Miguel Aroldo Livramento...

Scarduelli pode ser um grande publicitário, mas certamente ainda é uma virgem vestal no mundo do futebol. Por outro lado, João Nilson Zunino, na presidência do clube desde 2002, já teve tempo suficiente para impor algumas situações. Vale lembrar, além do clube, é o presidente da Associação de Clubes, e mais do que isso, é um empresário que alimenta mensalmente os cofres do grupo gaúcho com pesada propaganda de seu laboratório. Será que não consegue barganhar um tratamento melhor para com as coisas do Leão? Pelo visto, a tirar pelo contrato que fizeram para a transmissão do Campeonato Catarinense, bem como pelo aluguel da Ressacada para o show de Paul McCartiney, não...

Não basta apenas termos o melhor e mais bonito estádio de Santa Catarina. É preciso mudar essa mentalidade amadora de que o Avaí gira em torno da rede gaúcha. A grande atração, já dito anos atrás, é o AVAÍ FUTEBOL CLUBE. Na medida em que alguém se coloque à disposição para exercer esse ou aquele cargo dentro do clube, é preciso que o faça com dedicação e que conheça o tamanho do Leão.

É preciso de uma vez por todas, que os interesses pessoais não prevaleçam sobre os interesses da instituição Avaí. Essa história de sorrisos fáceis, tapinhas nas costas, envio de camisas, de ingressos, servem apenas e tão somente para emporcalhar ainda mais uma relação viciada entre dirigentes amadores e a mídia, que faz o “jogo” que lhe interessa e quando interessa.

Aos dirigentes avaianos, vale lembrar um ditado antigo:  “quem muito se abaixa, acaba mostrando o rabo...”

Em tempo: salvo engano, o vice-presidente do TJD, Giovani Rodrigues Mariot, que denunciou os atletas avaianos, é filho do advogado Vilson Mariot, ex-dirigente do Avaí Futebol Clube...

18 Comentários:

Anônimo disse...

O problema é que, me parece, o Avai é dirigido por um bando de imbecis, com sérios problemas, porque parecem hienas, que vêem seu time (pelo menos deveria ser o time deles) ser achincalhado por anos e anos e riem, porque não conseguem entender o que se passa.
Só a torcida entende e fica indignada com o que é feito contra o Avai, por estes bonecos de microfone.
Temos um presidente que, pelo que se ouve falar, só vê cifrão, quer dizer, enquanto não forem tirar dinheiro do bolso dele ele não reage.
Como presidente do Avai, ele deveria chamar o Roberto Alves e, certamente, mais alguns, olhar bem nos olhos deles e dizer, com bastante clareza em bom som, o que eles precisam escutar.
Quando o tal de raposa felpuda falou, lá no chiqueirão, algo que o filho do PPP não gostou, foi advertido no ar pelo próprio. Todo mundo que estava ouvindo a rádio escutou o que foi dito, (isso chama-se atitude) mas lá no Avai não temos ninguém com coragem de enfrentar esses bocas alugadas, sem caráter, sem formação, sem educação, sem postura de jornalistas que pensam ser.
É preciso dar um basta, é preciso tomar as atitudes que são necessárias e urgentes, começando com o que escrevi acima e proibindo os jogadores de dar entrevista pra RBS.
Se preciso, proibir a entrada na Ressacada desses vermes travestidos de jornalistas.
O Avai é grande, muito grande, enorme, porque luta contra a imprensa, a federação e tribunal de justiça desportiva, além dos adversários de ofício, e está mais vivo do que nunca.
Pra melhorar isso tudo, tenho uma sugestão: Tragam o Moacir Fernandes pra diretoria do Avai, daí teremos alguém pra enfrentar essa quadrilha.
Bighal.

Anônimo disse...

SOBRE MOACIR FERNANDES, QUE FICOU CÉLEBRE QUANDO PEITOU O DOTÔ, E CONSEGUIU QUE O CRICIUMA, DO QUAL ERA DIRIGENTE FOSSE RESPEITADO, OUVI DIZER QUE MORA EM FLORIPA, E QUE, DIGO COMO OUVI, JÁ CONFESSOU VONTADE DE DIRIGIR O LEÃO. ZUNINO, PÕE O HOMEM COMO DIRETOR DE FUTEBOL, ELE SABE ONDE E COMO BATER.
Roberto Costa

E M Í D I O J R. disse...

André,
o vice presidente é sobrinho do Dr. Vilson.Quanto ao resto, só podemos lamentar.

Anônimo disse...

MAURÍCIO AVAIANO DISSE:
O SR SCARDUELI DIZ QUE A ENTREVISTA DO CLEBER SANTANA VAI AJUDAR A FIVULGAR O JOGO?
MAS DESDE QUANDO JOGO DE SEMIFINAIS PRECISA DE DIVULGAÇÃO DESSE TIPO? A SEMANA INTEIRA SÓ SE FALA NESSES DOIS JOGOS.
NÃO COLA, ARRANJA OUTRA sR. SCARDUELI,´PRA MIM É FALTA DE PULSO, DE ATITUDE.

Alexandre Carlos Aguiar disse...

O Prisco, durante anos, foi babado e paparicado pela rede famosa. Sua conduta era só dizer o que queria para o sr. Telles e ele, somente ele, divulgava a "mensagem".

A ida do Cleber ao debate era desnecessária, embora eu punha fé no conhecimento (manhas) dele.

Anônimo disse...

A torcida toda indignada e a Diretoria vai e coloca o craque do time numa entrevista exclusiva dentro do covil das raposas...E os puxa sacos do omi nesta hora tem a mao bem leve. O Avai nao se fez respeitar, e comeca pelo presidente.

silvio

Anônimo disse...

ANDRÉ, os aluguetes fizeram todas as prospecçoes possíveis em cima do Cleber Santana, se não tem interesse em disputar série A? Quem detém os seus direitos federativos? E outras coisas mais. Conseguiram que Cleber desse detalhes sobre sua condição contratual com o Leão. A quem interessam essas questões, afinal?
Ainda que nada resulte disso aí, acho que pisaram na bola uma vez mais deixando o Cleber Santana comparecer à entrevista.
Sinceramente, eu começo a desanimar diante de tanto amadorismo.
Pelo jeito, vamos nessa de cachorro morto até o fim, qualquer um que quiser, chuta. - Roberto Costa

Anônimo disse...

ESQUECI, um surfista de micro ondas, nosso conhecido, lançou insinuações sobre a maneira do jogador Bruno "andar na rua." É mais uma colaboração de torcedor avaiano, um pouco mais de M no ventilador, para o bom ambiente no sul da Ilha.
É uma festa, quem quiser bater no Avaí, é só pegar um megafone, subir num caixote e dizer o que bem quiser, não pega nada. - Roberto Costa

JAISON EDUARDO disse...

Esse Zunino é um babaca,tudo que ele fez e faz é contra o Avaí e sua torcida,deveria largar o osso assumindo sua incompetência. Ei RBS vai tomate cru fpd DOMINGO SERÁ O CORO.

André Tarnowsky Filho disse...

Bighal,

Concordo plenamente contigo. E digo mais: se o Zunino tivesse colocado o filho Gabriel na "comissão de frente", como fez o PPP, ninguém faria tanto barulho.

André Tarnowsky Filho disse...

Roberto Costa,

Essa do Moacir Fernandes é novidade absoluta pra mim...

Realmente, sempre teve uma postura firma.

André Tarnowsky Filho disse...

Emídio Jr,

Valeu o esclarecimento, meu amigo. Realmente, só temos a lamentar...

André Tarnowsky Filho disse...

Maurício Avaiano,

Apesar do C. Santana ter se saído muito bem, também não deixaria ir...

André Tarnowsky Filho disse...

Aguiar,

Ele se saiu muito bem, o que não quer dizer que não corremos riscos. Até tentaram...

André Tarnowsky Filho disse...

É verdade, Silvio.

O Avaí é o primeiro a se desvalorizar...

André Tarnowsky Filho disse...

Sem dúvida, Roberto Costa...

O caminho é longo...

André Tarnowsky Filho disse...

Roberto Costa,

Esse surfista de micro ondas devia se preocupar com a telefonista dele...

André Tarnowsky Filho disse...

Jaison Eduardo,

Domingo é o dia de um grande coro, das duas torcidas, por razões evidentes...

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo